quarta-feira, 30 de junho de 2021

Emenda de Weverton cria programas para enfrentar crise hídrica


O senador Weverton apresentou uma emenda à Medida Provisória que cria a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (MP 1055/2021). A proposta prevê a articulação do governo federal, estados e municípios com o objetivo de implantar programas para enfrentar a crise de energia elétrica.

“Temos que trabalhar para que a população não sinta o impacto de uma crise hídrica que sempre reflete na conta de luz, que acaba ficando mais cara”, afirmou o senador.
De acordo com Weverton, é fundamental que os governos federal e estadual e os gestores municipais trabalhem juntos para que o Brasil não tenha que passar novamente por racionamento de energia.
“Precisamos estimular o uso consciente da energia, mas é importante que todos se articulem para evitar o risco de racionamentos, o que tem custos maiores e isso se reflete nas conta de luz e pesa no bolso das famílias brasileiras”, explicou.
Para o parlamentar, é necessário que todos se articulem para proteger o consumidor.
“Itens essenciais como, por exemplo, o gás, não param de subir. Reajustar os serviços básicos em um momento de crise como este é complicado. As pessoas estão na luta para colocar comida na mesa, imagina a dificuldade de pagar aumento de conta de luz. Muita gente perdeu renda com a pandemia. Temos que ter sensibilidade com isso”, declarou.
A MP 1055/2021, que cria a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética, tem o objetivo de estabelecer medidas emergenciais para a otimização do uso dos recursos naturais e para o enfrentamento da atual situação de escassez de água, na tentativa de garantir a continuidade do suprimento eletroenergético no país. O texto está em análise no Congresso Nacional.

Unidade entregue pelo Governo garante cuidados específicos à saúde das pessoas idosas


Secretário Carlos Lula conversou com os idosos atendidos pela Policlínica 

“Está uma maravilha. Era o olhar e o cuidado que faltava e que agora está sendo dado”, disse o aposentado José Domingos Barbosa, de 70 anos, durante a inauguração da Policlínica do Idoso, na última terça-feira (29). O novo espaço de saúde, que passa a integrar a rede estadual, vai ampliar a assistência específica à população idosa residente na Grande Ilha. A população comemora a entrega do equipamento.

Dona Regina Célia Santos, de 68 anos, afirmou que todo investimento no bem-estar e saúde do idoso é bem-vindo. “Tenho observado as iniciativas do governador Flávio Dino, que realmente se preocupa com o povo maranhense, e o idoso é aquela pessoa que precisa ser amparada. Temos visto os investimentos feitos no SUS aqui no nosso estado”, afirmou.

Quem também comemorou a chegada da nova unidade foi Afonso Polari, de 70 anos. Para ele, o Governo do Maranhão tem dado um bom direcionamento quanto aos serviços de saúde pública. “Essa policlínica é uma excelente notícia e que deve ser dita a todas as pessoas. Agora, o idoso de fato tem um local onde ele poderá receber atendimento de forma especial, acredito ser uma realização importante e necessária”, destacou Afonso.
Governador Flávio Dino e secretário Carlos Lula entregaram a Policlínica do Idoso

A Policlínica do Idoso tem capacidade para realizar dois mil atendimentos mensais e está localizada no bairro da Liberdade, em São Luís. Dispondo de aproximadamente 600 m², o espaço conta com seis consultórios, sala de odontologia, lazer e recreação.

No local, os pacientes com idade de 60 anos ou mais, poderão ter acesso a serviços especializados como Endocrinologia, Cardiologia, Gastroenterologia, Ginecologia, Ultrassonografia, Vascular, Reumatologia, Urologia, Geriatria, Neurologia, Proctologia, Psiquiatria, Pneumologia, Clínica Geral e serviços odontológicos.

“A Policlínica do Idoso é um serviço pioneiro que corresponde a uma tendência nacional. Temos constatado uma mudança na pirâmide etária no país. Seguimos avançando para garantir um Sistema Único de Saúde acessível aos maranhenses e cada vez mais eficiente. Acreditamos ser desta forma que construímos uma sociedade justa”, disse o governador Flávio Dino.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a ideia é poder ofertar à população um atendimento especial. “Já temos em nossa grade de serviços outras 10 policlínicas, mas esta é a primeira exclusiva para a pessoa idosa. Daqui a 30 anos, a pirâmide etária do Maranhão deve se inverter, apontando para a tendência de ter uma população de 60 anos maior que a de menores de 18 anos”, destacou.

A Policlínica do Idoso tem em seu diferencial equipamentos que contribuirão para atendimento humanizado, equilibrando ciência e tecnologia, pressupostos necessários no diagnóstico e tratamento de doenças. Um exemplo é o “Linda”, aparelho a ser utilizado na averiguação e detecção de lesões, mesmo em pacientes sem sintomas, influenciando diretamente no processo de cura e restabelecimento da saúde física.

“Aqui os idosos poderão realizar consultas e exames sem a necessidade de enfrentar fila, respeitando todas as prioridades e com atendimento realizado pelos mesmos profissionais que atuam no Hospital Dr. Carlos Macieira, unidade que trabalhará na retaguarda de forma a acolher aqueles que necessitarem de suporte com maior complexidade”, destaca o diretor clínico da Policlínica, Edilson Medeiros.

A obra da Policlínica do Idoso integra as ações do Plano de Urbanização para a área do projeto PAC Rio Anil. A implantação do equipamento público faz parte de parceria entre a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) com as Secretarias de Estado da Saúde (SES) e de Governo (Segov). A unidade é administrada pelo Instituto Acqua, responsável por gerenciar estruturas de média e alta complexidade do governo.

Acessibilidade

Para maior comodidade dos usuários que possuem alguma dificuldade no acesso, a Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) está disponibilizando uma van do Serviço Travessia para fazer o translado de usuários do Terminal da Praia Grande até a policlínica. Também será disponibilizado transporte para o Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM) para a realização de consultas e exames de forma complementar ao tratamento.

Othelino destaca como positiva estratégia de premiar quem tomar segunda dose da vacina


Othelino disse que a iniciativa vai estimular as pessoas a tomarem a segunda dose do imunizante e completarem o esquema vacinal

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), destacou a aprovação, na sessão desta quarta-feira (30), da Medida Provisória nº 357/2021, do Poder Executivo, que autoriza a concessão de prêmios para aqueles que tomarem a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

O parlamentar considerou a estratégia muita positiva no sentido de estimular a vacinação e disse que a iniciativa tem por base experiências de sucesso desenvolvidas em outros países, que também adotaram essa medida. “É uma estratégia muito importante tomada pelo Governo do Estado para incentivar ainda mais as pessoas a tomarem a segunda dose e completarem o esquema vacinal”, frisou Othelino.

