segunda-feira, 31 de maio de 2021

Governo implanta sistema que facilita acesso da população de rua aos Restaurantes Populares


A partir do dia 1º de junho, todos os 360 moradores em situação de rua terão acesso aos Restaurantes Populares, em São Luís, somente por meio de “pulseiras de acesso”. O novo sistema foi apresentado nos restaurantes da Liberdade e João de Deus. A apresentação do novo formato foi realizada pela secretaria adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvidia Caldas, e pelo gestor dos Restaurantes Populares (Sedes), Gilmárcio Chaves.

A secretária adjunta Lourvidia Caldas destaca que a medida, além de facilitar o acesso, vai permitir maior controle na distribuição.

“Sabemos que este tipo de ação é fundamental, principalmente neste momento de pandemia que vivemos. A pulseira de identificação vai facilitar o trabalho de distribuição do alimento”, disse Lourvidia Caldas.

Cerca de 360 moradores de rua, assistidos numa parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes) e o Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), terão direito à “pulseira de acesso”. Com o acessório (pulseira), poderão frequentar qualquer um dos Restaurantes Populares de São Luís e fazer a retirada gratuita das duas refeições às quais têm direito (almoço e jantar), garantindo alimentação diária de forma saudável e nutritiva.
Novo sistema foi apresentado nos restaurantes da Liberdade e João de Deus

Um dos assistidos pelo Centro Pop, Marcos Antônio Costa Borges, fala da importância da implementação de medidas que ajudem a organizar o atendimento e a qualidade dos serviços ofertados nos Restaurantes Populares.

“A mudança da carteira para pulseira é uma forma de organizar melhor a nossa entrada nos restaurantes. Eu acho muito importante as melhorias, porque muitos dos colegas perdem seus documentos com muita frequência, e isso dificulta o acesso na hora das refeições. Com as pulseiras vai ficar mais fácil o acesso”.

O titular da Sedes, Márcio Honaiser, enfatiza que esta é mais uma ação da secretaria, no sentido de atender as pessoas em extrema vulnerabilidade. “Estamos trabalhando diuturnamente, no sentido de fazer chegar às pessoas em situação mais vulnerável a ajuda necessária para atravessar este grave período que vivemos”, disse Márcio Honaiser.

De acordo com o gestor do Restaurantes Populares, Gilmárcio Chaves, essa ação facilita não só o acesso, como também a qualidade do serviço ofertado a esse grupo.

“A partir do dia 1º de junho, estaremos implantando o sistema de ‘pulseira de acesso’, facilitando, assim, a entrada da população de rua nos restaurantes e garantindo um fluxo melhor dentro dos equipamentos”, explicou Gilmárcio.

Atualmente, os 360 moradores em situação de rua, atendidos pelo Centro Pop, têm acesso aos Restaurantes Populares, através de uma carteira de identificação confeccionada e distribuída pela Sedes.

Saiba a Importância da Vaga De Trainee em uma Empresa


Ângelo Lorenzo - Gerente Corporativo de Estudos e Desempenho da Operação da Equatorial MA que começou a sua carreira como trainee.
Participar de programas que buscam novos talentos, principalmente quando se é recém-formado, pode ser uma grande oportunidade para quem está em busca de oportunidades de ingressão no mercado de trabalho. Programas de trainee são formas de alcançar esse objetivo. Pessoas de todo o país almejam uma oportunidade como essa e se inscrevem para concorrer a vagas que exigem por vezes mudança de cidade, e muita dedicação para se diferenciar dos concorrentes nas etapas de classificação.

Foi o que o Ângelo Lorenzo fez em 2012, logo que estava concluindo a graduação de Engenharia Elétrica pelo Instituto Federal da Bahia, em Vitória da Conquista. Vindo do interior da Bahia, ele identificou que o programa de trainee seria uma oportunidade de conquistar uma vaga numa grande empresa, independentemente de onde ele viria. Ele se inscreveu em programas de diversos lugares do Brasil, concorrendo de igual para igual e buscando como engenheiro eletricista se encaixar no mercado de trabalho.

“Como se trata de um processo seletivo grande, há muitas etapas online onde você precisa se classificar para poder avançar e chegar a algumas etapas presenciais. Então, nesse processo não interessava muito de onde você era, você era igual a todos os outros candidatos, o importante era demonstrar para os avaliadores como você poderia agregar para a empresa, e o fato de eu ter vindo do interior não me colocava em desvantagem, então o trainee me deu essa oportunidade”, destacou Ângelo.

Entendendo que faria muito sentido para sua profissão, atuar dentro de uma distribuidora de energia elétrica, que estava em amplo crescimento, o Engenheiro Eletricista se identificou com os valores do Grupo Equatorial, e mesmo conseguindo aprovação para vários programas, Ângelo decidiu vir para o Maranhão e dar início à sua carreira como trainee em terras maranhenses. “Entrar no Programa de Trainee para mim foi uma experiência muito enriquecedora, pois quando você sintetiza como é formada uma empresa entende que ela é basicamente um conjunto de pessoas e processos, e o grande diferencial do programa é justamente porque você tem a oportunidade de conhecer a fundo todos os processos da empresa e também tem contatos com muitas pessoas, assim fica muito mais fácil desenvolver uma visão sistêmica da organização entender como tudo começa até chegar no produto final.”, relatou Ângelo.

Ao longo desses quase 10 anos de carreira dentro do Grupo Equatorial, ele teve a oportunidade de mostrar por meio da sua dedicação ao trabalho, a sua capacidade profissional. Após a conclusão do programa de trainee, Ângelo assumiu o cargo de Líder de Operações, posteriormente se tornou Executivo de Operações e depois Gerente de Operações da Equatorial Maranhão. Recentemente, foi convidado a assumir o cargo de Gerente Corporativo de Estudos e Desempenho da Operação, função que atua em todo o Grupo Equatorial. “Nós, que trabalhamos em distribuidoras de energia, um serviço tão essencial, somos muito privilegiados porque conseguimos enxergar os frutos do nosso trabalho o tempo inteiro. Eu fico feliz em saber que quando nós desempenhamos a nossa função a sociedade progride, o estado se desenvolve, nós conseguimos gerar emprego e garantir outros serviços básicos como saúde e educação. Essa condição nos permite perceber com clareza o propósito da organização, o qual transmitimos aos trainees, esperando que eles venham para somar com diferentes visões que gerem reflexão e melhorem nosso desempenho”, enfatizou Ângelo.

Programa de Trainee da Equatorial Energia:

O Programa de Trainee 2021 da Equatorial Energia está com vagas abertas para as quatro distribuidoras do grupo: Maranhão, Pará, Piauí e Alagoas, além de vagas em Diretorias Corporativas. As inscrições podem ser realizadas através do site https://equatorialtrainee.across.jobs/ até o dia 06 de junho. Os candidatos interessados em participar da seleção devem ter, no máximo, dois anos de graduado nas seguintes áreas: Engenharias (Elétrica, Eletrônica, Energia, Mecatrônica, Telecomunicações, Mecânica, Computação, Controle e Automação, Manutenção Produção), Administração, Economia, Contabilidade, Ciência da Computação, Sistema de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Tecnologia da Informação.

Para fazer do programa, que tem início previsto para agosto deste ano, é desejável que o candidato tenha inglês intermediário e, é essencial que tenha mobilidade para trabalhar nas cidades de interior dos estados de atuação do Grupo. Podem participar do processo seletivo os formados entre julho de 2019 e julho de 2021.

