quarta-feira, 31 de março de 2021

Batista Matos: um homem cordial

 

Difícil falar de um amigo que partiu. Mais difícil ainda é não poder dizer adeus, nesse ambiente de silêncio lúgubre, árido, que toma de assalto a nossa sala, a nossa vida. Poderia não dizer nada, não escrever uma única linha, porque os mortos estão se repetindo. Mas não hoje.

Não sabemos quem morrerá amanhã. E agora estamos aqui acuados no choro mais íntimo por uma pandemia perversa que não escolhe cara, e também pelo vírus da insensatez, que cega, obstrui caminhos, despreza a ciência e mata em hospitais amontoados de gente.

Perdemos um homem bom, de alma imensa, que passou por essa vida tão curta pra semear generosidade. É difícil aceitar, entender. A humanidade ficou menor sem o Batista Matos. A esta hora exatamente seus amigos todos – e mesmo aqueles que o conheciam à distância, talvez por ouvir falar de suas virtudes - estamos bem menores.

Iniciamos nossa amizade nas jornadas do jornalismo, há mais de 20 anos, e desde então jamais perdemos a sintonia, o afeto e o respeito mútuos. Estávamos sempre por perto, na comunicação, nas incontáveis peladas de futebol, na política e na vida cultural da cidade. Em todos os quadrantes por onde andou, Batista Matos nunca perdeu a ternura. Carregava consigo sempre um sorriso largo, a humildade e o seu farto ofertório de paz e fé. 

Perdemos um homem cordial. Batista Matos foi um cara valente que lutou com todas as forças para vencer um câncer. E conseguiu, com sua crença obstinada! Voltou à tona e foi à luta novamente. Era um homem refeito, feliz com sua família, sua vida. Hoje tombou, mas não sem lutar com a mesma bravura de sempre!  

Ficamos bem menores com o coronavírus. Somos bem menos agora sem a gentileza estupenda de Batista Matos. Restará a história que ele mesmo escreveu, apesar de tão breve. Não sei quando isso chegará ao fim. Sei apenas que o fim, com a ignorância e o ódio que assombram uma nação, parece todo dia.   

(Félix Alberto Lima)

Homem mesmo sem ser reconhecido, passa mais de 01 (um) ano preso inocentemente até ser absolvido pela Justiça, por morte de pastor ocorrida em Bacabeira/MA


No dia 07/01/2020, precisamente nas imediações do Campo de Perizes, Bacabeira/MA, o pastor J.A.S. e familiares foram alvos de assaltantes, sendo o primeiro tragicamente atingido por disparo de arma de fogo e não resistido, vindo a óbito. Ainda, os assaltantes teriam subtraído pertences dos familiares e evadido do local.

O grave fato acabou ganhando repercussão da imprensa à época, além de envolver os órgãos de segurança pública no intenso trabalho, no sentido de localizar os autores dos crimes.

Sucede que um indivíduo suspeito acabou sendo preso, após denúncia anônima recebida pela polícia acerca do seu envolvimento. Todavia, os familiares do pastor e vítimas não tiveram condições de reconhecerem os autores dos crimes, pois além de a ação ter ocorrida bastante rápida e pelo trauma sofrido pelas vítimas, todos os assaltantes estavam com os rostos cobertos por camisas e o local não tinha a devida iluminação, já sendo inclusive período noturno.

Apesar de não ter sido reconhecido pelas vítimas, o suspeito C.L.S. ainda acabou sendo preso preventivamente e permaneceu ergastulado por mais de 01 (um) ano até ser absolvido em julgamento ocorrido na Comarca de Rosário/MA.

O Defensor Público Alex Pacheco Magalhães, atuando na defesa do assistido, pugnou pela absolvição do acusado, sendo então reconhecida na Justiça. “O caso é bastante delicado. Familiares foram ouvidos na Justiça e inclusive se emocionaram ao terem que relembrar da perda de um ente querido. Contudo, foram convictos e sensatos ao afirmarem que o acusado C.L.S. não teria sido reconhecido como um dos envolvidos, além de apresentar características distintas dos verdadeiros autores não identificados”.

“Sobre o reconhecimento de pessoas suspeitas de crimes no Brasil, basta relembrarmos matéria recentemente exibida pelo programa fantástico (Disponível em: https://globoplay.globo.com/v/9288342/
Um levantamento inédito feito pelo Condege, entidade que reúne defensores públicos de todo país, e também pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro mostra que os negros são, de longe, as maiores vítimas desse tipo de erro.ver mais
globoplay.globo.com
), chamando a atenção das inúmeras falhas do sistema de justiça, inclusive da existência de um racismo generalizado e sistêmico de presos e condenados inocentemente”, pontua Magalhães.

Para o Defensor Alex, “sem a existência de uma investigação robusta e observância de todas as regras legais estabelecidas para se admitir e creditar a figura do reconhecimento, como podemos ainda permitir que prisões e condenações de pessoas continuem ocorrendo nesses moldes? Os erros judiciais são expressivos e gritantes, a ponto de passar a ser questionado, tendo o Superior Tribunal de Justiça, através da Sexta Turma, se posicionado firmemente pela invalidação dos reconhecimentos feitos por fotografias. Até quando casos como o presenciado continuarão existindo no sistema de justiça?”

Fonte: Núcleo Regional da Defensoria Pública de Rosário/MA

Sedes amplia o programa do PAA Leite para a Região Tocantina


O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), promoveu capacitação para os 16 municípios das regiões Tocantina, Carajás e Serra sobre a execução do Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade PAA-Leite.
A ação aconteceu de forma remota, através de videoconferência, sob a coordenação da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional. A expectativa é distribuir, diariamente, 10.000 litros de leite pasteurizado, entre beneficiários e entidades dos 16 municípios, entre eles, de Açailândia, Montes Altos, Govenador Edison Lobão, Ribamar Fiquene, Sítio Novo, João Lisboa, Senador La Rocque, Buritirana, Amarante do Maranhão, Cidelândia, Vila Nova dos Martírios, São Pedro da Água Branca, São Francisco do Brejão, Itinga, Davinópolis.

O gestor da Sedes, Márcio Honaiser, explicou a relevância do PAA-Leite, em atender as famílias de baixa renda, registradas no Cadastro Único e que se encontram em situação de vulnerabilidade social e alimentar.

“Nosso maior objetivo é executar o PAA-Leite com excelência em todo o estado, estabelecendo uma troca de experiências e responsabilidades. Esta reunião foi importante no sentido de orientarmos os municípios sobre os passos iniciais para execução do Programa PAA-Leite, alinhado às ações do Governo do Estado, voltadas à Segurança Alimentar e Nutricional e à agricultura familiar”, explicou Márcio Honaiser.

A secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvidia Caldas, pontua que o objetivo neste primeiro momento é orientar os municípios sobre os passos iniciais para a execução do programa.

O Programa de Aquisição de Alimentos, modalidade Leite, atua em duas frentes: na primeira, compra o leite bovino de agricultores familiares, promovendo geração de renda e fortalecimento da cadeia produtiva. Já na segunda ponta, o programa realiza a doação do leite a pessoas que estão em situação de insegurança alimentar, atendidas pela rede socioassistencial, além de alunos das redes públicas de ensino dos municípios.

A LUTA DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE & PACIENTES EM 365 DIAS DE LUTA CONTRA A COVID-19


O médico intensivista Rafael Matos Hortegal que comemora cada alta como uma vitória da medicina.
Hospital São Luís (HSLZ) já salvou milhares de vidas de servidores estaduais nessa pandemia

O mês de março de 2020 ficou marcado na história pessoal e profissional de todos os profisisonais da área da saúde e administradores hospitalares que, de repente, passaram a vivenciar a maior e mais desafiadora experiência profissional que já tiveram até então: Salvar vidas em meio à pandemia da Covid-19.