A premiação sorteará valores entre R$ 1 mil, R$ 5 mil e R$ 10 mil para aqueles que tomarem as duas doses da vacina contra a Covid-19. Os sorteios serão realizados em rodadas com periodicidade a ser definida em portaria da Secretaria de Estado de Governo (Segov).

Outras matérias

Na mesma sessão comandada pelo parlamentar, também foi aprovado o Projeto de Lei nº 320/2021, que autoriza o Executivo a abrir crédito especial no valor de R$ 2.700.000,00 à Segov para serem aplicados nas ações de incentivo à vacinação contra a Covid-19.

Também de iniciativa do Poder Executivo, foi aprovado o PL de nº 307/2021, que autoriza o Governo a celebrar termos aditivos aos contratos de empréstimos externos firmados entre o Estado do Maranhão e o Banco Internacional de Desenvolvimento (BID).

Governo realiza monitoramento de Restaurantes Populares no interior do estado


Monitoramento funciona como um termômetro dos serviços ofertados nos Restaurantes Populares 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), deu início nesta semana a mais uma Rota de Monitoramento dos Restaurantes Populares. O monitoramento técnico tem como objetivo fiscalizar o desempenho dos equipamentos de segurança alimentar, principalmente neste período em que as atividades estão restritas devido à pandemia.

Nesta 4ª Rota, os municípios de Colinas, São João dos Patos, Balsas e Grajaú estão recebendo das equipes técnicas da Sedes orientações sobre o funcionamento dos restaurantes, padrão de qualidade nos serviços ofertados e, principalmente, sobre os procedimentos sanitários devido à pandemia.

Atualmente, o Estado possui 58 equipamentos de segurança alimentar, sendo 55 Restaurantes Populares, 2 Cozinhas Comunitárias e 1 Banco de Alimentos, coordenados pela Sedes, através da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional.

Para o secretário da Sedes, Márcio Honaiser, o monitoramento funciona como um termômetro dos serviços ofertados nos Restaurantes Populares instalados em vários municípios maranhenses.

“O monitoramento surgiu com o objetivo de mantermos um padrão dos serviços ofertados à população usuária dos Restaurantes Populares. Além disso, o monitoramento também serve para manter as equipes de base alinhadas com a coordenação”, comentou o secretário.

O gestor dos Restaurantes Populares, Gilmarcio Lopes, reforça que o monitoramento tem como objetivo principal, a qualidade dos serviços ofertados nos Restaurantes Populares para a população, principalmente neste período de pandemia.

“Para que a qualidade e o padrão do atendimento nos Restaurantes Populares funcione de forma nivelada, a equipe percorre as unidades realizando capacitações com as equipes de base, estabelecendo estratégias para assim atender melhor nossos usuários”, disse.

Além de ofertar almoço, os Restaurantes Populares também passaram a ofertar jantar no valor de R$ 1,00.

Othelino Neto viabiliza ‘Arraial da Vacinação’ em Vargem Grande


Othelino Neto, Carlos Lula e o prefeito Carlinhos Barros discutem realização do "Arraial da Vacina" em Vargem Grande

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reuniu-se, nesta quarta-feira (30), com o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula, e o prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros, para solicitar a realização do ‘Arraial da Vacinação’ no município. Na ocasião, o parlamentar destacou a importância da mobilização que vem ajudando a acelerar a imunização no interior do Estado.

Segundo Othelino, Vargem Grande já aplicou quase a totalidade das doses disponibilizadas pela SES e, por isso, necessita ampliar a vacinação para que avance na redução da faixa etária de imunização. “O secretário Carlos Lula se disponibilizou a atender ao nosso pedido e, em breve, o ‘Arraial da Vacinação’ chegará também a Vargem Grande”, afirmou.

O prefeito Carlinhos Barros agradeceu ao parlamentar pelo apoio. “O deputado Othelino é sempre muito sensível com as demandas de Vargem Grande. Saímos com a garantia de que o ‘Arraial da Vacinação’ será realizado em nossa cidade, o que nos deixa muito felizes por isso”, disse o gestor.

Outros municípios

Na reunião, o chefe do Legislativo maranhense solicitou, ainda, que o ‘Arraial da Vacinação’ também seja levado a outros municípios, como Presidente Sarney, São Vicente Férrer e São Francisco do Maranhão, que também estão demandando mais doses de imunizantes.

O secretário Carlos Lula reforçou que o objetivo é levar a ação para todos os municípios. “A nossa ideia é que tenhamos condições de vacinar toda a população adulta do Maranhão com as duas doses até o final do ano. As vacinas são dos municípios e o Estado é apenas um parceiro no sentido de viabilizar a imunização o mais rápido possível”, afirmou.


Kristiano Simas
Othelino, Carlos Lula e prefeito Carlinhos Barros asseguram "Arraial da Vacinação em Vargem Grande

Aprovada MP que autoriza premiação em dinheiro para incentivar vacinação contra Covid-19


Deputado Othelino Neto comandou a sessão plenária desta quarta-feira, durante a qual foi aprovada a Medida Provisória

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na sessão plenária desta quarta-feira (30), a Medida Provisória 357, que autoriza o Poder Executivo a sortear prêmios em dinheiro para incentivar a imunização com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 (Dose Premiada).

De acordo com a MP, o Poder Executivo poderá sortear até R$ 2.700.000,00 em prêmios em dinheiro, sendo 700 premiações no valor de R$ 1.000,00, 200 no valor de R$ 5.000,00 e 100 no valor de R$ 10.000,00.

Para estimular maior número de pessoas a receber a segunda dose da imunização, o Poder Executivo poderá, mediante Decreto, fazer adaptação na quantidade de prêmios em cada faixa de valor, devendo ser observado, contudo, o limite máximo de recursos financeiros fixado pelo governo.

Beneficiários

Poderão ser beneficiários dos sorteios de que trata a MP todos aqueles que tomarem as duas doses da vacina contra a Covid-19, no Maranhão, conforme registro na Plataforma Conecte SUS.
Com vistas a contemplar tanto os que já concluíram o processo de vacinação quanto os que ainda não receberam as duas doses do imunizante, os sorteios serão realizados em rodadas com periodicidade a ser definida em Portaria da Secretaria de Estado de Governo.

