quinta-feira, 30 de setembro de 2021

CMA vai avaliar política climática do governo em busca de soluções para desmatamento


Eliziane Gama é autora do requerimento, também apoiado pelo presidente da CMA, Jaques Wagner, e pelos senadores Fabiano Contarato e Jayme Campos

Diante do aumento do desmatamento e das queimadas na Amazônia, no Cerrado e no Pantanal nos últimos anos, a Comissão de Meio Ambiente (CMA) fará na sexta-feira (1°), às 10h, uma audiência pública para avaliar a política climática do governo federal. A intenção é ouvir especialistas para identificar falhas e omissões e propor recomendações.

Proposta pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) e apoiada pelo presidente da CMA, Jaques Wagner (PT-BA), e pelos senadores Fabiano Contarato (Rede-ES) e Jayme Campos (DEM-MT), a audiência já confirmou as participações de Alexandre Berndt, da Embrapa; Muni Lourenço Silva Júnior; da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA); e Felipe Nunes; pesquisador da UFMG. Também foram convidados outros pesquisadores e representantes do setor agropecuário e de indústrias madeireiras.

Documento do Observatório do Clima de novembro de 2020, que analisa o plano do governo federal para enfrentamento do problema dos desmatamentos na Amazônia, revela entre outros pontos que “não há nenhuma menção ao Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia, que foi determinante para a redução em 83% das taxas de desmatamento na Amazônia entre 2004 e 2012".

Segundo Eliziane, o governo “faz tábula rasa de esforços anteriores e bem-sucedidos.”

“Dezenas de requerimento de informação apresentados tiveram respostas genéricas e evasivas ensejando preocupação em relação à apontada queda significativa no número de autuações e embargos de uso de áreas desmatadas ilegalmente, o que pode estar tendo repercussão no aumento significativo das taxas de desmatamento ilegais na Amazônia, apesar do volume expressivo de recursos investido nas Forças Armadas para enfrentamento do desafio", assinala a parlamentar.

A área desmatada na Amazônia foi de 11.088 km² entre agosto de 2019 e julho de 2020, de acordo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Trata-se, segundo o Inpe, de um aumento de 9,5% em relação ao período anterior (agosto de 2018 a julho de 2019), que registrou 10.129 km² de área desmatada. “É também a maior área desmatada desde 2008”, apontoa Eliziane.

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo telefone da Ouvidoria do Senado (0800 061 2211) ou pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

LGPD: privacidade de dados também pode representar um diferencial competitivo


A cada dia que passa as pessoas buscam relações com organizações éticas e responsáveis

Há pouco mais de um ano em vigência, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, tem o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade. A importância desta legislação está exatamente no seu caráter protetivo. Para a VLI – companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos –, a proteção aos dados pessoais vai além do cumprimento da LGPD, trata-se de um respeito às pessoas.

A privacidade de dados também pode representar um diferencial competitivo, considerando que a cada dia que passa as pessoas buscam relações com organizações éticas e responsáveis. “Se por muitos anos os dados pessoais e os dados pessoais sensíveis foram utilizados sem barreiras ou critérios, hoje há uma lei que regulamenta o uso dados pessoais e visa proteger os direitos fundamentais de liberdade e privacidade de cada titular”, ressalta a diretora de Ética e Conformidade da VLI, Joyce Andrews.

Joyce Andrews explica que a VLI não tem o processamento de dados pessoais como atividade fim, mas para alcançar seus objetivos de negócio, a companhia precisa tratar dados de seus empregados e parceiros sempre considerando uma finalidade específica e transparente, além de buscar meios técnicos e administrativos que garantam a utilização e a eliminação segura destes dados. Segundo ela, em um primeiro contato com a LGPD, é comum as pessoas acharem que é proibido tratar dados pessoais e que a lei veio para dificultar os negócios. “Contudo, se buscarmos entender a origem das legislações de privacidade de dados em todo o mundo, constatamos que elas surgiram com o objetivo de aliar o desenvolvimento econômico e social ao tratamento de dados pessoais”.

Relações trabalhistas

Vale lembrar que existe uma relação de confiança entre empregado e empregador. Cuidar bem dos dados pessoais dos empregados é essencial para manutenção de um ambiente saudável.

“Devemos ficar atentos em nossas rotinas mantendo medidas técnicas e administrativas para não tratar dados em excesso, resguardá-los sempre em ambientes (físicos ou digitais) seguros, evitando compartilhamentos desnecessários e promovendo a eliminação correta após atingir a finalidade e utilização. Por exemplo, sabemos que a rotina do departamento de Recursos Humanos requer enorme atenção quando falamos em privacidade de dados, pois trata-se de um setor que envolve tratamento de grande volume de dados”, comenta.