A Analista de Desenvolvimento de Gente da Equatorial Maranhão, Luiza Neves, explica que o programa de formação de trainee do Grupo Equatorial terá duração de 6 meses. “Nós desenhamos uma formação com muito carinho para esses trainees, considerando o cenário e o contexto que o mundo está vivendo, fizemos uma formação otimizada, e o que antes acontecia entre 9 meses e um ano, agora nessa formação de 2021 vai durar 6 meses. Sendo que durante 4 meses os trainees irão conhecer a empresa, as distribuidoras e as regionais”, explicou Luiza. Em paralelo a isto passarão por rodízios dentro da empresa onde terão a oportunidade de conhecer um pouco de cada área, identificar e sugerir melhorias em processos. Além disso, passam por capacitações e treinamentos que contribuirão para o desenvolvimento de competências essenciais, preparando-os para atividades desafiadoras dentro da Companhia, seja em futuras lideranças ou posições estratégicas. Ao final do programa deverão desenvolver e apresentar um projeto de melhoria para a Diretoria do Grupo e serão direcionados para as áreas com oportunidade de atuação na empresa.

 

Terminal Portuário de São Luís recebe certificado da norma ISO 14.001



A iniciativa demonstra o compromisso da VLI com o meio ambiente

O Terminal Portuário de São Luís (TPSL), administrado pela VLI - empresa de soluções logísticas que integram terminais, ferrovias e portos – e localizado no Maranhão, recebeu a recomendação para certificação da norma ISO 14.001/2015.

A ação demonstra o compromisso da companhia com o meio ambiente. A certificação na referida ISO tem como principal objetivo a implementação de um sistema de gestão ambiental possibilitando que a organização, independentemente do seu porte, desenvolva práticas sustentáveis em seus negócios, produtos e serviços.

A unidade passou por uma auditoria realizada por uma empresa externa, acreditada junto ao INMETRO que determinou que a Companhia estava pronta certificar na ISO 14.001/2015. Segundo o analista ambiental do TPSL, Rafael Meireles Pinto, a certificação é importante para que o sistema de gestão ambiental se desenvolva em uma estrutura de proteção ao meio ambiente, respeitando, assim, as futuras gerações.

De acordo com a supervisora de Meio Ambiente da VLI, Fernanda Evangelista, a certificação no TPSL fortalece o conceito de sustentabilidade na companhia, demonstra o comportamento da empresa na gestão dos impactos ambientais, promovendo mudanças de cultura frente aos empregados e sociedade.

A analista de Meio Ambiente da VLI, Roberta Andrade, ressalta que o recebimento do certificado afirma o compromisso, ética e credibilidade com os stakeholders da empresa, resultando em uma gestão ambiental mais eficiente e sustentável para o negócio. “Por ser uma norma reconhecida internacionalmente, pode nos tornar mais competitivos no mercado, uma vez que a companhia demonstra a gestão dos impactos no meio ambiente e sociedade”.

Ela destaca que o intuito da VLI é expandir a implantação da ISO para outras unidades, “a fim de fortalecer a gestão ambiental e a sustentabilidade das nossas operações”. O gerente operacional do TPSL, Fabrício Scarpatti, diz que a norma fortalece e reforça a importância dos empregados nos indicadores de custos, redução de riscos e melhoria no desempenho da organização.

O Terminal Integrador Portuário Luiz Antonio Mesquita (Tiplam) – também administrado pela VLI e localizado na baixada santista – foi o primeiro da companhia a ser certificado.

O TPSL

Com quatro silos e dois armazéns com capacidade estatística total para 200 mil toneladas, um píer de atracação com 280 metros de comprimento e 18 metros de profundidade, o Terminal Portuário de São Luís faz operações com soja, milho, manganês, ferro gusa e farelo de soja.

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Zé Inácio destaca a importância da eleição de Lula e a unidade partidária em torno de uma candidatura ao governo sob a liderança de Flávio Dino


O deputado estadual Zé Inácio (PT), vice-líder da bancada do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA), concedeu entrevista a um veículo de comunicação local, onde destacou pontos significativos da conjuntura local e nacional. Um dos pontos foi a importância do retorno do presidente Lula ao palácio do planalto em 2022, e a unidade em torno de uma só candidatura ao governo do Maranhão, liderada pelo governador Flávio Dino. Membro da direção nacional do PT, Zé Inácio foi categórico: “Estaremos com o candidato de Flávio Dino em 2022”. Neste sentido, o líder petista garantiu que o partido não terá candidatos majoritários nas próximas eleições.
“Considerando que fazemos parte da base liderada pelo governador Flávio Dino, há uma possibilidade de candidatura a vice ou de composição na chapa de Senado”, pondera. “O importante é termos uma aliança e palanques para garantir a vitória das forças progressistas representadas pela candidatura de Lula”, explica. Com um representante na Câmara Federal e outro na Assembleia Legislativa, o PT maranhense vai se concentrar na campanha proporcional na expectativa de eleger dois deputados federais e três estaduais." Zé Inácio disse ainda que o PT do Maranhão precisa construir um ambiente político de maior unidade para que possa ter projetos políticos, não só com o objetivo de fortalecer o PT nos parlamentos tanto municipal, estadual como também na Câmara Federal. Um projeto político que possa olhar para frente com a perspectiva de também, assim como em outros estados próximos, como o Pará e o Piauí, possa governar o estado. Sobre as diferenças internas o deputado falou que não foi o motivo que fez com que o PT no Maranhão não avançasse na construção de um projeto político, Foi sem dúvida o interesse em torno do projeto nacional de 2002 pra cá, somado à política ampla de aliança que foi feita pelo PT naquela conjuntura para garantir que o presidente Lula fosse eleito, faz com que o interesse nacional se sobreponha ao interesse dos estados, no sentido de que o partido pudesse ser muito mais forte. E para isso é preciso focar no plano nacional que é eleger Lula presidente. A eleição de Lula está em primeiro plano, isso para o PT de um modo geral. O segundo objetivo do partido no plano nacional é eleger o maior número possível de deputados federais e depois, logicamente, eleger governadores onde nós governamos para que a gente possa manter alguns estados governados pelo PT. E o mais importante de todos é combater a pandemia que matou centenas de milhares de pessoas com o negacionismo do atual governo. O deputado concluiu que “O meu compromisso como deputado da base, como liderança do PT na Assembleia Legislativa é o compromisso de construir e fazer a defesa da unidade que será liderada pelo governador Flávio Dino”

Famem e MP discutem plano para ampliar imunização nos municípios



 Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) participou de uma reunião na sede da Procuradoria Geral de Justiça para discutir a ampliação da vacinação nos municípios do estado nesta sexta-feira, 28. A ação teve parceria também da Defensoria Pública do Estado, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público de Contas (MPC).

Os órgãos emitiram uma recomendação conjunta que será expedida na próxima semana aos Municípios para as regularizações da vacinação e da alimentação dos dados do sistema do Ministério da Saúde. O objetivo é que com a parceria destes órgãos se possa acelerar o plano de imunização nos municípios maranhenses e a alimentação correta dos dados no sistema do Ministério da Saúde.

Pelo registro do vacinômetro desta sexta-feira (28), 524 mil doses já distribuídas aos municípios maranhenses ainda não constam no sistema, o que corresponde a aproximadamente um quarto do total de vacinas recebidas. A Famem acredita que a grande maioria destas doses já foram aplicadas e apenas não foram registradas por inúmeras questões como o fato de alguns grupos não estariam priorizados dentro do sistema e os dados ficarem apenas nas planilhas dos municípios, sem que possam ser feitos os lançamentos. Justamente por conta disso, a Famem se comprometeu em checar estas informações. 