A MP estabelece que o pagamento do prêmio, denominado "Dose Premiada", ocorrerá mediante crédito em conta bancária de titularidade do contemplado em instituição financeira oficial.

Mensagem

Na Mensagem encaminhada à Assembleia Legislativa, o governador Flávio Dino (PSB) explica que a MP consiste em importante estratégia para estimular o avanço da vacinação contra a Covid-19 no território estadual e, assim, contribuir para a redução da morbimortalidade causada pelo coronavírus e para a proteção da força de trabalho dos serviços de saúde e demais serviços essenciais.

“Por outro lado, a urgência na conclusão do processo de imunização das pessoas que já tomaram a primeira dose decorre da necessidade de se adotar, com a maior brevidade possível, em especial no contexto vigente, marcado pelos severos efeitos da Covid-19 na saúde pública e na economia, medidas capazes de contribuir para a contenção do coronavírus”, afirma o governador Flávio Dino na Mensagem Governamental.

Equatorial Maranhão entrega investimentos em Timon



A série de inaugurações compilou agência digital, ampliação da subestação e pérgola solar

 

A Equatorial Maranhão realizou várias entregas para o município de Timon, região Leste do Maranhão. A série de inaugurações começou na nova agência digital, localizada na praça São José, que possibilitará um autoatendimento com mais independência e agilidade nas solicitações, trazendo assim mais segurança, comodidade e rapidez para os clientes.

 

O evento contou com a presença de representantes da Equatorial Maranhão como o presidente Augusto Dantas, o Gerente de Relacionamento com o Cliente, Renato Mendes, além de autoridades locais como a prefeita de Timon, Dinair Veloso, a Deputada Estadual Socorro Waquim, secretários municipais e vereadores.

 

Para Renato Mendes, Gerente de Relacionamento com o cliente da Equatorial Maranhão, a entrega oficial desses investimentos representa um marco para a empresa em Timon. “É um momento muito especial. A Equatorial entrega em Timon a primeira agência digital da região Leste do Maranhão, que compreende 37 municípios. A nova agência é mais moderna e tecnológica com um investimento de R$ 350 mil reais em estrutura e equipamentos modernos para trazer mais conforto e agilidade para o atendimento”, ressalta o gerente.


 A cidade de Timon recebeu também melhorias na subestação, o que aumentou em 77% a oferta de energia elétrica para a cidade, melhorando a distribuição da energia para a população, garantindo maior continuidade e qualidade do fornecimento da energia elétrica.  Para a prefeita Dinair Veloso essa ampliação proporcionará ainda mais crescimento econômico para a cidade. “A cidade de Timon tem sido referência na questão da energia e atraindo muitas empresas. Tivemos uma reunião com um grupo de empresários que quer instalar novas empresas em Timon e um dos atrativos é a qualidade da energia”, enfatizou a prefeita.

 

Dinair reforçou também a parceria entre prefeitura e Equatorial. “A união é a palavra chave para o desenvolvimento. Fico feliz em comemorarmos algumas conquistas juntos como a tarifa social, que teve todo um engajamento de uma equipe e da própria Equatorial para beneficiar muitas famílias”.

 

A Deputada Estadual Socorro Waquim, que esteve presente nas solenidades, afirmou que acredita no trabalho desenvolvido pela empresa no Estado. “O Estado acredita no trabalho da Equatorial para que o Maranhão possa ocupar os melhores lugares em IDH. Se o Maranhão cresce e o agronegócio hoje é forte, nós precisamos ter uma energia limpa, uma energia de qualidade e isso já vem sendo feito”, frisa a deputada.

 

Universalização da energia

Para o Presidente da Equatorial Maranhão, Augusto Dantas, o compromisso da empresa é continuar investindo para que o Maranhão se destaque entre os melhores estados do país. “O grupo Equatorial tem um compromisso muito forte com o Maranhão. Nós nascemos aqui. E é por isso que atualmente nós investimos algo em torno de 1 bilhão de reais no Maranhão. Temos o orgulho de dizer que 99,4% já recebem energia de qualidade do Grupo Equatorial e queremos chegar a 100%, ou seja, universalizar o serviço de energia elétrica”, destaca o presidente.


 Ainda de acordo com Augusto, a energia muda a vida das pessoas. “Timon está saindo na frente com a agência digital, destaque na tarifa social e com a ampliação da subestação. O compromisso do Grupo é fazer cada vez mais. Nós vamos continuar transformando a vida das pessoas. Levar energia não é apenas iluminação, energia é educação, é saúde, é lazer para as pessoas”.

 

Mais investimentos

 

A manhã de entregas finalizou no Parque Ambiental do Sucupira com a inauguração da pérgola de tecnologia OPV (Películas Orgânicas Fotovoltaicas), que além de proporcionar um espaço com sombra para que as pessoas possam descansar em local público, proporciona também a possibilidade de carregar celulares e tablets por meio das entradas USB, pois transforma a luz do sol em energia.

 

“Esse investimento é mais inovação do Grupo Equatorial em todo o estado do Maranhão. Ao todo serão nove pérgolas. Já temos três instaladas, duas em São Luís e uma agora em Timon e vamos colocar as outras ao longo das grandes cidades do nosso estado”, anunciou o presidente da Equatorial Maranhão.

Barreirinhas sedia primeira Capacitação em Proteção e Defesa Civil


A realização da Capacitação é da Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil e da Secretaria Executiva da Defesa Civil de Barreirinhas.

Manhã desta terça-feira (29), foi dado início a primeira Capacitação em Proteção e Defesa Civil. Ao longo de três dias, os municípios participantes terão a oportunidade de compreender sobre a Importância da Defesa Civil para os municípios da região e, principalmente, formas de captação de recursos para estruturar a Entidade; também estão sendo abordados, neste primeiro dia, aspectos legais para formalização e uma minuta de lei para ser encaminhada às câmaras municipais.

O prefeito de Barreirinhas, Dr. Amílcar, participou da abertura da Capacitação e destacou a importância da Defesa Civil para os municípios. "É de extrema importância uma Defesa Civil para as cidades, principalmente, nossa região que é turística e recebe inúmeros visitantes e, em tempos de Pandemia, devemos estar mais atentos a essa situação".