Para o time do Hospital São Luís, mais conhecido como HSLZ ou Hospital dos Servidores não foi diferente. E há exatos 365 dias a luta tem sido intensa, repleta de inseguranças, medos pessoais e profissionais além de emocionantes vitórias a cada paciente que é devolvido para seus famíliares após o tratamento na unidade hospitalar.

O Diretor Geral do Hospital São Luís (HSLZ) Plínio Valério Tuzzolo.

“Nesse período a gente está aprendendo muitas coisas novas, precisando rever conceitos, práticas e tratamentos. Tá sendo muito pesado e a carga horária tem sido mais que dobrada para todos nós que trabalhamos na fonoaudiologia hospitalar. Os plantões têm sido extremamente longos, e o mais complicado de tudo é olhar os pacientes que chegam à UTI e que precisam ser entubados, e não sabermos se ele ou ela vai voltar um dia para a sua família. Isso mexe muito com o emocional de todos nós profissionais.
É impossível ficarmos neutros; seguimos refletindo sobre tudo isso que está acontecendo e sem ver uma luz no fim do túnel, parece que estamos trabalhando no escuro, testando procedimentos sem nenhuma certeza científica absoluta. Mas se há uma certeza, é a de que estamos dando o máximo de nós enquanto profissionais da linha de frente, para tentarmos preservar o máximo de vidas que conseguimos”, revela a Coordenadora do Serviço de Fonoaudiologia do HSLZ Cíntia Seipel.

“O que a gente tem vivido aqui é realmente um cenário de guerra, contra um monstro invisível. A gente tem desgaste físico e emocional diariamente, não é fácil sair de casa e deixar nossas famílias, e nem é fácil chegar para cuidar dos pacientes pois sabemos que ali está o amor de alguém e é muito difícil lidar com tantas mortes”, desabafa Fernanda Valéria Maciel Dutra que é fisioterapeuta intensivista.

O sentimento de impotência e medo de uma doença tão traiçoeira como é a Covid-19 é geral entre os profissionais da linha de frente:

“Ainda estamos no olho do furacão, mas prometemos não desistir e nem recuar mesmo estando exaustos, tentando amargamente aprender a lidar com essa maratona, e quebrando a cabeça para tentar entender o que está acontecendo com o paciente dia a dia nessa luta pela vida. E tentando amargamente lidar com o vazio que surge o óbito chega. E só piora sabermos que a qualquer momento os papéis podem se inverter, e o colega que estava hoje na linha frente com você pode ser o seu paciente amanhã”, confessa Daiane Amorim, fisioterapeuta intensivista do HSLZ que está há um ano nesse campo de batalha.

Para o médico intensivista Rafael Matos Hortegal, cada extubação de um paciente é mais que um procedimento bem sucedido, é uma verdadeira vitória da medicina:

“O paciente que chega para nós como um desconhecido, acaba se tornando um ente querido ao longo do tratamento que nem sempre é fácil, e na maioria das vezes é longo e complicado. E cada paciente extubado e que conseguimos devolver para sua família é mais que uma vitória, é um incentivo a nossa luta e um verdadeiro troféu para todos os colegas envolvidos” disse o Dr. Rafael.

Mais que números ou estatísticas, cada alta realizada no Hospital São Luís é um sinal de Deus e de que vale a pena tantos esforços empenhados por todos. Há um ano o volume de atendimentos e internações no HSLZ têm sido bem acima da média.
A fisioterapeuta intensivista do HSLZ Daiane Amorim.

Para o Diretor Geral Plínio Valério Tuzzolo seguir motivando toda a sua equipe multidisciplinar é fundamental e mais que merecido. Ele lembra que todo o grupo do HSLZ que está à frente do atendimento aos pacientes de Covid-19 foi merecidamente homenageado de forma coletiva pela Diretoria do Hospital e pelo Grupo Mercúrio, controlador do hospital com uma placa solene colocada na sede da unidade.

“Todos estão dando o máximo de si, muito além do profissionalismo normal. Digo que são todos grandes heróis mesmo. Bravos e corajosos profissionais que, do maqueiro, servente ao médico, todos estão salvando vidas e colaborando para devolvermos às famílias os seus amores, nas melhores condições possíveis. Não tem sido fácil, mas sei que estamos fazendo história juntos”, frisou o Diretor.

O pastor evangélico Nelson Roberto Silva Abreu, de 48 anos faz parte da feliz estatística de curados do HSLZ. Casado com a técnica em administração Vanessa Abreu de 34 anos e pai de Davi Augusto de 5 anos e Miguel Nagai, de apenas 1 ano e 8 meses ele sentiu medo de não voltar a ver sua família. Ele que é policial militar da reserva e pastor da Primeira Igreja Batista de São Luís no Centro, sentiu os primeiros sintomas da Covid19 em 30 de janeiro desse ano. Como a doença avançou rápido, Nélson precisou internar no décimo dia, e depois ainda foi parar na UTI do HSLZ:

“No início não tive medo, só fiquei preocupado em transmitir o vírus para minha esposa e filhos. Senti dor de cabeça, tive febre e tosse, falta de olfato e paladar e pensei que ia ficar bom logo. Fiquei dez dias em casa, mas depois o quadro complicou, e precisei internar no Hospital dos Servidores / HSLZ. Fiquei 21 dias no hospital, sendo 17 na enfermaria e depois na Unidade de Terapia Intensiva. A doença foi se agravando e passei quatro dias internado na UTI. Fiquei com 80% dos pulmões comprometidos e muita falta de ar devido à saturação baixíssima mesmo com 15 litros de oxigênio e na posição de bruços; era muito difícil respirar. Continuei tendo tosse, diarreia, dor de cabeça, febre além de muita ansiedade, medo e saudades da família. Um mix de emoções e sentimentos tristes. Tive muito medo de morrer quando precisei ir para a UTI, mas não cheguei a ser entubado. Deus me deu uma dose exagerada de cuidados, generosidade e carinho através da equipe multidisciplinar do HSLZ – graças a todos eles fiquei curado. O Dr. Samuel Gregório e sua equipe de médicos, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeutas, maqueiros, nutrição; todos foram de uma perícia e competência fora do comum. Meu tratamento foi um sucesso”, revelou ao relembrar esses 31 dias de grandes provações.

Para aqueles que ainda estão internados no HSLZ lutando pela vida, o pastor Nélson deixa uma mensagem de fé e esperança:

“Tenham paciência, perseverança e, acima de tudo, fé em Deu, pois o tratamento funciona e a instituição HSLZ é excepcional. Eu já estive nesta situação e venci, graças a Deus Todo Poderoso! A todos os profissionais desse hospital, deixo minha gigantesca gratidão e o reconhecimento público pelo profissionalismo, carinho, respeito, generosidade e humanidade com que fui tratado por todos. Sei que o Senhor Jesus os instrumentalizou como verdadeiros anjos, que me devolveram à minha família, à minha Igreja e para a minha comunidade. Gratidão, sempre!” disse o paciente curado e ainda mais fortalecido pela fé em Deus e na medicina.

Governo lança cartilha de orientação para que municípios construam planos de geração de emprego e renda



Gestores e gestoras municipais, saibam como desenvolver uma proposta de plano com base na importância e os desafios de gerar trabalho, emprego e renda em um contexto de pandemia.

Com o Plano Municipal de Geração de Emprego e Renda você poderá realizar escutas populares, destacando as cadeias produtivas, orientações de crédito através de um conteúdo elaborado com metodologia participativa envolvendo gestão municipal e a população!