A Famem irá fazer um levantamento junto às prefeituras de todas as doses efetivamente recebidas, aplicadas e como estão os dados no sistema do Ministério da Saúde e encaminhar o relatório ao Ministério Público até a próxima quinta-feira, 03. “É necessário que tenhamos um levantamento preciso para não penalizar os 217 municípios, sendo que apenas uma média de 15 a 20 que estão bem abaixo da média. E nós estamos aqui trabalhando no sentido de ajudar estes municípios. Por isso, é preciso ter uma radiografia sobre quais os motivos de não terem conseguindo. Ainda acreditamos que muitas destas vacinas foram efetivamente aplicadas e apenas ainda não temos o registro no sistema”, afirmou.

“Desde o início da campanha de vacinação, a Famem tem cobrado e dado apoio às prefeituras para que acelerem o processo de vacinação. O governador Flávio Dino disponibilizou profissionais para auxiliar na aplicação e na alimentação do sistema. Estamos de mãos dadas com o Ministério Público e a Defensoria para encontrar soluções” completou o presidente da Famem, Erlanio Xavier. 

“Fazemos um apelo aos municípios, aqui representados pelo presidente da Famem, Erlânio Xavier, para que se programem, que se organizem, que oportunizem à sua população o acesso à vacina, que neste período tão grave, é a melhor solução possível”, afirmou o Procurador Geral de Justiça, Eduardo Nicolau.

O aumento do contágio e, consequentemente a grande taxa de ocupação de leitos no Maranhão causou preocupação aos poderes que já haviam discutido o plano de contenção da pandemia em reunião no Palácio dos Leões na última quinta-feira, 27.

Pela reforma agrária, Incra é parte legítima para reivindicar propriedade da União


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é parte legítima para a tomar todas as medidas necessárias à promoção da reforma agrária, dentre elas a reivindicação da posse de bem de domínio da União, desde que afetado àquela política pública.

A interpretação da legislação agrária conforme a Constituição faz concluir que o Incra pode reivindicar propriedade da União
Reprodução

Com esse entendimento, a 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça deu provimento a embargos de divergência e uniformizou a jurisprudência da corte sobre o tema. O colegiado é integrado pelos ministros das 1ª e 2ª Turmas, que julgam matéria de Direito Público, e tem a função de pacificação de entendimentos.

Até 2016, não havia desentendimento no STJ: a ação reivindicatória pressuporia a propriedade, razão pela qual o Incra não possuiria legitimidade para ajuizá-la contra terras da União. Naquele ano, a 2ª Turma fez o distinguishing para entender que a situação muda quando se trata de terras destinadas à reforma agrária.

Ao julgar os embargos de divergência, os ministros acompanharam por unanimidade o voto do relator, ministro Francisco Falcão, que integra a 2ª Turma. A conformação, portanto, partiu dos membros da 1ª Turma, em voto-vista da ministra Regina Helenca Costa, que analisou o tema a partir do acórdão apontado como paradigma nos embargos.

“Firme na diretriz de que na aplicação da lei o juiz atenderá aos fins sociais a que ela se dirigir, convicta de que o direito de sequela é um instrumento para que a propriedade cumpra com a sua função social e ancorada no ordenamento jurídico pátrio, que deve ser interpretado como sistema que é, entendo que a afetação do bem à reforma agrária entrega ao Incra a sua administração e o "poder" de reivindicá-lo”, concluiu.Voto da ministra Regina Helena Costa apontou divergência entre as turmas e a prevalência do posicionamento
STJ

Política pública
O voto da ministra Regina Helena Costa destaca que o ordenamento jurídico pátrio buscou assegurar ao Incra todos os meios necessários à adequada distribuição da terra, partindo da premissa que a reforma agrária é uma política pública que atende aos princípios de justiça social e aumento da produtividade.

No caso concreto, a ação discutia a propriedade de uma gleba inserida no perímetro de um projeto de assentamento regularmente criado pelo Incra. O local foi objeto de discriminação de terras devolutas, processado administrativamente pelo Incra e matriculado em nome da União nos termos do artigo 13 da Lei 6.383/1976.

A partir daí, a autarquia seguiu com a identificação de quais ocupações seriam aptas a serem enquadradas no Programa Nacional de Reforma Agrária. Os beneficiados receberiam distribuição de imóveis rurais. Os que não preenchessem os requisitos serial alvo de ordem de desocupação.

“A interpretação da legislação agrária conforme a Constituição nos encaminha, então, a reconhecer a legitimidade do Incra para a consecução de todas as medidas necessárias à promoção da reforma agrária, dentre elas a reivindicação da posse de bem de domínio da União, desde que afetado àquela política pública”, apontou a ministra Regina Helena Costa.

Clique aqui para ler o acórdão
EREsp 1.405.489

sábado, 29 de maio de 2021

MEI tem até segunda-feira para enviar a declaração anual


No Sebrae Maranhão, os analistas estão prontos para auxiliar o MEI no preenchimento do documento.
A obrigação é válida mesmo para empresas que tenham sido encerradas em 2020

Encerra nesta segunda-feira, 31, o prazo para a entrega da Declaração Anual de Rendimentos do MEI (DASN-SIMEI) relativa ao ano passado. O processo, uma das obrigações dessa pessoa jurídica, é totalmente online, gratuito e leva poucos minutos para ser feito pelo portal www.gov.br/mei/. No Maranhão, estão cadastrados 142 mil MEIs, de acordo com o último dado (30/04).

Quem quer ficar em dia com a Receita Federal, deve acessar o portal, selecionar a opção ‘Já sou MEI’, em seguida clicar em Declaração Anual de Faturamento e preencher os campos com o número do CNPJ da empresa. O próximo passo é escolher a opção Declaração/Ano Calendário original e selecionar o ano de 2020. O MEI deverá informar os valores da receita bruta total, que corresponde a todo o faturamento obtido ao longo do ano e se houve ou não a contratação de funcionário. É importante lembrar que em 2020 o limite de faturamento era de até R$ 81 mil por ano. Após concluir a entrega, o sistema disponibilizará a opção do comprovante.

Multa

O MEI que não declarar seus rendimentos do ano estará sujeito a multa no valor mínimo de R$ 50,00 ou de 2% ao mês ou fração, incidentes sobre o montante dos tributos decorrentes das informações prestadas na DASN.

De acordo com levantamento feito pelo Sebrae com base nos dados da Receita Federal em todo o país, até o momento, 4,6 milhões de MEI enviaram a declaração, dentre os 11,3 milhões existentes no Brasil. O empreendedor precisa enviar à Receita Federal o total do faturamento do ano anterior, discriminando apenas as vendas realizadas com ou sem emissão de documento fiscal. O Microempreendedor Individual que não fizer a DASN-MEI receberá a notificação de lançamento da multa por atraso, gerada no momento da

transmissão. Caso o pagamento seja feito em até 30 dias, haverá uma redução de 50% no valor da multa , totalizando R$ 25,00. Quem busca maiores orientações sobre o assunto basta acessar o portal www.ma.sebrae.com.br.

O corpo técnico do Sebrae Maranhão está a postos para ajudar quem ainda não entregou a DASN-MEI e necessita de ajuda para o preenchimento, podendo recorrer ao atendimento remoto através do 0800 570 0800, onde também pode ser feito o agendamento de atendimento presencial. A instituição está com uma equipe de atendentes para orientar virtualmente os empreendedores em todo o estado.

Para ser atendido, o MEI deve ter em mãos o faturamento bruto anual da empresa em 2020, o número no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e, caso possua, as informações inerentes ao seu empregado. Como fazer a DASN? - Faça um relatório das receitas obtidas a cada mês (na página Empresas e Negócios existe um modelo); - Não se esqueça de conferir se o valor das notas fiscais emitidas foi anotado corretamente no seu relatório; - Depois de conferir todos os valores, o MEI tem até 31 de maio para enviar a declaração do ano passado, apenas pela internet.