A realização da Capacitação é da Coordenação Estadual de Proteção e Defesa Civil e da Secretaria Executiva da Defesa Civil de Barreirinhas. Em sua fala, o Capitão Alércio, da quarta companhia de Bombeiros de Barreirinhas, destacou a importância dessa capacitação para alinhar as ações em toda a região.

O Coordenador de Operações da Defesa Civil do Maranhão, Major Fernandes, foi o primeiro palestrante e iniciou sua aula enfatizando" que é necessário fazer um levantamento de todos os problemas que os municípios podem enfrentar e citou algumas situações que a Defesa Civil enfrenta rotineiramente".

Durante a capacitação, o secretário executivo de Barreirinhas, Francisco Soares, citou alguns exemplos que a Defesa Civil vem fazendo em Barreirinhas e que a população tem colaborado. Os municípios de Água Doce do Maranhão, Humberto de Campos, Paulino Neves e Tutóia encaminharam representantes para participar do evento.

A Capacitação acontece no Salão de Eventos da Pousada Chico Santos na sede do município.

É HOJE A APRESENTAÇÃO DO BOI MIMOSO DA APAE: RESISTÊNCIA CULTURAL, TERAPIA E SOCIALIZAÇÃO


O grupo de Bumba Meu Boi Mimoso, de sotaque de orquestra é mais que especial. Foi fundado em 01.12.1994, como associação filantrópica beneficente sem fins lucrativos, com atuação nas áreas da cultura, assistência social e defesa e garantia de direitos e inclusão social, lazer, entre outros.

Esse grupo foi criado com a finalidade de integrar a pessoa com deficiência intelectual e/ou múltipla no circuito junino, bem como seus familiares; além da promoção da educação, cultura, paz, cidadania, direitos humanos e de outros valores universais.

O Boi Mimoso da APAE de São Luís conta com cerca de 98 integrantes, incluindo pessoas com deficiência intelectual de diversas faixas etárias e alunos da Escola Eney Santana vinculado à APAE de São Luis; além de professores, músicos, pais e colaboradores da Instituição, todos unidos pela força da cultura popular e também pelo desejo de inclusão, respeito e socialização.

Para eles, manter a tradição junina viva e forte é um desafio e também uma excelente terapia. Entre os benefícios que a brincadeira proporciona a seus integrantes, estão o desenvolvimento de habilidades importantes como a socialização, o senso de trabalho em equipe, a melhora da coordenação motora e da autoestima além de ser uma ferramenta de inclusão social.

Esse ano, diferente dos períodos juninos anteriores em que o grupo se apresentava como convidado de outros arraiais e integrava a programação oficial do São João de São Luís realizada pelas Secretarias Municipal e Estadual de Cultura, o grupo irá se apresentar somente uma vez e com elenco bem reduzido, em um evento interno da instituição, no próximo dia 30 de junho, na sede da APAE de São Luís no bairro do Outeiro da Cruz.

“Devido às restrições da pandemia não estamos ensaiando esse ano com todo o grupo e nem fazendo as apresentações que gostaríamos. Mas podemos dizer que o Boi Mimoso está firme e forte, só esperando o momento certo de guarnecer o nosso lindo batalhão de guerreiros e guerreiras por aí, em um futuro bem próximo, e com muita saúde, se Deus quiser. Superação é com a gente mesmo”, revela o coordenador e um dos fundadores do Grupo, o Prof. Maneco.

“O Bumba Boi Mimoso da APAE de São Luís, criado pela professora Joana Costa (Joana), pelo professor Manoel Galdino Costa (Maneco) e pela saudosa diretora administrativa Antonia Zeile Lima de Melo (Antoninha) inicialmente se restringia às apresentações na Escola Eney Santana no período junino. Mas em julho de 1985, tivemos a primeira apresentação externa, na primeira mostra do festival nacional “Nossa Arte” realizado no XVII Congresso Nacional das APAES em Salvador (BA), junto à grupos como o Olodum. O sucesso foi tanto, que o Bumba Boi Mimoso recebeu outros convites para fazer mais apresentações em outros Estados posteriormente”, relembra com orgulho o Presidente da APAE de São Luís Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim.

Em sua trajetória de sucesso e muitas apresentações nacionais na bagagem, o Boi Mimoso da APAE de São Luís já levou a beleza e a riqueza do folclore junino maranhense a locais como o Congresso Nacional (DF), a cidade de Vitória (ES) entre outros. E em meio a fantasias, danças e músicas do sotaque de orquestra que encantam a todos, o brilho maior está em cada um dos brincantes, pessoas com deficiências diversas, mas que carregam histórias de superação, garra e amor em prol da brincadeira. Brilho que eles levam nos olhos após executar com harmonia e graça cada coreografia. Brilho que eles levam no coração, ao serem aplaudidos por onde passam, sentindo-se respeitados e acolhidos numa sociedade que nem sempre é inclusiva para com as pessoas com deficiência.

Em seus 50 anos de existência, a APAE de São Luis desenvolve relevantes atividades em prol do desenvolvimento, valorização e inclusão social das pessoas com deficiência; nas áreas da educação, saúde, esporte, lazer, arte e cultura, incluindo o Bumba Boi Mimoso.

“Nem mesmo a pandemia conseguiu tirar o brilho do nosso Boi Mimoso. Esse grupo já é parte da entidade e com ele temos conseguido resultados fantásticos de socialização e inclusão social da pessoa com deficiência. Acreditamos no poder da arte e da cultura como elemento de desenvolvimento humano”, declara o Presidente da APAE de São Luis, Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim.

terça-feira, 29 de junho de 2021

Prefeitura de São Luís e UFMA planejam criação de espaço voltado para comunidades de outros países radicadas na capital



Tendo como objetivo valorizar as comunidades de outros países que fazem parte da história da capital maranhense, a Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias de Turismo (Setur) e de Cultura (Secult), está dialogando com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), a fim de criar a Casa das Nações. Para tratar sobre o assunto, foi realizada, nesta sexta-feira (25), uma reunião virtual entre os órgãos municipal e federal.

“Nós sabemos que São Luís tem comunidades de outros países, como a alemã, a japonesa e de vários países da África, por exemplo. Com a criação da Casa das Nações, poderemos reunir em um espaço, diversas informações sobre como essas pessoas chegaram aqui e suas relações e contribuições para a história local. Esse resgate é importante para entendermos quem somos e a Prefeitura dará apoio para que o projeto seja sucesso”, explicou a secretária adjunta de Turismo de São Luís, Sabrina Martins, que participou da reunião.