Esta é mais uma ação do Governo do Maranhão como forma de contribuir com as políticas públicas de geração de emprego e renda no seu município. A cartilha de orientação está disponível para download no site link abaixo:

Cartilha de Orientação

Governo do Estado firma convênio para pavimentação de ruas no interior do Maranhão



Governador assinou o termo de cooperação técnica com as prefeituras contempladas (Foto: Handson Chagas)

Municípios maranhenses vão ter ruas melhoradas com a pavimentação. A iniciativa do Governo do Estado inclui a melhoras de vias públicas com uso de bloquetes intertravados de concreto. Além de conferir novo cenário às cidades, a medida integra as ações de ressocialização do Governo. A solenidade de assinatura do termo de cooperação foi realizada na manhã desta quarta-feira (31), no Palácio dos Leões, com presença do governador Flávio Dino.

Na ocasião, o governador assinou o termo de cooperação técnica, por meio das Secretarias de Estado de Governo (Segov) e Administração Penitenciária (Seap) com as prefeituras contempladas. Os blocos intertravados de concreto, produzidos pelos internos do sistema penitenciário maranhense, serão doados aos municípios de Santa Inês, Governador Nunes Freire e Guimarães, para as obras de pavimentação. A fabricação de blocos é um dos projetos do programa Trabalho com Dignidade, que tem outras iniciativas como a produção de ovos de chocolate, por exemplo (Foto: Handson Chagas)

“O Mutirão Rua Digna é uma experiência muito bem vinda, que nos permite a conjugação do trabalho do Governo do Estado com as prefeituras e as comunidades. E estamos fortalecendo este programa com o fornecimentos dos blocos pelas fábricas instaladas no sistema penitenciário. Com isso, poderemos atender demanda dos municípios, estimulando o trabalho no sistema penitenciário, pavimentando as ruas e gerando emprego e renda nas cidades”, pontuou Flávio Dino.

A fabricação de blocos é um dos projetos do programa Trabalho com Dignidade, idealizado e executado pela Seap. O objetivo é inserir mão de obra do sistema penitenciário para produção de artefatos de concreto para pavimentações. A oficina de trabalho busca a profissionalização dos internos e reforça as ações de ressocialização da gestão estadual.

“Esta é a continuação de uma nova etapa do projeto e estamos firmando esta parceria com os municípios, doando estes blocos intertravados. Isso demonstra a importância e a necessidade do trabalho social e de ressocialização, que o sistema prisional desenvolve e que retorna à sociedade. Este evento demonstra que estamos no caminho certo, trabalhando na ressocialização e melhoria do sistema penitenciário do estado”, disse o titular da Seap, Murilo Andrade. Governador assinou o termo de cooperação técnica com as prefeituras contempladas (Foto: Handson Chagas)

O prefeito de Governador Nunes Freire, Josimar Alves de Oliveira, reforçou o trabalho da gestão na parceria com os municípios. “Muito feliz por estarmos sendo agraciados com este importante projeto do Governo do Estado. Um governo que quer nos ajudar e estamos nesse caminho de transformação para nossa cidade”, disse. Participaram do evento, o prefeito de Guimarães, Osvaldo Gomes; e o vice-prefeito de Santa Inês, Sirino Rodrigues, que também parabenizaram e agradeceram a iniciativa.

A meta do termo de cooperação é entregar cerca de 450 mil blocos aos municípios. Atualmente, a Seap coordena 13 fábricas de blocos, com mão de obra de 170 internos. A expectativa é que até o final deste primeiro semestre, amplie para 64 fábricas, o que garantirá a inserção de mais 612 internos na atividade de trabalho.

Presidente da Famem orienta aos prefeitos barreiras sanitárias e vacinação durante feriado prolongado


O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, orienta aos prefeitos maranhenses que implantem barreiras sanitárias e intensifique a vacinação durante o feriado prolongado da Semana Santa.  

Em vídeo divulgado nas suas redes sociais, o representante dos gestores, destacou o momento difícil enfrentado e a situação da saúde nas cidades. “Estamos vivendo o pior momento da crise do novo coronavírus. O sistema de saúde está à beira de um colapso e os impactos na economia e na vida de todos em nossas cidades são enormes. Nossos profissionais da linha de frente estão exaustos. O atual momento da pandemia exige ainda mais comprometimento e responsabilidade não só de nós, gestores, mas de toda sociedade”, disse.

O Maranhão bateu o recorde de mortes em 24 horas, com 42 óbitos na última segunda-feira (29) e já atingiu a marca de mais de 6 mil vidas perdidas. “Para nós, prefeitos, este feriado prolongado vai ser de muito trabalho para proteger a nossa população. Peço aos gestores que reforcem as medidas de contenção da pandemia. Façam barreiras sanitárias, para evitar a circulação de pessoas entre municípios e mantenham somente os serviços essenciais funcionando”, destacou.

O prefeito ainda pediu para intensificar a vacinação da Covid-19 durante o feriado, com as doses que já estão nos municípios. Para ele, a vacinação da população é prioridade número um das prefeituras. 

Erlanio também fez apelo para que toda a população maranhense colabore, evitando viagens no feriadão. “Eu peço a todos. Não viagem para visitar parentes em outros municípios neste feriado. Sua maior demonstração de amor pelos seus entes e amigos é proteger suas vidas. São dias para celebrar a ressurreição de Cristo e renovar as esperanças. E eu tenho muita esperança de que isso vai passar. Nós vamos vencer”, finalizou.

Othelino reforça importância do Estado Democrático de Direito ao lembrar Golpe de 64


Othelino lembrou a passagem dos 57 anos do Golpe de 64 e disse que é necessário a mobilização de todos em defesa da democracia: "Ditadura nunca mais"

Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), lembrou a passagem dos 57 anos do Golpe Militar de 1964, neste 31 de março. O chefe do Legislativo destacou que esta é uma data que não deve ser celebrada, mas precisa ficar registrada na história para que nunca mais se repita.

Othelino disse que o golpe militar de 1964 foi um triste período da história do Brasil, que se estendeu por 21 anos, em que as pessoas perderam a liberdade de expressão, a possibilidade de escolher os seus governantes e o país viveu um lamentável regime de exceção.

“Com o acirramento do regime militar e dos atos institucionais que foram se sucedendo, pessoas foram mortas, outras exiladas e famílias foram dilaceradas. Nós perdemos o nosso direito de ir e vir e de pensar diferente”, lembrou o parlamentar.

Othelino pontuou ainda que, infelizmente, algumas pessoas que ocupam posições de destaque na nação insistem em fazer insinuações a regimes de exceção e, por isso, é preciso que todos estejam mobilizados para a defesa da democracia.

“É necessário que todos estejamos mobilizados, independente de sermos de esquerda, centro ou direita, pois o que se está discutindo é a democracia, a preservação do Estado Democrático de Direito, que é um valor que todos os brasileiros e brasileiras de bem devem tratar como algo que não pode ser questionado. Vamos continuar juntos, lutando pela democracia, pelas liberdades e todos com uma única frase: Ditadura nunca mais!”, finalizou Othelino Neto.

Clique aqui e assista ao vídeo 

Maranhão cria 3.325 mil empregos em fevereiro, afirma Governo Federal


Criação de empregos no estado foi superior à média do Nordeste 
Um saldo de 3.325 mil empregos gerados no mês de fevereiro de 2021 – uma variação relativa de 0,66%, superior à média do Nordeste, que ficou em 0,64%. Estes são alguns dos dados apontados sobre o Maranhão pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados na terça-feira (30) pelo Ministério da Economia.

No total, no Nordeste, foram registrados 40.864 mil postos de trabalho em fevereiro de 2021. No acumulado do ano, o Maranhão registrou 2.976 postos de trabalho entre janeiro e fevereiro de 2021, com variação relativa de 0,59%.

“Criar mecanismos buscando ativar a economia, como o programa Trabalho Jovem; dialogar com a classe empresarial e ouvir segmentos diversos proporcionam ações estratégicas que nos permite buscar formas de colocar o Maranhão no caminho certo. Este saldo positivo confirma o êxito do trabalho do Governo do Maranhão. E é desta forma que agiremos para que a geração de empregos e a garantia de direitos seja cada vez mais prioritário”, analisa o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo.