Oficina de Grafitti e de Pneus acontece na Associação Comunitária do Itaqui - Bacanga (ACIB)


Foram realizadas durante esta semana oficinas de grafitti e de puffs feitos a partir de pneus, para a comunidade da Vila Maranhão, em São Luís. Cerca de 25 pessoas participaram dos eventos, seguindo todas as medidas de proteção.

A oficina de graffiti foi realizada pela Equatorial Maranhão em parceria com o coletivo de artistas Rua & Raiz e a Associação Comunitária Itaqui Bacanga - ACIB, com o objetivo de disponibilizar o aprendizado para a comunidade. O coletivo de artistas atualmente conta com mais de 100 membros distribuídos na região metropolitana de São Luís, desenvolvendo atividades culturais tendo como principal linguagem a arte urbana.
O grupo já havia realizado o trabalho de grafitagem no muro da subestação da Equatorial Maranhão na Vila Maranhão, e agora foi a vez dos artistas da comunidade mostrarem seus talentos no muro da ACIB, que se tornou vitrine para o trabalho. Além de mostrar o trabalho desses artistas, essa ação traz perspectiva e oportunidades a outros jovens da comunidade, que se interessam pelo grafitti.
Já na Oficina de Pneus teve a artesã Moisilesia Bucele, Presidente da ACIB, como ministrante, sendo auxiliada pelo Senhor Pestana, responsável pelo corte de madeiras e pneus. Ambos fazem parte da comunidade. Todo o material usado na foi adquirido na própria comunidade, e o objetivo da oficina foi reaproveitar pneus que seriam jogados no lixo, para serem transformados em puffs coloridos e funcionais.


  

Últimas semanas para se inscrever no Programa de Trainee da Equatorial


Os interessados em participar do Programa de Trainee 2021 da Equatorial Energia, poderão se inscrever até o dia 06 de junho através do site https://equatorialtrainee.across.jobs/ . As vagas estão abertas para as quatro distribuidoras do grupo: Maranhão, Pará, Piauí e Alagoas.

Os critérios principais para participar da seleção são: Ter no máximo dois anos de graduado nas seguintes áreas: Engenharias (Elétrica, Eletrônica, Energia, Mecatrônica, Telecomunicações, Mecânica, Computação, Controle e Automação, Manutenção Produção), Administração, Economia, Contabilidade, Ciência da Computação, Sistema de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Tecnologia da Informação.
Para fazer do programa, que tem início previsto para agosto deste ano, é desejável que o candidato tenha inglês intermediário e, é essencial que tenha mobilidade para trabalhar nas cidades do interior dos estados de atuação do Grupo. Podem participar do processo seletivo os formados entre julho de 2019 e julho de 2021.

Covid-19 - Assembleia Legislativa suspende expediente presencial até dia 4 de junho


A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão decidiu suspender o expediente presencial na Casa, a partir da próxima segunda-feira (31) até o dia 4 de junho. A suspensão temporária das atividades decorre do aumento do número de casos de internações pela Covid-19 na Grande Ilha de São Luís, além da possibilidade de esgotamento de leitos na rede de saúde.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), enfatizou que é dever do Parlamento zelar pela saúde de seus parlamentares e servidores, bem como da população maranhense. “Todos compreendemos a gravidade do momento e estamos mobilizados, no sentido de adotar as medidas necessárias para o enfrentamento do atual cenário da pandemia”, afirmou.

De acordo com a Resolução Administrativa 459/2021, publicada no Diário Oficial do Poder Legislativo de quinta-feira (27), ficam temporariamente suspensos os serviços internos, as sessões ordinárias e extraordinárias, as reuniões das Comissões Permanentes, Temporárias e demais reuniões.

Neste período, as atividades deverão ser realizadas de forma remota, em regime de home office, com o auxílio da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI). Somente poderão funcionar, na forma presencial, os serviços e atividades essenciais para o funcionamento e manutenção dos órgãos da Assembleia Legislativa e realização das sessões remotas.

Também durante a suspensão do expediente presencial, somente terão acesso às dependências da Casa os servidores constantes nas escalas elaboradas pelas diretorias.

VLI e Hidrovias do Brasil anunciam parceria com foco na Ferrogrão


CEO da Hidrovias do Brasil, Fabio Schettino
Objetivo é unir a expertise das duas empresas e buscar parceiro investidor para atuação conjunta no prosseguimento do projeto, fundamental para o desenvolvimento do Arco Norte

A VLI - controladora da Ferrovia Centro-Atlântica e do tramo norte da Ferrovia Norte-Sul responsável pela circulação de trens entre Maranhão e Tocantins pela operação do Terminal Portuário São Luís - , e a Hidrovias do Brasil S.A., operador de logística integrada com foco no transporte hidroviário, anunciam parceria para avaliação técnica conjunta do projeto da Ferrogrão. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (27) e formalizado por meio de um memorando de entendimento. A ferrovia é fundamental para impulsionar o escoamento de grãos pelo Arco Norte e contempla uma linha de 993 quilômetros entre Sinop (MT) e Miritituba (PA). Por meio da parceria, VLI e Hidrovias do Brasil unem suas respectivas expertises no estudo de uma solução logística multimodal para a Ferrogrão e na busca de um parceiro investidor para atuação conjunta no prosseguimento do projeto.

“O Arco Norte possibilita ao país crescer de forma planejada, sustentável e eficiente. A infraestrutura em desenvolvimento e delineada pelo governo federal para o projeto Ferrogrão trará benefícios para o custo logístico total e agregará valor para os usuários”, afirma Ernesto Pousada, CEO da VLI. Para ele, a região está mais próxima do destino da carga do agro exportada pelo país, o que contribui para um menor custo logístico total para o cliente, proporcionando também redução no consumo de combustível e na emissão de poluentes.
Ernesto Pousada, CEO da VLI

A VLI já tem forte atuação na região por meio das operações do corredor Centro-Norte, que engloba os Estados de Tocantins e do Maranhão, com um crescimento acumulado de cerca de 90% nos volumes transportados por ferrovia nos últimos cinco anos. O avanço dos indicadores acompanha o incremento da estrutura implantada pela empresa no Norte do país ao longo dos anos, que inclui os Terminais Integradores de Porto Nacional e de Palmeirante, em Tocantins. Além disso, no último quinquênio, a VLI investiu cerca de R$ 1 bilhão no corredor, em melhorias de via e material rodante, somando ainda mais eficiência à operação.

A Hidrovias do Brasil está presente também no Arco Norte realizando serviço de logística integrada para transportes de granéis sólidos com foco em navegação fluvial. A capacidade da companhia no Corredor Norte é atualmente representada pela Estação de Transbordo de Carga (ETC) de Miritituba (PA), o Terminal de Uso Privado (TUP) de Barcarena (PA) e uma frota própria de empurradores e barcaças utilizadas para movimentação de produtos. Em 2020, o volume transportado no Corredor Norte chegou a 6,3 milhões de toneladas, crescimento de 46% quando comparado ao ano anterior.

Para o CEO da Hidrovias do Brasil, Fabio Schettino, a Ferrogrão é um projeto fundamental para o Brasil. “Estamos discutindo um projeto transformador para a competitividade do agronegócio brasileiro e também para as empresas que hoje atuam nessa região do país. O nosso sistema logístico hidroviário no Arco Norte complementa o projeto da Ferrogrão, fazendo com que a carga chegue aos portos de exportação com custos cada vez mais competitivos” afirma o executivo.