O reitor da UFMA, Natalino Salgado, destacou que essa ação é relevante também para a universidade. “Temos um corpo técnico que estuda as comunidades, a história local. Será muito interessante poder contribuir com este projeto. Podemos começar mapeando países que enviaram pessoas para São Luís, entrar em contato com essas comunidades e, posteriormente, chegarmos ao espaço físico para valorizar essas culturas também”, disse o reitor.

O projeto Casa das Nações reunirá, em um espaço físico, a história de São Luís voltada para comunidades de outros países que vivem na cidade. Com isso, pretende-se resgatar a história local e observar como essas comunidades influenciam em diversos setores da sociedade com as suas tradições, cultura, gastronomia, religiosidade e demais aspectos.

Emenda de Weverton prevê recuperação de eletrônicos descartados e doação para pessoas de baixa renda


Ampliar a inclusão digital e democratizar o acesso a equipamentos eletrônicos. Esta é a proposta da emenda apresentada pelo senador Weverton (PDT-MA) ao Projeto de Lei 5.991/2019, que estabelece diretrizes gerais para o descarte e para o recondicionamento dos bens de informática na administração pública. De acordo com o parlamentar, o objetivo da proposta é que itens como computadores, monitores e aparelhos celulares sejam recuperados e doados a escolas, bibliotecas e para pessoas que não tenham condições financeiras de adquiri-los. O texto foi acatado pelos senadores.
“Muitas autarquias, fundações e órgãos da administração pública têm um computador que não é mais usado ou que não funciona, um celular antigo. Minha ideia é que esses itens sejam recuperados e doados para o uso de quem precisa e não pode comprar e também para bibliotecas e instituições de ensino”, explicou o senador.
A ideia do Weverton é promover a inclusão digital e garantir o direito de acesso da população às tecnologias da informação e comunicação.
“O descarte de eletrônicos pode ajudar muitas pessoas que necessitam de um computador ou qualquer outro eletrônico para se comunicarem. Neste momento de pandemia, percebemos ainda mais a importância da população ter acesso a isso. Quantas crianças deixaram de acompanhar uma aula online por não ter o equipamento? Precisamos nos empenhar para mudar esta realidade”, afirmou.
O PL 5.991/2019 tramita no Senado e está na pauta do Plenário da Casa.

Prefeito Eduardo Braide inaugura Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético e entrega requalificação do Centro de Saúde da Liberdade


O prefeito Eduardo Braide entregou, nesta segunda-feira (28), o primeiro Centro de Atendimento ao Hipertenso e ao Diabético da rede municipal de São Luís, além do Centro de Saúde da Liberdade totalmente requalificado.

Com a requalificação, o centro de saúde teve seus serviços ampliados e, por meio do centro de atendimento, pacientes poderão fazer todo o acompanhamento da diabetes e hipertensão, além de receber a medicação necessária para o controle das doenças.

“Com a requalificação do Centro de Saúde da Liberdade estamos dobrando o número de equipes do programa Saúde na Família, para ampliar a cobertura do acompanhamento de todo o bairro. E com a implantação do Centro de Atendimento ao Hipertenso e ao Diabético vamos disponibilizar os insumos necessários para que as pessoas possam controlar a doença, reduzindo os custos do seu tratamento. Isto é mais saúde e qualidade de vida para todos. Vamos seguir trabalhando para levar estes serviços para toda a cidade, melhorando a qualidade do atendimento em saúde da nossa população”, disse.

Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético

A partir desta segunda-feira (28), a Prefeitura passa a ofertar mais um serviço na Atenção Primária em Saúde: o Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético. O objetivo é o acompanhamento das pessoas com hipertensão arterial sistêmica e diabetes, duas doenças crônicas e silenciosas que, se não forem devidamente tratadas, podem causar uma série de agravos.

O serviço foi implantado no Centro de Saúde Liberdade e conta com as seguintes especialidades médicas: cardiologia, endocrinologia, cirurgia vascular, nefrologia e oftalmologia. Também serão oferecidas consultas de enfermagem, nutrição e psicologia. Os pacientes terão acesso no local a exames de eletrocardiograma e doppler vascular e arterial.

O secretário Joel Nunes afirmou que o novo serviço vai ampliar a prevenção. “A atenção básica é fundamental para prevenir agravos à saúde da população. Agora o Centro de Saúde da Liberdade conta com toda a estrutura e equipe multidisciplinar necessárias e um centro de atendimento para fazer o acompanhamento especializado a hipertensos e diabéticos, fornecendo ainda os insumos necessários para o controle diário da glicose. São serviços que vão facilitar muito a vida das pessoas”, afirmou.

O centro vai atender a pacientes de todas as unidades básicas de saúde do município que necessitem de atenção especializada. Na unidade, os pacientes receberão um kit de controle da diabetes e do aparelho medidor de glicose que será entregue logo no primeiro atendimento. O serviço inclui também as fitas usadas na medição da glicose e as seringas descartáveis para aplicação de insulina que serão entregues com a periodicidade necessária para cada paciente.

Juarez Almeida Reis, 78 anos, morador da Coréia, um dos bairros da região da Liberdade, é um dos pacientes que passará a ser acompanhado pelo centro. “Tenho hipertensão e diabetes, mas não faço o acompanhamento corretamente. Vou passar a fazer a partir de agora aqui nesse centro, que é perto da minha casa e tem toda a equipe médica”, disse.

Centro de Saúde da Liberdade

O Centro de Saúde da Liberdade teve toda a sua estrutura física requalificada, o que permitiu ampliar a Estratégia Saúde da Família (ESF), passando de três para seis equipes, cobrindo, a partir de agora, 100% do território da Liberdade, reforçando a atenção básica. O serviço de odontologia foi reativado após um ano sem prestar atendimentos.

A Unidade também presta atendimentos como acompanhamento da saúde do homem, saúde da mulher, incluindo pré-natal, saúde do idoso, infantil e de adolescentes, entre outros serviços. O CS da Liberdade integra o Programa Saúde na Hora, funcionando de segunda-feira à sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h.

Participaram ainda da inauguração, os diretores dos Centros, além do secretário-adjunto de Comunicação, Igor Almeida.

Não vi ameaça mais concreta à democracia do que a "lava jato", diz Gilmar Mendes




"Não vi ameaças mais concretas à democracia no país senão a partir de iniciativas de grupamentos corporativos de procurador, juiz, órgãos da Receita e Polícia Federal. Esse conúbio colocou em risco aquilo que entendemos como Estado de Direito e devido processo legal", afirmou o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira no webinar de lançamento do Anuário da Justiça Brasil 2021.