No levantamento do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda é apontado que, no Maranhão, foram registrados 208.528 acordos entre abril e dezembro de 2020.

Mais

Segundo o Novo Caged, o emprego celetista no Brasil registrou crescimento em fevereiro de 2021, com saldo de 401.639 postos de trabalho – uma variação de 1,01% em relação ao estoque do mês anterior. No acumulado do ano, foram 659.780 empregos.

Em fevereiro deste ano, os dados registraram saldo positivo em: Serviços (+173.547 postos), Indústria geral (+93.621 postos); Construção (+43.469 postos); e Agricultura (+23.055 postos).

Nota de pesar - Batista Matos


A Assembleia Legislativa do Maranhão lamenta profundamente o falecimento do radialista, jornalista e vereador de São Luís, João Batista Matos, aos 46 anos, na manhã desta quarta-feira (31)
Como profissional da Comunicação, ele trabalhou nas redações dos jornais O Estado do Maranhão, O Imparcial e rádios Mirante e FM Esperança. Exerceu ainda cargos públicos, como o de secretário municipal de Comunicação da Prefeitura de São Luís.

Na Câmara de Vereadores, Batista Matos estava em seu primeiro mandato,
conquistado, nas últimas eleições, com muita luta e determinação.

Consternados com a imensa perda de uma liderança muito querida, prestamos nossa solidariedade e condolências aos familiares, em especial, à esposa Liana Ramalho e aos dois filhos, Samuel e Daniel, assim como aos amigos.

Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

Edwin Jinkings
Diretor de Comunicação

Equatorial Maranhão informa sobre funcionamento das Agências de Atendimento e Postos E+ Reciclagem na Semana Santa


Em virtude da semana santa, as agências de atendimento da Equatorial Maranhão e os postos de coleta do E+ Reciclagem não irão funcionar nesta sexta-feira (02 de abril). No sábado (03 de abril), os postos de coleta E+ Reciclagem também não irão funcionar, com o retorno do atendimento na segunda-feira (05 de abril). 

Durante esses dias, a Equatorial Maranhão reforça o uso dos seus canais de atendimento, que funcionam 24 horas: WhatsApp com o número (98) 2055-0116, com a assistente virtual Clara por mensagem de texto; pelo aplicativo Equatorial Energia e pelo site www.equatorialenergia.com

Deputados destacam ações do governo estadual no combate à pandemia da Covid-19


Deputados destacaram as ações do Governo do Estado durante a pandemia do novo coronavírus na sessão remota desta terça-feira

As ações e obras de prevenção e combate à pandemia da Covid-19, executadas pelo Governo do Estado, foram elogiadas na sessão plenária desta terça- feira (30). Manifestaram-se sobre o assunto os deputados Rafael Leitoa (PDT), líder do governo na Casa, Roberto Costa (MDB), Adelmo Soares (PC do B), Zé Inácio (PT), Wendel Lages (PMN) e Antonio Pereira (DEM).

Os parlamentares também parabenizaram o governador Flávio Dino (PC do B) e o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, pelo êxito no combate ao novo coronavírus no Maranhão.

Rafael Leitoa destacou os programas sociais que o governador Flávio Dino implementa, a exemplo do “Vale Gás” (beneficiando 115 mil famílias de baixa renda), o “Vale Combustível” (para taxistas, mototaxistas e motoristas por aplicativos) e o auxílio emergencial para trabalhadores do setor de eventos, em parcela única de R$ 600,00.

Leitoa destacou, também, o auxílio emergencial para guias de turismo e empresas de transportes turísticos (em parcelas de R$ 600,00 e R$ 1 mil, respectivamente), o adiamento do pagamento de ICMS que favorece 130 mil micro e pequenas empresas, além da antecipação da primeira parcela do décimo terceiro salário dos servidores estaduais para abril.

Apoio a municípios

De acordo com Rafael Leitoa, o Governo do Estado também tem apoiado os municípios, no que diz respeito à vacinação, principalmente na logística da distribuição das vacinas em tempo recorde, além de fornecimento de seringas, agulhas e de mão de obra, inclusive para ajudar na aplicação das vacinas em todo o estado, independente da distância do município à capital.

“Há um conjunto de ações que, integradas, conseguimos aí ter uma das menores taxas de mortalidade do país. A pandemia não é só no Maranhão. Ela é no Brasil inteiro. Infelizmente, no nosso estado vizinho, o Piauí, apesar de ter a metade da população do Maranhão, tem morrido cerca de 60% a mais de pessoas do que no Maranhão”, enfatizou o líder do governo.

Ele lamentou que, mesmo assim, exista a prática do “denuncismo por denuncismo”, o que levou o Ministério Público a arquivar uma ação civil pública, após constatar que não houve irregularidades por parte da Secretaria de Estado da Saúde na aquisição de respiradores. “Não se pode falar em superfaturamento em nenhum insumo, durante o início da pandemia, tendo em vista a alta procura não somente do mercado maranhense e do mercado brasileiro, mas do mercado mundial, por equipamentos que salvam vidas”.

Caxias

Da bancada governista, também se manifestou o deputado Adelmo Soares, destacando as ações do governador Flávio Dino no combate à pandemia em Caxias. Segundo ele, o governo tem dado uma demonstração de amor ao povo do Maranhão, com inúmeros projetos sociais. “O governador, neste momento, estende a mão àquelas famílias que mais necessitam. Eu fico muito feliz de ver isso”.

Adelmo disse que Caxias está sendo contemplada com mais 26 leitos, sendo 10 de UTI e 16 leitos de enfermarias. “São ações fortes para a nossa cidade e nossa região, o que nos deixa muito felizes”, disse ele, agradecendo a parceria dos secretários Márcio Honaisser, pela construção do Restaurante Popular, Diego Galdino, pela construção do Parque Ambiental, e Carlos Lula, por ter possibilitado a ampliação dos leitos de Covid, além da deputada Cleide Coutinho.

Hospital de Campanha

Roberto Costa elogiou o governo, com ênfase à importância da abertura do novo Hospital de Campanha de Bacabal, na última segunda-feira (29), uma obra em parceria do Governo do Estado com a Prefeitura, que atenderá toda a região. Segundo ele, com o Hospital de Campanha, Bacabal ganhou mais 30 leitos de Enfermaria e cinco de UTI.

“Isso é uma vitória importante para a população de Bacabal e de toda região do Médio Mearim. Faço um agradecimento muito especial ao governador Flávio Dino, ao secretário de Saúde, Carlos Lula, que quando procurou a parceria com o prefeito Edvan Brandão, por meio de nossa pessoa, foi extremamente aberto no sentido de compreender a necessidade da ampliação desses leitos, e ao Governo do Estado, que deu total suporte para que Prefeitura de Bacabal pudesse fazer a abertura desse novo Hospital de Campanha”, afirmou Roberto Costa.

O deputado Antonio Pereira também elogiou as medidas do governador Flávio Dino em relação à pandemia. Segundo ele, em Imperatriz, nos últimos três dias, houve uma redução na taxa de ocupação dos leitos no Hospital de Campanha, de 98% para em torno de 65%. “Isso demonstra que as medidas tomadas pelo governador Flávio Dino, o secretário Carlos Lula e as autoridades sanitárias do Estado do Maranhão têm tido e têm dado resultados à sociedade”.

Unidades de Saúde

Wendel Lages, por sua vez, agradeceu ao governador Flávio Dino e ao secretário Carlos Lula pelo trabalho do governo realizado em todas as unidades de saúde na cidade de Itapecuru, pela reativação da ala de Covid, com 18 leitos dedicados ao tratamento da doença, e a anunciada ampliação do Hospital Regional Adélia Matos, que atende mais de 10 municípios na região, que ganhará 32 novos leitos.