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para trabalhar pela revista Você S/A, a VLI também foi eleita a mais inovadora empresa de transporte e logística, pelo Prêmio Valor Inovação Brasil 2020, e conquistou o 1º lugar na categoria Transporte e Logística das Melhores, da IstoÉ Dinheiro. A VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Sobre a Hidrovias do Brasil

A Hidrovias do Brasil é uma empresa de logística integrada com foco no aproveitamento do transporte hidroviário, em toda a América Latina. No Corredor Logístico Norte (Miritituba-Barcarena, Pará), a empresa oferece uma alternativa logística integrada para o transporte e escoamento de grãos da região Centro-Oeste do Brasil, além da operação de cabotagem para transporte de minérios. Para estas operações, foram investidos mais de R$ 2 bilhões na região, que tem capacidade de movimentar mais de 7,0 milhões de toneladas de grãos por ano. Já no Corredor Logístico Sul, a empresa opera por meio da Hidrovia Paraguai-Paraná, tendo movimentado quase 3 milhões de toneladas de cargas diversas em 2020, como commodities agrícolas, minérios, fertilizantes, celulose, entre outras. A Hidrovias do Brasil foi fundada em 2010 pelo fundo de infraestrutura do Pátria Investimentos, e passou a ser listada na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) em setembro de 2020, no segmento do Novo Mercado, que contempla as empresas que apresentam os mais elevados padrões de governança da bolsa de valores de São Paulo. Mais informações: www.hbsa.com.br

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Agravamento da pandemia no Maranhão é discutido em reunião no Palácio dos Leões


O Ministério Público do Maranhão participou da reunião realizada na manhã desta quinta-feira, 27, no Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado, que congregou várias instituições e órgãos de diversos poderes com o objetivo de traçar novas estratégias de combate à Covid-19.

No encontro, foi decidido que, por enquanto, não serão adotadas novas medidas restritivas. Seguem valendo as normas do Decreto Estadual que está em vigor. Uma nova reunião deve ser realizada na próxima semana com as instituições do Poder Público para decidir se vão ser adotadas medidas de restrição.

A reunião foi convocada pelo governador Flávio Dino, a pedido do presidente do Tribunal de Justiça, Lourival Serejo, devido à elevação dos casos de contágio e da consequente alta da ocupação de leitos nos hospitais públicos e privados em todo o Maranhão, principalmente em São Luís, onde a rede hospitalar está próxima do colapso com 97% de ocupação.

O MPMA, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Tribunal de Contas do Estado e Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) devem se reunir possivelmente nesta sexta-feira, 28, para discutir formas de conseguir novos leitos. Não foi descartada a possibilidade de transferência pelo Governo do Estado de pacientes para municípios onde houver vaga.

Além dos novos leitos, foi enfatizada a necessidade do funcionamento eficiente da Atenção Básica, inclusive com a disponibilização de testes à população.

VACINAÇÃO

Também foi alertado que 600 mil doses distribuídas aos municípios maranhenses não constam como aplicadas no site do Ministério da Saúde. O Ministério Público do Maranhão se comprometeu a verificar junto às administrações municipais se as doses foram ou não aplicadas ou se os dados ainda não foram preenchidos no sistema. O objetivo é acelerar a vacinação.

Sobre este tema, os participantes afirmaram que apoiam a revisão do Plano Nacional de Imunização, para que haja adaptação mais rápida de diretrizes nacionais às realidades locais.

PREVENÇÃO

No encontro, foi enfatizada a importância de medidas preventivas, especialmente o uso de máscaras e o impedimento a aglomerações desnecessárias. As autoridades também orientaram os gestores municipais a analisarem as realidades locais para decidirem quanto ao cabimento das medidas em cada cidade. Empresários, trabalhadores e consumidores foram conclamados para a adoção de práticas responsáveis e com segurança sanitárias.

Na ocasião, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, reafirmou o compromisso da instituição com o combate à Covid-19. “Nós estamos à disposição de todos e vamos fazer o possível para atenuar esta crise que afeta toda a população. Vamos trabalhar para evitar o aumento de óbitos”, disse o chefe do MPMA.

Também participaram o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto; o vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Washington Oliveira; o defensor público-geral, Alberto Bastos; o presidente da Famem, Erlânio Xavier.

Igualmente estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Saúde.

MAIO AMARELO: BRK AMBIENTAL REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO USO DE BARREIRAS


Para priorizar a segurança em todos os processos, equipamentos de proteção e barreiras de segurança são usados pela BRK Ambiental em todas as suas obras.
E EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO DURANTE A EXECUÇÃO DE SEUS SERVIÇOS

Em apoio ao Movimento Maio Amarelo que tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgotamento sanitário em Paço do Lumiar e São José de Ribamar, realiza intervenções, serviços e obras na cidade e prioriza sempre a segurança de seus funcionários e da população.

Segundo o Ministério da Saúde anualmente mais de 30 mil pessoas são mortas em acidentes de trânsito em todo o país. No Maranhão, em 2019 o número de mortes chegou a quase 1300. Em 2020, ano de pandemia e por tanto de menos circulação, ainda assim, mais de 900 pessoas perderam suas vidas em acidentes de trânsito no estado.

Para priorizar a segurança, as equipes da concessionária que executam obras e serviços utilizam barreiras de proteção, controle e suporte de acordo com o nível de exposição de cada intervenção.

Para definição dos tipos de barreiras e sinalizações utilizadas na cidade, os funcionários da concessionária avaliam o nível de risco de cada intervenção antes de iniciar uma obra ou serviço, com o objetivo de eliminar os fatores de risco independentemente da situação.

São utilizados equipamentos e ferramentas como guarda corpo, cinto para restrição de movimento, isolamento elétrico, cercas para a área de trabalho e barreiras de concreto, para proteger os funcionários e a população em caso de um incidente. Como equipamentos de proteção individual, os funcionários da concessionária utilizam também fitas de proteção à área de trabalho, placas de sinalização e cones de trânsito.

Para Ricardo Mamede, responsável pela área de Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança da BRK Ambiental Maranhão, o objetivo do uso de barreiras e de equipamentos de proteção durante as atividades executadas pela BRK é diminuir a probabilidade de incidentes e acidentes nos dois municípios em que a concessionária atua. “É essencial que nossos funcionários percebam a importância do uso de barreiras e sinalizações antes de iniciar qualquer atividade, obra ou intervenção e se preocupem em executar o PDST, plano diário que permite a execução do trabalho, de forma segura, evitando assim um evento indesejado, como colocar a sua vida ou de qualquer outra pessoa em risco”, reforça Ricardo.

Dentro dos princípios de gerenciamento de risco da concessionária, a utilização de barreiras de segurança, equipamentos de proteção e sinalizações em todas as atividades praticadas, reforça o valor da empresa de atuar com segurança e integridade. Esses elementos norteiam o trabalho de todos os profissionais.

 


POCKET SHOW COM MÁRIO FERNANDO E LÍVIA AMARAL NA VILLA DO VINHO BISTRÔ


Mário Fernando) O cantor Mário Fernando é quem se apresenta nessa sexta (21.05) no jantar da Villa do Vinho Bistrô com o melhor da MPB.
Cantores se apresentam nessa sexta (28.05) e sábado(29.05) no jantar

 

O restaurante e Wine Bar comandado pelo empresário Werther Bandeira na Cohama voltou a oferecer música ao vivo aos clientes nos finais de semana; e o melhor, sem cobrança de couvert artístico.

 

No jantar dessa sexta (28.02) quem se apresenta é o cantor Mário Fernando, com o melhor da MPB. Já no sábado (29.05) o jantar terá pocket show romântico da cantora Lívia Amaral.
A cantora Lívia Amaral que se apresenta no jantar desse sábado (22.05) na Villa do Vinho Bistrô, na Cohama.

 

As apresentações acontecem das 20H às 23H seguindo os protocolos sanitários e regras de horário determinadas pelo decreto governamental. A Villa do Vinho Bistrô fica no Andreazza Center, na Av. Mário Andreazza na Cohama.