Durante o debate “Justiça e Democracia”, o ministro voltou a fazer críticas à “lava jato” e às “dez medidas contra a corrupção”, proposta legislativa de iniciativa de membros do Ministério Público que tramitou no Congresso Nacional. Gilmar Mendes, com uma visão privilegiada da democracia brasileira, depois de ter passado pela Casa Civil e pela Advocacia-Geral da União antes de chegar ao STF, lembrou de propostas “fortemente autoritárias” apresentadas pelos procuradores ao Parlamento: permissão para o uso de provas ilícitas e restrição brutal à concessão de Habeas Corpus.

“Só na ditadura o HC sofreu limitação, ainda assim no AI-5. As dez medidas desenhavam um modelo autoritário, estávamos muito próximos de ser submetidos à ditadura de Curitiba”, disse. É preciso estarmos atentos aos salvadores da pátria — venham eles do Legislativo, Executivo ou Judiciário — recomendou o ministro, e acrescentou que esse é o legado que fica da fase crítica da “lava jato”. O ministro lembrou um ditado que diz que o país que precisa de salvadores não merece salvação.

Gilmar Mendes também falou sobre o uso das delações premiadas pelos procuradores de Curitiba. “A nossa luta contra a ditadura foi pelo devido processo legal, pelo Estado de Direito, pelo fim da tortura. Com as delações premiadas, você introduz um elemento de tortura para obter a delação”, disse. “Descemos muito na escala das degradações.”

A democracia enfrenta muitos desafios atualmente, não apenas a brasileira, afirma Gilmar Mendes ao lembrar da invasão ao Capitólio, nos Estados Unidos, fato que considerou “chocante”. Para o ministro, fatos como esse, mostram como grupos, “pretensamente democráticos”, se valem da democracia para causar tumulto — sistema que, em sua opinião, é o melhor que temos.

O ministro falou sobre as dificuldades do modelo de representatividade, das suas insuficiências e do fato de não conseguir alimentar o sonho de todos. Ressaltou que a democracia é um regime complexo e que se pauta por regras escritas e outras não escritas. “Há uma série de regras não escritas, que devemos respeitar. Não podemos atacar as pessoas, temos de ter uma atitude de tolerância, não podemos eliminar o adversário, o adversário não é inimigo. Precisamos trazer a democracia para civilizar a internet”, disse.

“Continua a valer a máxima de Churchill, segundo a qual a democracia é um regime ruim, excluídos todos os outros", concluiu Gilmar Mendes.

O lançamento do Anuário da Justiça Brasil 2021, que aconteceu na manhã desta terça-feira (29/6) e foi transmitido pela TV ConJur, teve a participação dos presidentes do STF, Luiz Fux; do Conselho de Curadores da Faap, Celita Procópio; do STJ, Humberto Martins; do TST, ministra Maria Cristina Peduzzi; do TSE, Roberto Barroso; do STM, Luis Carlos Gomes Mattos; do PGR, Augusto Aras; do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz; e da AMB, Renata Gil — cada um deles com um breve panorama do último ano e suas perspectivas para 2021.

Em seguida, houve o debate “Justiça e Democracia — A visão da Justiça, do Ministério Público e da Advocacia” com a participação do ministro Gilmar Mendes, do STF; do procurador-geral da República Augusto Aras; e do advogado e ex-presidente do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho. A mediação foi do repórter especial da ConJur Rodrigo Haidar.

O DESAFIO DE SUPERAÇÃO DO BUMBA – MEU BOI MIMOSO DA APAE DE SÃO LUÍS


Apresentação especial nessa quarta (30.06) com grupo reduzido e protocolos

Para eles, manter a tradição junina viva e forte é mais que cultura, é um desafio e também uma excelente terapia. Entre os benefícios que a brincadeira proporciona a seus integrantes, estão o desenvolvimento de habilidades importantes como a socialização, o senso de trabalho em equipe, a melhora da coordenação motora e da autoestima além de ser uma ferramenta de inclusão social.
Estamos falando do Bumba Meu Boi Mimoso da APAE de São Luís, de sotaque de orquestra. Fundado em 01.12.1994, como associação filantrópica beneficente sem fins lucrativos, o grupo tem atuação nas áreas da cultura, assistência social e defesa e garantia de direitos e inclusão social, lazer, entre outros. Mas sua finalidade maior é integrar a pessoa com deficiência intelectual e/ou múltipla no circuito junino, bem como seus familiares; além da promoção da educação, cultura, paz, cidadania, direitos humanos e de outros valores universais.
O Boi Mimoso conta com cerca de 98 integrantes, incluindo pessoas com deficiência intelectual de diversas faixas etárias e alunos da Escola Eney Santana vinculado à APAE de São Luis; além de professores, músicos, pais e colaboradores da Instituição, todos unidos pela força da cultura popular e também pelo desejo de inclusão, respeito e socialização.
Esse ano, diferente dos períodos juninos anteriores em que o grupo se apresentava como convidado de outros arraiais e integrava a programação oficial do São João de São Luís realizada pelas Secretarias Municipal e Estadual de Cultura, o grupo irá se apresentar somente uma vez e com elenco bem reduzido, em um evento interno da instituição, nessa quarta – feira (30.06) na sede da APAE de São Luís no bairro do Outeiro da Cruz.
“Devido às restrições da pandemia não estamos ensaiando esse ano com todo o grupo e nem fazendo as apresentações que gostaríamos. Mas podemos dizer que o Boi Mimoso está firme e forte, só esperando o momento certo de guarnecer o nosso lindo batalhão de guerreiros e guerreiras por aí, em um futuro bem próximo, e com muita saúde, se Deus quiser. Superação é com a gente mesmo”, revela o coordenador e um dos fundadores do Grupo, o Prof. Maneco.