Na mesma linha dos seus colegas de Parlamento, o deputado Zé Inácio subiu à tribuna para parabenizar o governador Flávio Dino pela implantação dos auxílios financeiros a diversos segmentos, durante a pandemia, bem como pelo adiamento do pagamento de ICMS, que beneficiará cerca de 130 mil pequenas e micro empresas no estado do Maranhão.

Zé Inácio parabeniza governo do estado pela criação de auxílios para enfrentamento à pandemia.


Em discurso, durante sessão remota da Assembleia, o deputado Zé Inácio(PT) parabenizou as ações divulgadas e determinadas pelo Governador Flávio Dino na última semana.
"Quero destacar e parabenizar o Governador por essas iniciativas, que tem sido em defesa da população maranhense nesse momento crítico de pandemia que nós estamos vivenciando. E dizer a importância de auxílios como vale gás, o auxilio combustível, que vai atender moto taxistas, taxistas, motoristas de Uber, também o auxílio para atender trabalhadores do setor do turismo e entre vários outros auxílios do Governo do Estado", disse.

O parlamentar também deu destaque ao adiamento do pagamento do ICMS para micro e pequenas empresas, beneficiando cerca de 130 mil empresas.

Também foram anunciados pelo governo do estado os auxílios:
- Auxílio Emergencial para trabalhadores do setor de eventos, parcela única de R$ 600.

- Auxílio Emergencial para guias de turismo e empresas de transporte turístico, parcela única de R$ 600 e R$ 1000, respectivamente.

O governo do estado também já havia destinado auxílio emergencial para o setor da cultura e de bares e restaurantes.
Para o segmento cultural foi pago auxílio no valor de R$ 600,00 e de R$ 1000,00 para bares e restaurantes.

terça-feira, 30 de março de 2021

Baixa renda: Saiba como proceder para aderir à Tarifa Social de Energia Elétrica


Facilidades indispensáveis para quem precisa de alternativas na hora de economizar e pagar a conta de energia
Em virtude do cenário atual da pandemia da Covid-19, o Grupo Equatorial permanece sensível para todos os segmentos da sociedade brasileira, principalmente na garantia da continuidade do serviço de distribuição de energia elétrica, tão essencial para a população. E diante disso, a companhia reforça a comunidade os serviços e facilidades de pagamento que estão em vigor e que são indispensáveis para quem precisa de alternativas na hora de economizar e pagar a conta de energia.

Tarifa Social de Energia Elétrica – É um programa do Governo Federal que dá até 65% de desconto na conta de luz das famílias de baixa renda. No Maranhão já são mais de 900 mil famílias beneficiadas. Somente no ano passado, a Equatorial aumentou em 24% o número de clientes aptos para receber o benefício da tarifa social. Dentre os esforços realizados pela empresa, destacam-se a possibilidade do cadastramento pelo WhatsApp de novos clientes nessa classe, além de realização de campanhas junto aos municípios e desenvolvimento de ferramentas que integram informações e facilitam o cadastramento, com o intuito de garantir que as famílias que fazem jus à tarifa social possam usufruir do benefício.
Por isso, a Equatorial traz as orientações para que os clientes saibam como se cadastrar para ter o direito de usufruir do beneficio da tarifa social:

Os cadastros devem ser iniciados nos Centros de Referência em Assistência Social – CRAS, onde os potenciais beneficiários devem se dirigir com documentação pessoal para cadastrar seu NIS. Quem possui o NIS atualizado, já pode se dirigir à segunda etapa do cadastro, buscando um dos canais de atendimento da Equatorial Maranhão para solicitar adesão à Tarifa Social. Para saber se você tem o NIS ou se ele ainda está ativo, ligue para a Central de relacionamento da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social: 0800 707 2003.

Os canais de atendimento para cadastro na TSEE, para clientes que já possuem o NIS ativo são: WhatsApp (Assistente Virtual Clara) – (98) 2055-0116; Site: www.equatorialenergia.com.br; Central 116; Postos de Atendimento presencial da Equatorial Maranhão e APP Equatorial.

Facilidades de pagamento - Aos clientes que não se enquadram como baixa renda, a Equatorial também oferece condições especiais, que variam de acordo com o perfil e sua capacidade de pagamento. Os clientes podem fazer o parcelamento das contas pendentes em até 12 vezes no cartão de crédito no site www.equatorialenergia.com.br. Na Agência Virtual, é preciso acessar o menu “Solicitação de Serviço”, informar o código da conta de energia e o CPF do titular e selecionar a opção parcelamento.



 
 

Flávio Dino: estamos na fronteira do que é compatível com a democracia




As incertezas advindas da renúncia dos comandantes das três Forças Armadas, os ataques contínuos de Bolsonaro aos governadores e a carta destes aos três poderes da República foram tema de entrevista concedida pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, ao canal Band News nesta terça-feira (30).

Ao ser questionado sobre a insegurança dos governadores — na segunda-feira (29), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que se mudará para o Palácio dos Bandeirantes por medida se segurança e, bolsonaristas estimularam motim na PM após a morte de soldado em Salvador — Flávio Dino destacou: “Não é que tenhamos medo de oposição; agora, oposição violenta, que mente e que está armada por conta dos decretos do presidente da República, que autoriza que as pessoas comprem fuzis, metralhadoras, revólveres, de fato, isso é muito perigoso”.

Em seguida, o governador acrescentou: “Estamos no limiar, na fronteira daquilo que é compatível com a democracia e volto a destacar que tenho confiança nas Forças Armadas. E acredito que mesmo com essa intervenção inusitada, as Forças Armadas não vão embarcar numa aventura de ficarem estigmatizadas como serviçais de um projeto de poder fracassado”. Flávio Dino disse ainda: “acho que as Forças Armadas não vão cumprir o papel de serem executoras de políticas equivocadas, emanadas da Presidência da República”.

Ao analisar o caráter autoritário do governo Bolsonaro, Flávio Dino colocou: “O ministro pensa diferente, é demitido; o Supremo, tentaram fechar; o Congresso, tentam subordinar e agora, as Forças Armadas e daí o ódio aos governadores. O ódio aos governadores é o ódio ao diferente; porque desde o início da pandemia, dissemos: ‘isso é uma coisa grave, séria; não é gripezinha’. E aí surgiram essas divergências que estão aí dramaticamente expostas. E quem perde é o povo brasileiro”.

Ao falar sobre a carta aberta assinada por 16 governadores — entre os quais o próprio Flávio Dino — e tornada pública nesta segunda-feira (29), o governador declarou: “A carta é um convite a que os chefes dos poderes da República consigam, de algum modo, um pacto nacional. Até agora, não temos. Temos essa espécie de guerra eterna conduzida pelo próprio presidente da República, inclusive contra a sua própria equipe, o que é algo absolutamente inusitado”.

Assista a íntegra da entrevista:

Presidente da Famem vai à luta pela realização do Censo 2020

O presidente da Famem e prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier, está apreensivo com a realização do Censo Demográfico pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE.

Por falta de recursos o levantamento poderá ser adiado. Pelo planejamento regular, o censo deveria ter ocorrido no ano passado, mas foi suspenso devido a pandemia do novo coronavírus.

No início deste ano, Erlanio Xavier firmou protocolo de intenção com a superintendência regional do IBGE para colaborar com a realização do censo no estado do Maranhão.

Além da mobilização dos gestores, a Famem viabiliza suporte material para realização do trabalho.

Por meio do censo é calculado o Fundo de Participação dos Municípios, FMP, principal fonte de recursos de quase todas as cidades do país.

Com a eventual suspensão do levantamento demográfico, haverá congelamento dos valores do fundo, prejudicando assim ainda mais as finanças dos municípios que tiveram queda de arrecadação e nos repasses de recursos constitucionais.