 

Reitor da UFMA e ministros da Educação e da Ciência e Tecnologia inauguram o Núcleo Interdisciplinar Científico e Tecnológico de Alcântara


Com a presença do reitor Natalino Salgado; do ministro de Ciência, Inovação e Tecnologia (MCTIC), Marcos Pontes; do ministro da Educação (MEC), Milton Ribeiro; do prefeito de Alcântara, padre William Guimarães; e do deputado federal Aluisio Mendes, foi inaugurada na manhã de hoje, 26, a Base Institucional de Alcântara sede do também fundado no mesmo dia Núcleo Interdisciplinar Científico e Tecnológico de Alcântara (NICTA) da Universidade Federal do Maranhão, que reúne diversos grupos e laboratório de pesquisa para desenvolver soluções tecnológicas, sociais, econômicas e ambientais voltadas a segmentos estratégicos da cidade de Alcântara e do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

O prédio da Base servirá como ponto de apoio às atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas no município pelo NICTA e por vários outros projetos da UFMA, e conta com uma sala de aula com 20 lugares, ambiente para ensino a distância com cinco computadores, copa, dois dormitórios, banheiro com acessibilidade e duas salas que servirão futuramente como oficinas para produção de produtos naturais e para capacitações. O NICTA tem coordenação da professora de Engenharia de Aeroespacial Mikele Cândida Sousa de Sant’Anna, que reforçou que o Núcleo, além de seu viés voltado para a ciência e tecnologia, tem em sua concepção fortalecer vínculo com as comunidades de Alcântara e seus saberes tradicionais.

O Núcleo Interdisciplinar Científico e Tecnológico de Alcântara no eixo do ensino pretende consolidar ainda mais o curso de Bacharelado em Engenharia Aeroespacial – com vias também de auxiliar o fortalecimento do respectivo programa de pós-graduação da área na UFMA - e solicitar a criação do polo local da Universidade Aberta do Brasil. Em pesquisa, O NICTA tenciona atender áreas estratégicas como sistemas espaciais, robótica, internet das coisas, inteligência artificial, turismo, entre outros campos do saber, além de auxiliar nas demandas do Programa de Desenvolvimento Integrado do Centro de Lançamento de Alcântara. Em extensão, o destaque fica para o atendimento com ações voltadas para comunidades tradicionais negras remanescentes de quilombos, com criação de oportunidades de geração de emprego e renda.

O reitor Natalino Salgado destacou a relevância do Núcleo para apoiar os estudos do curso de Engenharia Aeroespacial e de diversas áreas de graduação da UFMA que já possuem ou pretendem implantar projetos no território alcantarense. “Eu prenuncio que este esforço coletivo, capitaneado pelo NICTA, que agrega o Ministério da Educação e outros ministérios, vai nos permitir, com o conhecimento e com os projetos, melhorar as condições na área de turismo, da cultura, resgatar a história de Alcântara, ao mesmo tempo com uma cadeia produtiva de conhecimento para gerar riqueza à população. Esta é a lição da Universidade: tem seus cientistas, mas é uma das mais antenadas e que tem uma boa forma de lidar com a sociedade e saber suas demandas”, proferiu.

O ministro da Educação expressou a expectativa do NICTA e seus projetos para o desenvolvimento do ensino científico tecnológico para o Maranhão e para o Brasil, agradecendo o apoio do reitor Natalino e dos docentes envolvidos e declarando esperar ver a educação na melhoria da sociedade alcantarense. O Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) enfatizou a participação da ciência e da educação para a melhoria da região. “Trabalho com ciência com tecnologia, em transformar ideias em novos produtos, inovações, novos serviços, e isso só pode ser feito com um caminho, que é o da educação. Eu vejo essa união em torno da educação, tenho certeza que aqui se realizarão sonhos de muitos jovens, que estarão desenvolvendo projetos, serão novos cientistas, novos empresários para trabalhar pelo progresso desta cidade e do Brasil como um todo”, pontuou Marcos Pontes.

O prefeito de Alcântara reverenciou a inauguração do NICTA e os projetos que beneficiarão a população alcantarense por meio das ações de ensino, pesquisa e extensão. O deputado Aluisio Mendes congratulou o esforço dos envolvidos na implantação do Núcleo e na difusão e expansão da educação na região de Alcântara. Ele declarou ter certeza de que o município, em breve, será um exemplo para o Brasil e para o mundo por meio das ações voltadas para a ciência, tecnologia e educação.

Secretário de administração de Bacabal, entrega cesta básica para profissionais afetados pela pandemia


Para ajudar os profissionais afetados pela crise da pandemia da Covid-19, o Secretário de Administração da Prefeitura de Bacabal; Davi Brandão, entregou na manhã de hoje, 27, cestas básicas para a população bacabalense. Na ação que aconteceu no Clube Vanguarda, foram beneficiados, com a doação de cestas básicas, produtores de eventos, garçons e decoradores.

Para o Secretário Davi Brandão, que teve a iniciativa de fazer as doações, essa ajuda contribui para levar conforto e qualidade de vida, “sabemos que esse setor é um dos mais afetados pela pandemia e essa foi a maneira que encontrei de ajudar pessoas que perderam seu sustento diário. Juntos, vamos fazer mais e melhor por aqueles que mais precisam” afirmou o secretário.

quinta-feira, 27 de maio de 2021

Vice-prefeita Ana Paula Lobato entrega cestas básicas e reafirma compromisso com população pinheirense


A vice-prefeita de Pinheiro e presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), Ana Paula Lobato (PDT), entregou, na terça (25), quarta (26) e quinta-feira (27), cestas básicas a internos da Fazenda do Amor Misericordioso (centro de reabilitação para dependentes químicos instalado no município) e a moradores dos bairros Ponta de Santana e Vila Nova.

Na Fazenda do Amor Misericordioso, após percorrer a área acompanhada do vereador Léo Lobato, a vice-prefeita ouviu as histórias de vida dos internos e conheceu o trabalho desenvolvido pelo padre Antônio Jorge e voluntários. “Desejamos muita força aos internos nesse tratamento, que envolve muito amor e esperança, para que possam se restaurar e retornar, o mais breve possível, para suas famílias. Trouxemos essas cestas como uma forma de ajudá-los”, destacou Ana Paula.

Nos bairros Ponta de Santana e Vila Nova mais cestas básicas foram entregues. Na visita, a vice-prefeita explicou que tem intensificado a ação social em Pinheiro para amenizar as consequências da pandemia do novo coronavírus. “Fazemos questão de estar nos bairros e povoados, próximos da população, ajudando com alimentação e ouvindo suas demandas e anseios”, disse.

Em seu gabinete, a vice-prefeita Ana Paula Lobato recebeu representantes dos povoados Paraíso e Cutindiba.

Primeiro, ela recebeu o professor Zeca Furtado, da Rede Municipal, que solicitou melhorias para os moradores de Paraíso. Depois, garantiu à Leonide de Jesus, liderança política de Cutindiba, a doação de cestas básicas aos moradores do povoado.

Ana Paula recebeu, ainda, a diretora do Departamento de Igualdade Racial, Iara Silva, que, além das cestas básicas, solicitou a perfuração de poços e a viabilização de transporte para diversas comunidades pinheirenses. “Nosso compromisso com os povoados continua! Contem com o nosso apoio sempre”, afirmou a vice-prefeita.

Othelino discute medidas de enfrentamento à Covid-19 no Maranhão em reunião no Palácio dos Leões



Othelino participa de reunião mediada por Flávio Dino sobre o atual quadro da pandemia, no Palácio dos Leões

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, de uma reunião, mediada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), com representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário maranhense, além dos órgãos constitucionais, no intuito de estabelecer novas ações conjuntas de enfrentamento à Covid-19 no estado. O encontro atendeu a um pedido do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Lourival Serejo.