“O Bumba Boi Mimoso da APAE de São Luís, criado pela professora Joana Costa (Joana), pelo professor Manoel Galdino Costa (Maneco) e pela saudosa diretora administrativa Antonia Zeile Lima de Melo (Antoninha) inicialmente se restringia às apresentações na Escola Eney Santana no período junino. Mas em julho de 1985, tivemos a primeira apresentação externa, na primeira mostra do festival nacional “Nossa Arte” realizado no XVII Congresso Nacional das APAES em Salvador (BA), junto à grupos como o Olodum. O sucesso foi tanto, que o Bumba Boi Mimoso recebeu outros convites para fazer mais apresentações em outros Estados posteriormente”, relembra com orgulho o Presidente da APAE de São Luís Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim.
Em sua trajetória de sucesso e muitas apresentações nacionais na bagagem, o Boi Mimoso da APAE de São Luís já levou a beleza e a riqueza do folclore junino maranhense a locais como o Congresso Nacional (DF), a cidade de Vitória (ES) entre outros. E em meio a fantasias, danças e músicas do sotaque de orquestra que encantam a todos, o brilho maior está em cada um dos brincantes, pessoas com deficiências diversas, mas que carregam histórias de superação, garra e amor em prol da brincadeira. Brilho que eles levam nos olhos após executar com harmonia e graça cada coreografia. Brilho que eles levam no coração, ao serem aplaudidos por onde passam, sentindo-se respeitados e acolhidos numa sociedade que nem sempre é inclusiva para com as pessoas com deficiência.
Em seus 50 anos de existência, a APAE de São Luis desenvolve relevantes atividades em prol do desenvolvimento, valorização e inclusão social das pessoas com deficiência; nas áreas da educação, saúde, esporte, lazer, arte e cultura, incluindo o Bumba Boi Mimoso.

“Nem mesmo a pandemia conseguiu tirar o brilho do nosso Boi Mimoso. Esse grupo já é parte da entidade e com ele temos conseguido resultados fantásticos de socialização e inclusão social da pessoa com deficiência. Acreditamos no poder da arte e da cultura como elemento de desenvolvimento humano”, declara o Presidente da APAE de São Luis, Sebastião Vanderlaan de Almeida Rolim.

Governo promove I Encontro Interestadual de Secretarias do Trabalho no Pará

 Em reunião com o secretário da Seaster, Inocêncio Gasparim (Foto: Almir Praseres)

Em reunião com o secretário da Seaster, Inocêncio Gasparim 

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária do Maranhão (Setres) promoveu, na cidade de Belém – Pará, o ‘I Encontro Interestadual de Secretarias do Trabalho: Conexão Maranhão – Pará. Juntos por Emprego e Geração de Renda’.

O evento foi realizado em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Emprego e Renda do Pará (Seaster-PA) e teve como objetivo apresentar as experiências exitosas do Governo Flávio Dino na geração de emprego e renda, com programas e ações desenvolvidos pela Setres, além da troca de experiências, pautando a transversalidade dos Estados em seus métodos e políticas públicas bem sucedidas.

Programas como Mutirão Rua Digna, Trabalho Jovem, TrabPesca, Pró-Catador e PEE Celso Furtado, foram apresentados a gestores e secretários da Seaster-PA.

O secretário da Setres, Jowberth Alves, fala sobre o encontro que coloca o Maranhão mais uma vez em destaque positivo no cenário nacional.

“A Conexão Maranhão – Pará é mais um passo importante na construção das políticas públicas de geração de emprego e renda, discutindo essas pautas entre os Estados, desta vez, de forma pioneira, apresentando as ações exitosas do Governo Flávio Dino ao Governo do Estado do Pará. Também conhecemos as ações desenvolvidas pela Seaster-PA. O Maranhão mais uma vez se torna destaque no cenário nacional, com ações que tem impacto e efetividade, favorecendo principalmente os que mais precisam neste momento de pandemia. O Governo do Maranhão se preocupa com a vida das pessoas e na geração de oportunidades e renda. Por isso, esperamos que nossa agenda de interestaduais em parcerias como outros Estados tenha continuidade!”, afirmou o gestor.

Visita ao Mestre ceramista que mostrou todo o processo, da fabricação à comercialização (Foto: Laryssa Melo)

O secretário da Seaster-PA, Inocêncio Gasparim, agradece ao Governo do Maranhão pela promoção do evento, que aproxima os Estados, viabilizando a criação e fortalecimento de ações para os trabalhadores e trabalhadoras. “Agradeço o empenho da equipe da Setres para realizar esta agenda. Nossa proximidade com o Maranhão tem que ser fortalecida. Temos culturas muito parecidas. Esperamos que esta construção seja permanente e que gere bons frutos para os dois Estados”, pontuou o gestor.

Sobre a Setres

O propósito da Secretaria de Trabalho e da Economia Solidária (Setres) é promover a inserção do maior número possível de maranhenses no mercado de trabalho. A atividade de intermediação para o trabalho é tida atualmente como a principal ferramenta para encurtar o caminho entre o trabalhador e as empresas. A Secretaria também atua na fomentação de atividades econômicas ligadas à sustentabilidade, empreendimentos solidários e catadores de resíduos sólidos, operando diretamente na mudança social a que se propõe o Governo do Estado do Maranhão, através do departamento de Economia Solidária.

Programa Trabalho Jovem é referência em encontro no Pará

 

Secretário da Setres, Jowberth Alves, apresentou o programa 

O que se tornou um sucesso entre as políticas públicas de empregabilidade para juventude maranhense, agora é destaque em nível nacional. É que o programa Trabalho Jovem, idealizado pelo Governo do Maranhão, foi referência no ‘Primeiro Encontro Interestadual de Secretarias do Trabalho: Conexão Maranhão – Pará. Juntos por Emprego e Geração de Renda’.

A apresentação do programa foi realizada durante o ‘Primeiro Encontro Interestadual de Secretarias do Trabalho’, na cidade de Belém, promovido em parceria com a Secretaria de Assistência Social, Emprego e Renda do Pará (Seaster-PA), sendo destaque como uma das experiências exitosas do Governo Flávio Dino na geração de emprego e renda.

Com investimento de R$ 40 milhões, lançado em março de 2021, o programa Trabalho Jovem é uma iniciativa do Governo do Maranhão que busca a geração de oportunidades de emprego e renda para jovens maranhenses de 17 a 25 anos. Recentemente, o programa atingiu a marca de 1.000 jovens contratados com carteira assinada no mercado de trabalho.

O secretário da Setres, Jowberth Alves, apresentou o programa para o secretário do secretário da Seaster-PA, Inocêncio Gasparim, gestores e secretários adjuntos presentes no encontro.