“Endossamos a luta da confederação Nacional dos Municípios para que o Censo 2020 seja efetivado em tempo hábil e com o rigor técnico exigido. Sem os parâmetros que o levantamento oferece para todas as políticas públicas, a gestão das cidades se torna quase inviável”, ressalta o presidente da Famem.

Os coeficientes estão congelados por força de Lei Complementar aprovada em 2019, na perspectiva de que a atualização dos dados fosse realizada no ano subsequente. O presidente da Famem aponta crescimento de despesas correntes em decorrência do evidente aumento da população.

Segundo o presidente, as despesas também aumentaram devido a pandemia que afeta vários setores da administração pública.

Como integrante da nova diretoria da CNM, Erlanio Xavier tem feito movimentos no sentido de conquistar apoio unânime da bancada maranhense tanto em âmbito estadual como federal para pressionar o Governo Federal a manter os recursos para realização do Censo em tempo hábil.

Rubens Jr garante nova unidade da Defensoria Pública em Parnarama




O deputado federal licenciado (PCdoB) e secretário de Articulação Política do Maranhão, Rubens Jr, garantiu, por meio de emenda parlamentar, uma nova unidade de atendimento da Defensoria Pública do Maranhão (DPE-MA) em Parnarama.

O novo núcleo será composto de estruturas modulares metálicas, contêineres. Para a implantação do novo modelo, e também para apoio da modernização do parque tecnológico da Defensoria, Rubens destinou R$ 300 mil. Com a aquisição de novos equipamentos, o que proporcionará melhores condições de trabalho aos defensores públicos e servidores e um atendimento mais eficiente aos assistidos.

O deputado do PCdoB destacou que esta iniciativa é mais uma forma do seu mandato ajudar a melhorar a vida dos maranhenses, garantindo mais direitos. “Independente de onde estivermos atuando, seja na Câmara dos Deputados, ou no governo Flávio Dino, como secretário, seguimos com o nosso propósito de contribuir para que o nosso povo tenha mais acesso aos serviços públicos”, detalhou Rubens.

Segundo o defensor-geral Alberto Bastos, a implementação dos novos núcleos garantirá uma grande economia ao erário. “Como os núcleos ecológicos são dotados de placas solares, também não teremos mais despesas com energia elétrica, alcançando os critérios de economicidade e sustentabilidade que nos propomos a implantar na DPE”, destacou.

Governo do Estado entrega equipamentos agrícolas a produtores maranhenses


Vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino na solenidade (Foto: Karlos Geromy)

Produtores rurais de vários regiões do Maranhão foram contemplados com equipamentos agrícolas diversos, integrando o programa Maranhão Forte, incluído na macro ação do Plano Emergencial de Empregos Celso Furtado. As entregas foram realizadas de forma simbólica, em solenidade virtual, na manhã desta terça-feira (30), no Palácio dos Leões. A cerimônia foi conduzida pelo vice-governador Carlos Brandão, representando o governador Flávio Dino, e contou com participação de prefeitos das cidades beneficiadas, secretários de Estado e deputados estaduais.

O vice-governador Carlos Brandão destacou os esforços do Governo do Estado na promoção de ações pelo trabalho, renda e reforço aos municípios. “É parte do programa de geração de emprego e renda, que vem sendo realizado pelo Governo e que tem contemplado as prefeituras, reforçando o viés parceiro do Estado com os municípios. Nada mais justo que, neste momento de dificuldades, o Governo intensifique essa parceria com as prefeituras, fortalecendo a agricultura familiar, pescadores e toda a cadeia produtiva”, frisou Brandão.

O titular da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca do Maranhão (Sagrima), Sérgio Delmiro, destacou a satisfação em realizar a primeira entrega aos municípios. “É um trabalho que vem sendo organizado e agora, concretizamos. Agradeço a todos que conduziram esse processo e que tornaram possível estarmos aqui, nesta cerimônia, atendendo diversas cadeias produtivas maranhenses. O governador Flávio Dino tem trabalhado arduamente para prestar todo suporte às cadeias produtivas, para que possam garantir sua produções, renda e trabalho, neste momento de pandemia”, frisa Delmiro.

Entre os contemplados estão cidades produtoras de diversos ciclos, incluindo a cadeia produtiva de mel, pesca e agricultura. Foram distribuídos kits de irrigação contendo micro aspersão, kit gotejamento e placa fotovoltaica; kits pesca com motor rabeta, colete, caixa térmica e redes; kit aquicultura contendo itens de unidade produtiva de ostra, depuradora de ostras, barco, motor e colete; para a agricultura, patrulhas completas com trator, grade e carreta; e equipamentos às unidades produtoras de mel, incluindo caminhão de mel.

“A importância desses equipamentos a um produtor rural é muito significativa. Espero que usufruam bem desses itens, para terem produções melhores às suas famílias. O Governo Flávio Dino vem enfrentando essa pandemia apoiando as prefeituras, ampliando o número de leitos, vacinando e fortalecendo a geração de empregos. Poucos estados fazem o que estamos fazendo e temos conseguido manter os empregos e a renda das famílias. O Governo está salvando vidas e gerando empregos”, enfatiza o vice-governador Carlos Brandão.
Prefeitos, deputados estaduais e secretários de Estado participaram da solenidade virtual (Foto: Karlos Geromy)

Os municípios beneficiados nesta etapa foram Nova Olinda com caminhão de mel; kits irrigação para São Bento, Governador Newton Belo, Viana, Centro do Guilherme, Igarapé do Meio; kit aquicultura para Araioses; kit patrulha às cidades de Satubinha, Estreito e Monção. O prefeito de Estreito, Léo Cunha, representando as cidades da regional, parabenizou a iniciativa. “Agradeço ao Governo por esse benefício que nosso município recebe e que será muito importante às famílias, para manter as atividades rurais e produtoras, nesse momento de pandemia”, disse.

Receberam kits pesca os municípios de Estreito, Viana, Alcântara, Bom Jardim, Nova Iorque, São Bento, Presidente Juscelino, Barra do Corda, Cachoeira Grande, Conceição do Lago Açu, Formosa da Serra Negra, Miranda do Norte, Morros, Porto Rico, Vitória do Mearim, São José de Ribamar, Serrano, Raposa, Chapadinha e Igarapé do Meio.

A deputada estadual Maria Deusdete Lima, a Detinha, destacou o trabalho parceiro do Governo com as prefeituras. “Parabenizo todo o Governo por essa iniciativa e estamos cada um fazendo nossa parte para que nosso estado melhore cada vez mais. Nesse momento difícil que passamos, de pandemia, no qual muitos prefeitos estão em dificuldade, precisamos de atenção e olhar especial. Assim, vamos conseguir mais avanços. Parabenizo a ação do Governo”, enfatizou.

Othelino destaca aprovação do auxílio emergencial a restaurantes, bares e ao setor cultural


Deputado Othelino Neto durante a sessão remota realizada nesta terça-feira

Após a sessão desta terça-feira (30), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), concedeu entrevista e destacou os projetos aprovados, entre eles a Medida Provisória 341/2021, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a concessão de auxílio emergencial aos estabelecimentos comerciais do setor de bares, restaurantes, lanchonetes e à área cultural. A matéria foi aprovada pelo Plenário da Casa, em sessão remota realizada nesta terça-feira (30). A MP segue agora para promulgação.

Othelino pontuou que o setor de bares e restaurantes foi um dos mais atingidos pelas restrições necessárias ao enfrentamento da pandemia do coronavírus. Por isso, segundo o parlamentar, a concessão do auxílio no valor de R$ 1.000,00, pago em cota única, dará um fôlego aos proprietários desses estabelecimentos comerciais, com a finalidade de contribuir para a manutenção dos postos de trabalho durante o período de suspensão do funcionamento, em virtude das normas sanitárias.