O chefe do Legislativo afirmou que, mais uma vez, o Maranhão atravessa um período crítico da pandemia com o aumento repentino do número de internações, tanto em leitos de enfermaria, quanto de UTI, chegando, só na Grande Ilha, a uma taxa de ocupação de 97% de leitos de UTI na rede hospitalar.

“Há uma necessidade urgente, primeiro, de ampliação do número de leitos. O governador Flávio Dino anunciou que, ainda hoje, criará mais leitos na rede estadual, mas é preciso que as outras instituições liberem leitos para atender a população, a exemplo do Hospital Universitário, que tem dentro da sua estrutura essa possibilidade imediata de ampliação”, assinalou Othelino Neto.

Na reunião, o governador Flávio Dino atualizou informações sobre o atual cenário da pandemia no estado e, também, esclareceu sobre a nova cepa indiana (variante da Covid-19), que foi registrada no Maranhão nos últimos dias. Também foram deliberadas novas medidas de enfrentamento conjunto do coronavírus no estado.


Divulgação
Na coletiva de imprensa, Othelino Neto enfatizou a necessidade urgente de ampliação do número de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19

Medidas imediatas

Ao final do encontro, os chefes dos Poderes, bem como dos órgãos constitucionais e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) assinaram um documento com oito medidas imediatas a serem adotadas.

Além da ampliação do número de leitos, constam no documento o alerta à sociedade quanto ao crescimento da pandemia no estado; a importância do uso de máscaras e de evitar aglomerações; a recomendação aos gestores municipais que analisem a realidade local e decidam quanto às medidas a serem adotadas; o uso rápido e intensivo de todas as doses de vacinas disponíveis; o apoio à revisão do Plano Nacional de Imunização; e a adoção de práticas responsáveis e de segurança sanitária quando do desempenho da atividade econômica.

“Essas são medidas imediatas, que precisam acontecer nas próximas 24 horas, além de reforçar a vacinação. Também, claro, ratificamos a importância das medidas de cuidados sanitários, como o uso da máscara e evitar aglomerações. Este tripé é fundamental para que possamos superar esse momento crítico”, completou Othelino.

Também ficou marcada, para a próxima semana, uma nova reunião para monitoramento e análise de dados, a fim da adoção de novas medidas de combate à pandemia no estado. “Na semana que vem, vamos avaliar o que avançou de hoje para lá, e esperamos que, a partir dessas medidas que estão sendo tomadas, possamos, em breve, superar esse momento”, assinalou o presidente da Assembleia.


Divulgação
Flávio Dino descartou a possibilidade de lockdown e reiterou que o atual cenário não decorre da nova cepa indiana

União

Em coletiva à imprensa, o governador Flávio Dino descartou a possibilidade de lockdown e reiterou que o atual cenário não decorre da nova cepa indiana. O chefe do Executivo também frisou a importância da união entre os Poderes no enfrentamento da pandemia.

“Estamos, há 15 meses, enfrentando a crise do coronavírus todos os dias e vamos continuar. Mas, chegamos a um patamar em que precisamos de ampla colaboração e o saldo, muito relevante desse diálogo, é de que os Poderes do Estado e as representações municipais, lideradas pela Famem, estão unidas para fazermos o que precisa ser feito”, enfatizou.

O presidente do TJMA, desembargador Lourival Serejo, fez um apelo sobre a seriedade do momento. “A situação é muito séria no Maranhão e precisamos estar unidos, todos os Poderes e a população. Faço esse apelo, com muita ênfase, para termos cuidado com a nossa saúde e a do próximo”, disse.

O encontro reuniu, ainda, representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, Tribunal de Contas do Estado e Procuradoria Geral do Estado.

Representantes dos três Poderes no Maranhão definem ações conjuntas para combater a Covid-19


Reunião no Palácio dos Leões definiu medidas conjuntas contra Covid-19 (Foto: Brunno Carvalho)

Em reunião, na manhã desta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino esteve com representantes dos principais órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário no Maranhão. No encontro, foram discutidas e traçadas medidas conjuntas a serem adotadas para enfrentamento da Covid-19. Entre as decisões, abertura e busca por mais leitos e reforço junto às prefeituras para avanço na imunização. Documento firmando soluções conjuntas foi assinado por todas as autoridades presentes.

A ocupação dos leitos foi o primeiro ponto abordado na reunião. O governador Flávio Dino informou o esgotamento da rede hospitalar – na rede pública e particular – na Ilha de São Luís e esforços dos poderes na busca de mais leitos em instituições e outras cidades do Maranhão, que possam ter disponibilidade. Nas últimas 24 horas, foram internadas 151 pessoas com coronavírus – o maior número desde o início da pandemia.

“Se esses esforços não resultarem na abertura de mais leitos na Ilha, teremos que, a partir de amanhã, começar a transportar pacientes para outras cidades do Maranhão. Nunca tivemos colapso hospitalar em nosso estado. E não teremos, em razão dessa união dos poderes”, frisou o governador Flávio Dino.

Durante a reunião foi tratado, ainda, sobre doses de vacinas já distribuídas e que não aparecem no sistema do Ministério da Saúde. Cerca de 600 mil vacinas deixaram de ser aplicadas pelos municípios. “Cria um embaraço prático para nós, pois as vacinas foram entregues e não constam como aplicadas”, frisou. O governador anunciou uma reunião para debater a situação com a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas do Estado. A reunião está prevista para esta sexta-feira (28).Governador Flávio Dino destacou a união de forças no Maranhão para enfrentamento da pandemia (Foto: Brunno Carvalho)

Sobre medidas restritivas, a definição foi que não haverá lockdown. “Chegamos a um consenso que, em curto prazo, não há espaço para lockdown. Portanto, não aprovamos essa medida, mas foi debatida. Há objetivos socioeconômicos e as instituições vão analisar sugestões que enviarão ao Governo do Estado, para outros momentos em que tenhamos que reexaminar nossos decretos, como vários estados estão fazendo”, disse o governador. As sugestões de medidas restritivas devem ser enviadas nesta sexta-feira e vão considerar as realidades de cada região.

Flávio Dino reforçou a proibição de ancoramento nos portos maranhenses do navio indiano que está atracado na costa e, também, lembrou do decreto que determina que desembarques sejam comunicados previamente à Secretaria de Estado da Saúde (SES). Seis pacientes indianos foram submetidos a teste para detectar variante da Covid-19. Os resultados devem ser divulgados ainda nesta quinta-feira. Na sexta-feira (28), haverá coletiva redefinindo as medidas em vigor.

“Estamos, há 15 meses, enfrentando o coronavírus todos os dias. E vamos continuar, mas chegamos a um patamar em que precisamos de ampla colaboração e o saldo positivo é que os poderes estão unidos para fazermos o que precisa ser feito”, declarou o governador.

Esforços conjuntos
Reunião com representantes dos Três Poderes no Maranhão foi realizada no Palácio dos Leões (Fotos: Brunno Carvalho)

O presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Lourival Serejo, destacou a união de esforços para tomar decisões. “Temos dados suficientes para tomarmos as providências necessárias. Aproveito para convocar a população para que tome consciência desse momento que estamos vivendo e que respeitem a vontade de viver do vizinho. A situação é séria e temos que estar unidos. Vamos ter cuidado com a saúde, a sua e a do próximo”, enfatizou.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (Alema), Othelino Neto, frisou o cenário preocupante e reforçou o apoio dos parlamentares para a tomada de providências. “É uma ampla mobilização de todos os poderes e órgãos constitucionais para que todos nos sensibilizemos com este momento e, assim, evitar consequências mais graves no Maranhão”, enfatizou. Ele sugeriu que sejam solicitados leitos ao Hospital Universitário, “que tem na sua estrutura a possibilidade imediata de ampliação”, a adaptação do Plano Nacional de Imunização “à realidade atual, flexibilizando, para que possa chegar mais rapidamente à população” e que as pessoas evitem aglomerações.