“O programa Trabalho Jovem é mais uma medida assertiva e de sucesso do governador Flávio Dino. Levamos como exemplo para que outros estados, assim como o Pará, possam aplicar esta iniciativa que oportuniza, gera renda, possibilitando a realização de sonhos, metas e carreiras dos nossos jovens. Realizamos a apresentação do programa como uma importante política pública, mas também mostrando o papel social que a ação cumpre. Retiramos jovens da ociosidade, os colocando no mercado de trabalho e garantindo também oportunidade neste momento tão difícil”, analisou o gestor.

O secretário da Seaster-PA, Inocêncio Gasparim, destaca a importância de conhecer experiências bem sucedidas.  “Em um momento tão difícil para todo o Brasil, conhecer novas experiências é fundamental. Nossa equipe recebeu com bons olhos a aplicação do ‘Programa Trabalho Jovem’ no Maranhão; percebemos a grande adesão. Extrairemos bons frutos”, afirmou o gestor.

Sobre o encontro

O evento teve por objetivo promover a troca de experiências sobre as políticas públicas de geração de emprego e renda entre os estados do Maranhão e Pará, pautando a transversalidade das ações, programas e métodos entre as pastas, além das experiências exitosas do Governo Flávio Dino. Programas como ‘Mutirão Rua Digna’, ‘Trabalho Jovem’, ‘TrabPesca’, ‘Pró-Catador’ e ‘PEE Celso Furtado’ foram apresentados a gestores e secretários da SEASTER-PA.

Programa Trabalho Jovem

Instituído a partir da lei nº11.384, de 16 de dezembro de 2020, e regulamentado por meio do Decreto nº36.486, de 10 de fevereiro de 2021, o Programa Trabalho Jovem é uma iniciativa do Governo do Maranhão para a geração direta de oportunidades a jovens maranhenses, por meio da oferta de emprego, renda, estágios, cursos, residências profissionais em Ciências Agrárias e apoio financeiro a atividades comunitárias de proteção ao meio ambiente e indireta, por meio de assessorias gratuitas.

O designer de sapatos mais famoso do Maranhão, espanja simpatia em São Paulo


O empresário e designer de sapatos Cláudio Carvalho esbanja simpatia e carisma por onde passa e lógico que não seria diferente em São Paulo, onde está curtindo mine férias, encontrando os amigos, tratando de negócios, fechando parcerias e trazendo novidades para sua loja.

Claudio Carvalho reencontrou os amigos Fernando Pires (O grande ícone dos sapatos das celebridades) e Walério Araújo (estilista das celebridades).


Othelino Neto visita 'Arraiais da Vacinação' em Dom Pedro e Parnarama


Em Dom Pedro, Othelino e o prefeito Galego Mota acompanham vacinação de jovem no "Arraial da Vacina" no município

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado do deputado Ricardo Rios (PDT), visitou, nesta quarta-feira (28), o “Arraial da Vacinação” em Dom Pedro e Parnarama. Em ambos os municípios, a ação, realizada pelo Governo do Estado, foi solicitada pelo parlamentar com o objetivo de acelerar o processo de imunização da população dom-pedrense e parnamarense.

Segundo Othelino, o “Arraial da Vacinação” tem impactado positivamente em todos os municípios por onde passa. “Já acompanhei o evento em diversas cidades e tenho observado o avanço na faixa etária, o que significa que muito mais pessoas estarão imunizadas em um curto espaço de tempo e, consequentemente, mais vidas serão salvas”, avaliou o parlamentar, acrescentando ainda a importância da parceria entre as prefeituras e o Governo do Estado para que isso aconteça.

Em Dom Pedro, foram três mil doses da vacina AstraZeneca (1ª dose) destinadas, inicialmente, para adultos a partir de 25 anos de idade, aplicadas pelo sistema drive-thru e, também, para quem estava a pé, em espaço instalado no bairro Alto do Pacote.

Othelino Neto e Galego Mota observam enfermeira preparar dose da vacina no mutirão em Dom Pedro

O prefeito de Dom Pedro, Galego Mota (Solidariedade), agradeceu o apoio do Legislativo Estadual para a realização do Arraial da Vacina, que, segundo ele, ajudará a alcançar mais da metade da população adulta do município. “Nós conseguiremos atingir cerca de 58% de vacinados pelo menos com a primeira dose. Agradeço ao deputado Othelino, assim como à equipe do Governo do Estado”, disse o gestor.

Também presente no evento, o deputado Ricardo Rios destacou a importância do Arraial para alcançar o maior número possível de pessoas. “Parabenizo todos os envolvidos pela organização desse evento. Com essa mobilização, logo a vacina chegará para novas faixas etárias”.

Em Parnarama, Othelino Neto e o prefeito Raimundo Silveira visitam o Arraial da Vacinação realizado no município

Parnarama

Othelino Neto visitou, ainda, o “Arraial da Vacinação” em Parnarama, também realizado por solicitação do parlamentar. O município foi contemplado com duas mil doses do imunizante. A vacinação, que aconteceu no Ginásio Poliesportivo Anísio Batista, foi destinada a adultos na faixa etária a partir de 30 anos.

Em seguida, o chefe do Legislativo maranhense visitou as obras de construção do novo Cais Juarez Nunes Leal e do Complexo Educacional Clóvis Bonfim.

O prefeito Raimundo Silveira agradeceu ao deputado Othelino Neto pela atenção voltada aos parnamarenses. “Ele é uma pessoa muito sensível e atenta às necessidades do nosso município. Somos gratos pelas doses de esperança viabilizadas para a nossa população e pela parceria que nos tem proporcionado muitos benefícios”, declarou.

Othelino, acompanhado do prefeito Raimundo Silveira e de outras autoridades locais, visita obras do Complexo Educacional Clóvis Bonfim

segunda-feira, 28 de junho de 2021

LOJAS POTIGUAR ABERTAS NESSA TERÇA (29.06) FERIADO DE SÃO PEDRO



Lojas Potiguar em São Luís e Imperatriz com horário especial

 

Nessa terça – feira (29.06) as lojas do Grupo Potiguar estarão abertas em São Luís, mas em horário especial. Nas lojas do Centro (Caminho da Boiada), Cohafuma e Africanos o horário será das 09H às 13H. Já nas lojas da Cohama e Retorno da Forquilha o horário será das 09H às 18H. E na Potiguar Imperatriz a loja funcionará das 08H às 19H.

 

Nesse dia, o Centro de Distribuição (CD) do Grupo ficará fechado.

 

Quem quiser aproveitar as diversas ofertas e o amplo mix de produtos para construção, decoração e utensílios para o lar em geral pode aproveitar o feriado para uma visita às lojas.