“Sendo assim, o Governo do Estado baixou uma Medida Provisória estabelecendo o auxílio emergencial para esses setores e a Assembleia, hoje, converteu essa MP em lei, dando a garantia de que aqueles que se habilitaram poderão receber o benefício”, afirmou Othelino.

Já os trabalhadores da cultura, anteriormente selecionados por meio das ações emergenciais (auxílio emergencial e editais da Secretaria de Estado da Cultura - SECMA) previstas na Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020 (Lei Aldir Blanc), terão direito a auxílio no valor de R$ 600,00, também pago em cota única.

Na Mensagem encaminhada à Assembleia Legislativa, o governador Flávio Dino justifica a urgência da matéria frente à necessidade de se adotar, com a maior brevidade possível, mais uma medida capaz de contribuir para o enfrentamento dos reflexos da pandemia da Covid-19 nos setores econômico e social do Estado.

Outras matérias

Durante a sessão remota, também foi aprovada a MP 342/2021, do Poder Executivo, alterando a Lei 7.799, de 19 de dezembro de 2002, que reduz o ICMS dos produtos.

Foi aprovado, ainda, o PL 050/2021, de autoria do deputado Dr. Yglésio (PROS), que dispõe sobre a aplicação de sanção administrativa à pessoa que se sobrepuser na ordem definida para os grupos prioritários, estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

Outro projeto aprovado foi o de número 263/2020, de autoria da deputada Daniella Tema (DEM), que obriga as farmácias a expor um cartaz da campanha ‘Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica no Maranhão’.

Ainda na sessão desta terça-feira, foi aprovado o PL 332/2020, de autoria do deputado Rafael Leitoa (PDT), que dispõe sobre o funcionamento de academias de musculação e demais estabelecimentos de condicionamento físico, iniciação e prática esportiva, de ensino de esportes e de recreação esportiva.

segunda-feira, 29 de março de 2021

Caxias terá Restaurante Popular com capacidade para servir 1.000 refeições diárias

 

Ordem de Serviço para construção do Restaurante Popular foi assinada no Palácio dos Leões (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), assinou, nesta segunda-feira (29), a Ordem de Serviço para construção do Restaurante Popular no município de Caxias. Este será o 56º equipamento de segurança alimentar no estado. 

Durante a solenidade, o secretário da Sedes, Márcio Honaiser, ressaltou que o Restaurante Popular irá beneficiar não só a população de Caxias, mas também centenas de pessoas dos municípios circunvizinhos.

“Parabéns ao governador Flávio Dino que mais uma vez teve a iniciativa em levar a segurança alimentar para quem mais precisa. Este novo equipamento de segurança alimentar será de grande importância para cidade de Caxias e municípios vizinhos”, pontou Márcio Honaiser.

Segundo o governador Flávio Dino, o Maranhão terá a maior rede de Segurança Alimentar, em números absolutos, ainda este ano. Atualmente, o Maranhão possui 55 equipamentos de segurança alimentar em funcionamento, são 53 restaurantes e 2 cozinhas. A previsão é que, até o final do ano, este número chegue a 62.

“O secretário Márcio Honaiser terá a missão, neste ano, de implantar a maior rede de segurança alimentar em nosso estado. Esse será o maior legado em dignidade que iremos deixar, a partir do direito de acesso à alimentação”, declarou Flávio Dino.

Também participaram da solenidade, parte do secretariado estadual, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil; a deputada estadual Cleide Coutinho e o deputado estadual Adelmo Soares. A meta do Restaurante Popular da cidade de Caxias é ofertar 1.000 refeições diárias.

Nota de Pesar - Jornalista Rosenira Alves


A Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento da jornalista Rosenira Alves, aos 60 anos, na tarde desta segunda-feira (29), em São Luís.

Rosenira, atualmente, assinava a Coluna Vip do Jornal Pequeno, veiculada aos domingos, e também atuava nas mídias digitais.

Em São Luís, a jornalista, nascida no Piauí, passou também por jornais como O Debate e Atos e Fatos. Atuou como assessora na Câmara Municipal de São Luís e promovia vários eventos sociais na capital maranhense, a exemplo da Feijoada Vip.

Neste momento de dor, prestamos condolências aos familiares, amigos e colegas de profissão de Rosenira, desejando-lhes força para superar tão grande perda.

Edwin Jinkings

Diretor de Comunicação

Sílvia Tereza Pereira
Diretora Adjunta de Comunicação

SUSTENTABILIDADE: TVN ADOTA FATURA DIGITAL À PARTIR DE ABRIL


Eliminação de papel e do atraso no recebimento das contas estão entre as vantagens

A TVN está comprometida em fazer a sua parte para ter uma gestão cada vez mais eficiente e sustentável, e à partir desse mês de abril, comunica a todos os clientes que deixará de emitir faturas impressas, passando a adotar para todos a fatura digital, que será enviada pelo email de cada cliente na data do seu vencimento.

No total, deixarão de ser impressas 37.000 faturas, o que corresponde a uma enorme economia de papel e um grande benefício para o meio ambiente.
Mais sustentabilidade e respeito ao meio ambiente além de comodidade para o cliente com a adoção da fatura 100% digital pela TVN.

Além do uso consciente dos recursos naturais, a fatura digital traz ainda diversas vantagens para o cliente a exemplo de não haver mais extravios ou atrasos na entrega das mesmas, pois agora será sempre entregue através do email fornecido pelo cliente. A versão digital da fatura apresenta o mesmo formato e as mesmas informações da versão impressa anterior. E poderá ser paga com o código de barras, sem necessidade de impressão pelo cliente.

A tendência com essa prática é também diminuir a inadimplência e o pagamento de juros por atraso desnecessários. As possibilidades de esquecimento, atraso ou perda da fatura são significativamente menores, já que o consumidor que acessa seu email regularmente será automaticamente lembrado ao receber a fatura digital. O cliente TVN ajuda o meio ambiente e se organiza melhor com essa nova modalidade.

Além dessa comodidade a fatura estará disponível no site www.tvn.com.br a partir do dia 20 de cada mês, anterior ao mês do vencimento, podendo ser paga via cartão de crédito no próprio site da TVN ou, na sua sede na Av. Colares Moreira, 1005 – São Francisco.

Aprovado na Câmara, Programa Pró-Leitos é relatado por Weverton no Senado


O senador Weverton (PDT-MA) é o relator do Projeto de Lei 1.010/2021, que cria incentivo para empresas contratarem leitos clínicos e de UTI da rede privada de saúde em favor do Sistema Único de Saúde (SUS) para atender pacientes com covid-19. Em troca da contratação, os valores gastos poderão ser deduzidos do Imposto de Renda de 2021 pelas empresas que declaram o imposto na modalidade lucro real.

“Esta é uma proposta muito importante, em especial em um momento como este. Faltam insumos nos hospitais e muitas pessoas estão morrendo à espera de um leito de terapia intensiva. Não podemos aceitar que pessoas morram por falta de leitos de UTI em locais em que há hospitais privados com leitos vagos”, afirmou o parlamentar.
Aprovado pela Câmara dos Deputados, o texto será analisado pelo Senado Federal. De acordo com a proposta, o gestor local do SUS deverá atestar a disponibilidade do leito, a ser usado de acordo com as necessidades sanitárias específicas de cada ente federativo.Caberá ao Poder Executivo estimar o total de renúncia fiscal e acomodar a despesa na lei orçamentária deste ano.
“Vamos trabalhar por uma aprovação rápida aqui no Senado. Nossa prioridade é salvar vidas”, ressaltou Weverton.