Já o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlânio Xavier, citou a ocupação dos leitos na Ilha de São Luís que está acima dos 96%. “Isso é preocupante. O governador Flávio Dino já abriu leitos de UTI praticamente em todas as regionais do nosso estado e tem enfrentado o coronavírus com muita decência e muito respeito ao povo do nosso estado. Estamos sempre cobrando dos municípios para que apliquem as vacinas. O Ministério Público e o Judiciário tomarão frente e vamos chamar os prefeitos para agilizar a vacinação, que é importante”, afirmou.

O defensor Público-Geral do Estado do Maranhão, Alberto Bastos, frisou os números preocupantes e pontuou medidas. “Traçamos estratégias para melhorar a vacinação no estado. Faremos reunião com os prefeitos para tratar da temática e vistorias em unidades hospitalares da capital, para uma busca mais ativa de leitos que possam estar disponíveis à população. Estaremos em constante diálogo para que possamos, cada vez mais contribuir para que essa doença tenha a diminuição mais efetiva. Pedimos, encarecidamente, que a população use máscaras e faça o distanciamento social, que são medidas importantes para manter a saúde e a vida”, pontuou.

“É necessário que toda a população tome conhecimento do avanço da doença no Maranhão e possa, cada um, cumprir seu papel para que não se espalhe ainda mais. E não pode espalhar mais, pois os leitos estão praticamente todos ocupados. Todos estamos aqui para nos mobilizarmos, mas precisamos ter o apoio da sociedade para conter esse nível de ocupação nos hospitais do Maranhão”, ressaltou o conselheiro vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Washigton Oliveira.

“Estamos à disposição e o faremos tudo que for possível para passarmos essa crise atual. Estamos atentos e vamos tomar todas as medidas possíveis para que possamos sair desta crise com menos mortes”, frisou o procurador-geral de Justiça do Estado do Maranhão, Eduardo Nicolau.

Participaram ainda da reunião, a subsecretária da SES, Karla Trindade; o secretário adjunto da SES, Carlos Vinicius; e o assessor especial da SES, Rodrigo Lopes.

Thaiza Hortegal pede visita de comissão de saúde ao município de Chapadinha


Thaiza Hortegal relata fase crítica da pandemia no município de Chapadinha

A deputada estadual Thaiza Hortegal protocolou pedido à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para visitar, in loco, o sistema de saúde de Chapadinha. Os números da pandemia têm avançado assustadoramente, segundo informações da deputada.

"As notícias de Chapadinha são aterrorizantes e cada relato em áudio que recebo das famílias vítimas da Covid-19 é de partir o coração. Não há dúvidas de que a prefeita não está preparada para enfrentar um surto e o que se vê são mortes diárias de pacientes com coronavírus. Em menos de uma semana, foram seis mortes. Estamos diante de uma média de 50 a 70 novos casos diários de contaminados, segundo o próprio secretário municipal de Saúde, com UPA superlotada e Hospital Regional sobrecarregado", disse a deputada..

A parlamentar destacou que a população tem pedido medidas mais rígidas e fala até em lockdown, por causa das mortes diárias. Thaiza pediu que a comissão de saúde da qual faz parte como suplente avalie as atuais condições, converse com os profissionais para propor soluções e ajude com medidas imediatas para evitar mais mortes.

"As medidas fracas da Prefeitura de Chapadinha não contiveram a onda de vítimas que tá toma de conta da cidade, a ponto da própria população pedir por lockdown, por não suportar mais ver tantas mortes. Desde já, como médica, me coloco à disposição da Prefeitura de Chapadinha e do Hospital Regional para ajudar no que for preciso nesse momento crítico pelo qual nosso município está passando", finalizou a deputada.

Othelino garante obras para Peri-Mirim e São Vicente Férrer em audiência com governador Flávio Dino



Othelino, Flávio Dino, Rubem Júnior e o prefeito de Peri-Mirim, Heliezer do Povo, após reunião na qual foram garantidas obras para o município

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta quarta-feira (26), no Palácio dos Leões, de uma reunião com o governador Flávio Dino (PCdoB) e os prefeitos Heliezer do Povo, de Peri-Mirim, e Adriano Freitas, de São Vicente Férrer, para garantir benefícios a esses municípios da Baixada Maranhense, principalmente, nas áreas da saúde e infraestrutura urbana.

Participaram também da audiência o secretário de Estado de Articulação Política (Secap), Rubens Júnior, e a secretária-chefe da Assessoria Especial do governador, Joslene Rodrigues.

No encontro, foram garantidas para Peri-Mirim a instalação do novo Hospital Municipal da cidade, que é um sonho antigo da população, além da construção de uma praça no povoado Três Marias e obras de pavimentação de ruas.

“É muito importante essa interlocução que nós temos feito, trazendo os prefeitos para conversar com o governador e, assim, estabelecer parcerias. O município de Peri-Mirim recebeu, há pouco mais de um mês, uma ambulância do Governo do Estado e, hoje, o governador Flávio Dino anunciou a construção de um hospital, um anseio antigo da população, que foi apresentado pelo prefeito Heliezer como prioridade do município”, destacou Othelino Neto.

O prefeito Heliezer do Povo agradeceu as obras destinadas ao município e o apoio do parlamentar na interlocução com o Governo do Estado. “Essa parceria que temos firmado com o Governo, que se preocupa com os munícipes, e apoio do deputado Othelino tem nos dado a possibilidade de desenvolver a nossa cidade, que tanto precisa e merece”, ressaltou.


Kristiano Simas / Agência Assembleia
Flávio Dino, Othelino Neto, Joslene Rodrigues e o prefeito de São Vicente Férrer, Adriano Freitas, em busca de benefícios para o município

São Vicente Férrer

Ao município de São Vicente Férrer, o governador Flávio Dino garantiu o início da construção do Hospital Municipal, já no mês de junho, além de obras de infraestrutura a serem executadas por meio do programa ‘Mais Asfalto’, também por indicação do presidente da Assembleia.

“São Vicente tem um hospital funcionando, mas em situação precária e, agora, com este novo hospital, vai realizar um sonho de décadas. O ‘Mais Asfalto’ também foi autorizado pelo governador para começar no mês de julho. Sem dúvida, são parcerias importantes e a população de São Vicente sai ganhando com isso”, completou Othelino.

O prefeito Adriano Freitas lembrou que o Governo do Estado já realizou importantes obras na cidade, a exemplo da instalação de uma unidade do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) no ano passado.

“Estamos, este ano, buscando novos investimentos. Saímos daqui com uma grade vitória, que é a garantia da reforma do nosso hospital. Agradeço o apoio do governador Flávio Dino e do deputado Othelino, pois estamos muito satisfeitos em poder levar notícias boas à nossa população”, disse.

O governador Flávio Dino reiterou que a união do Governo do Estado com as Prefeituras, além da parceria com os deputados, é o que faz com que haja progresso social no Estado.

“A união faz a força e isso praticamos fortemente no Maranhão. Primeiro, na relação com os poderes, no caso, a Assembleia Legislativa, representada pelo presidente Othelino, e, também, na relação federativa. Procuramos sempre ter esse espírito de entendimento e diálogo com os municípios, porque é onde as políticas públicas acontecem efetivamente”, afirmou o governador.