Número de leitos
Em um ano de pandemia, a rede de atendimento intensivo foi ampliada em 25.186 unidades registradas no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde do Brasil, o que representou um aumento de 61%. Com isso, o país passou a contar com 66.497 leitos de UTI registrados em janeiro de 2021, ante 41.311 em fevereiro de 2020.
Os últimos números da pandemia, no entanto, já apontam para uma sobrecarga no sistema de saúde público e privado. Vários estados apresentam um quadro de colapso hospitalar, com dificuldade para atender todos os pacientes de covid-19 que precisam de leitos de UTI.

Flávio Dino: Poder para servir



Completamos mais de um ano de incontáveis batalhas nesta grande luta que é o enfrentamento ao coronavírus. A semana que hoje se inicia é marcada por dias de máxima relevância à fé cristã, quando rememoramos a Páscoa e tantas reflexões deixadas ao povo por Jesus Cristo. A começar deste domingo, conhecido como Domingo de Ramos, quando lembramos o ato tão simples e representativo de Jesus, ao entrar em Jerusalém, montado em um jumentinho, sem qualquer luxo. Por meio dessa cena, como em diversas outras ocasiões, somos despertados à consciência da necessária humildade no exercício de qualquer cargo, ofício ou profissão.

Cristo sabia de sua missão para a humanidade. E, apesar de sua plena convicção do poder que estava em Suas mãos, o maior exemplo que Ele nos deixou foi ter sido um servo obediente e justo. Foi o Filho de Deus que lavou os pés dos seus discípulos (João 13). Em Mateus 20:26, Jesus ressalta que “quem quiser tornar-se importante deverá ser servo”. O que devemos ter em mente é que o poder constituído por Deus a nós, servidores públicos eleitos para governar, deve constituir-se, primeiramente, do servir. Poder para servir.

Infelizmente, essa compreensão do real significado de serviço público nem sempre está presente no Brasil. Alguns governantes bradam que colocam o povo acima de tudo, mas vivem uma realidade paralela: seus privilégios, negócios corruptos e interesses pessoais primeiro. Uma irresponsabilidade imensurável que leva o país a ser epicentro da maior pandemia da história, sendo reconhecido como risco ao mundo. Ao povo brasileiro, sobrou um cenário de desesperança e medo.

Neste terrível contexto, tenho reafirmado dia a dia a decisão de ter uma vida pública firmada no exemplo de Jesus Cristo. Mesmo vivendo o maior desafio da minha vida profissional, como servidor público há 32 anos, eu tenho muita honra de servir ao povo do Maranhão. É uma missão extremamente complexa, mas me amparo na convicção do servir para prosseguir. Mais do que mero dever legal, entendo que servir é prova de amor ao próximo.

Completamos mais de um ano de incontáveis batalhas nesta grande luta que é o enfrentamento ao coronavírus. Muitos dias de lágrimas, sim. Sinto a dor de tantas famílias que já perderam pessoas para essa terrível doença. Mas vivemos também dias de fé e de convicção que com o trabalho conjunto de tantos profissionais, especialmente os da área da saúde, destinado a cuidar e salvar vidas, vamos vencer. Continuaremos na incansável busca por mais e melhores condições de atendimento hospitalar e, principalmente, pela conquista de mais vacinas para nosso Estado.

Convido a todos que, nesse período de reflexão, nos dediquemos à oração, para que Cristo continue a proteger o Maranhão, fortalecer os nossos profissionais de saúde e restaurar os doentes. Jesus nos garante que “tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão” (Mt 21:22). Confiemos nessa promessa de Jesus Cristo, e vivamos dias de mais fé e serviço.

Governador anuncia parque, praça, restaurante popular e expansão de prédio da UEMA em Caxias

 

Governador Flávio Dino assina ordem de serviço para obras em Caxias (Foto: Karlos Geromy)

Implantação de um Parque Estadual, uma Praça da Família, um Restaurante Popular e a expansão do prédio de Ciências da Saúde da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) integram pacote de ações do Governo do Estado, beneficiando a cidade de Caxias. As obras infraestruturais foram anunciadas pelo governador Flávio Dino, em solenidade no Palácio dos Leões, na manhã desta segunda-feira (29). 

“Um governo existe para servir e a simplicidade é o indício do bom governo”, citou o governador Flávio Dino, em referência ao momento de comemorações da Páscoa. “Para que haja esperança é preciso que haja comunhão e partilha. Enalteço o esforço coletivo que tornou possível este momento. Algo que é extraordinário, conseguir investir na saúde pública e olhar outras esferas de gestão, neste cenário delicado de pandemia. Além dos investimento assinados hoje, estamos em parceria com a prefeitura na promoção de obras na saúde, que ficarão como legado ao município”.

Na ocasião, o governador assinou as ordens de serviço para a execução de obras de construção de uma praça com playground, área de caminhada e outros itens, integrando o programa Praça da Família, e do Parque Estadual, que servirá como ponto de caminhada, convivência e preservação ambiental. Foi autorizada ainda a implantação de unidade do Restaurante Popular e lançado o edital de licitação para ampliação do prédio do Ciências da Saúde da UEMA.

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, enfatizou que o governador Flávio Dino dá uma demonstração ao Maranhão e a todo o Brasil. “Mesmo diante de uma pandemia, o Governo do Estado permanece cuidando de todos os maranhenses e realizando ações em todas as áreas. Com essa atitude, o governador ajuda não só Caxias, mas todas as regiões vizinhas. Agradeço e enalteço ao governador, a implantação de 26 leitos de UTI e de retaguarda, que salvarão muitas vidas neste momento de pandemia. Agradeço em nome de toda nossa população”, disse.

A solenidade foi marcada pelo lançamento do edital de contratação da empresa especializada nos serviços de ampliação do prédio de Ciências da Saúde da UEMA. O investimento para os serviços é da ordem de R$ 9,5 milhões. O vice-reitor da UEMA, Walter Canales, representando o reitor da instituição, Gustavo Pereira, pontuou o momento especial para a universidade. 

“Representa o início da concretização de um sonho, que data de 2017, quando conversamos sobre a ampliação das vagas nos cursos de Medicina. O primeiro passo, demos com projetos para esta obra, agora lançada. Com este sonho concretizado, será possível ampliarmos as vagas. Só me resta agradecer ao senhor governador, no investimento acertado na educação do superior e na área de saúde do Maranhão”, destacou Walter Canales.

A ampliação do prédio do Centro de Ciências da Saúde da UEMA contará com laboratórios de habilidades médicas e morfofuncional, ambulatório, 14 salas de aulas, auditório para 120 pessoas e a instalação do Instituto Médico Lega (IML). Com a obra, a instituição vai passar de 35 para 100 o número de vagas, no ano, em Medicina. 

Governador Flávio Dino, secretários, prefeito de Caxias, Fábio Gentil, a deputada Cleide Coutinho, o deputado Adelmo Soares e o vice-reitor da UEMA, Walter Canales (Foto: Karlos Geromy)

“O prédio da universidade teve o plano paralisado por questões políticas e hoje, concretizado pelo governador Flávio Dino. As obras anunciadas hoje são de extrema importância para a cidade e vão atender diversas demandas da população”, enfatizou a deputada estadual Cleide Coutinho.

O Restaurante Popular terá grande alcance social, possibilitando alimentação nutritiva e de qualidade, a baixo custo para quem mais precisa. O programa é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes). “É com muita felicidade, nós que somos da base de Caxias, ver o município, mais uma vez, sendo contemplada pelo governador Flávio Dino. É um momento histórico e importante aos caxienses”, destacou o deputado estadual Adelmo Soares. 

Participaram ainda da cerimônia, o vice-governador Carlos Brandão; os secretários de Estado de Governo (Segov), Diego Galdino, de Assuntos Políticos (Secap), Rubens Jr, de Desenvolvimento Social (Sedes), Márcio Honaiser, e do Turismo (Setur), Catulé Junior; além do deputado Adelmo Soares.