Penalidades As penalidades para quem descumprir a segurança de dados estão valendo desde agosto deste ano e não se restringem a advertências ou à aplicação de multas, que podem variar em até 2% do faturamento, com limite de R$ 50 milhões. Conforme a diretora de Ética e Conformidade da VLI, as organizações devem ficar atentas, pois podem existir impactos mais significativos que a multa, como a perda de credibilidade da marca, aliada à cultura de “cancelamento”, na qual as pessoas deixam de consumir um produto ou serviço de uma hora para outra, sem direito a defesa.

“Este é um grande impacto aos negócios e, na VLI, também estamos atentos a este ponto. Dedicamos tempo e atuamos em medidas técnicas e administrativas que resguardem os processos. Como boa prática de mercado, podemos citar a criação de um documento normativo e acordos de tratamento de dados pessoais que norteiam a forma de uso, compartilhamento e eliminação dos dados. Também foram reforçados alguns conceitos de segurança da informação como o não compartilhamento de senhas”, pontua.

Há ainda investimento em treinamentos e campanhas de conscientização e sensibilização do nosso público interno, bem como a criação do canal de comunicação direto entre o Data Protection Officer (DPO) e empregado, titular do dado. Joyce Andrews afirma que a companhia orienta os gestores a observarem os objetivos organizacionais e estabelecer rotinas de privacidade compatíveis com os objetivos e as expectativas dos titulares dos dados. “Investimos na transparência no tratamento do dado, pois consideramos ser essa a ‘chave’ do sucesso”, observa.

Ela frisa que o respeito às pessoas é um valor para a VLI e isso se reflete nas práticas como o cuidado com saúde, segurança, inclusão e diversidade. Desta maneira, com segurança dos dados pessoais isso não seria diferente. O processo de adequação da empresa foi bem natural e teve início antes da vigência da LGPD.

“Grande parte das adequações não precisam de investimentos relevantes, pois envolvem mudanças de processos e fomentação de cultura organizacional em prol deste objetivo. Naturalmente os investimentos são importantes, mas não trabalhar a cultura pode levar a perda de valores investidos”, pondera.

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Othelino promulga Emenda Constitucional que cria Fundo Estadual da Juventude


Ato de promulgação da Emenda Constitucional que cria o Fundo Estadual da Juventude, originária da PEC de Daniella Tema

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), promulgou, na sessão plenária desta quarta-feira (29), a Emenda Constitucional 091/2021, originária da PEC 014/2019, de autoria da deputada Daniella Tema, que cria o Fundo Estadual da Juventude.

A iniciativa tem como objetivo incentivar ações voltadas à garantia dos direitos e deveres dos jovens com apoio dos recursos previstos por esse dispositivo.

Othelino Neto parabenizou a deputada Daniella Tema pela iniciativa. “Certamente, será um instrumento muito útil no sentido de estimular o desenvolvimento de políticas públicas e ações voltadas para a juventude maranhense”, disse.

O Fundo visa financiar o Sistema Estadual de Juventude e os projetos voltados para esse segmento nos municípios que aderirem e cumprirem as disposições estabelecidas no Plano Estadual da Juventude.

Os recursos do Fundo também serão utilizados para a manutenção do Conselho Estadual de Juventude e a promoção de eventos de fomento às políticas públicas desenvolvidas pela Secretaria Extraordinária da Juventude (Seejuv).

Construção

Daniella Tema afirmou que a proposta foi construída após uma série de diálogos com a juventude maranhense, que contou com a participação efetiva da Seejuv. “Precisamos criar mecanismos que possam garantir direitos para os nossos jovens e gerar oportunidades. E a nossa proposição contribui para que isso aconteça”, enfatizou a parlamentar.

Oficina Trilhas e Tons realiza sexta temporada em Vitorino Freire e São Luís


Projeto apoiado pela Equatorial Maranhão, incentiva estudo de teoria musical aplicada à música popular

A Oficina Trilhas e Tons iniciou, na última segunda-feira (27/09), em Vitorino Freire, sua sexta temporada. Com o patrocínio da Equatorial Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, as oficinas de teoria musical aplicada à música popular são ministradas por Nosly, com coordenação de Wilson Zara e assistência de Mauro Izzy.

Ao longo de seis anos e mais de 50 oficinas realizadas, o Trilhas e Tons já certificou mais de 1.000 cursistas. Em sua sexta edição o projeto está oferecendo 30 vagas por turma, com inscrição e material didático gratuitos. São 20 horas aula, distribuídas em cinco dias de formação, ministradas por músicos de destaque na cena da música popular brasileira produzida no Maranhão.

o roteiro do projeto se iniciou no município de Vitorino Freire, onde acontece a primeira oficina até o dia 1º. de outubro, na Escola de Música Maestro Zé Mitonho. Em Vitorino Freire, “Trilhas e tons” conta com parcerias locais, estabelecidas com o Coletivo Cultural de Vitorino Freire, Feeling Assessoria de Comunicação e Marketing, Secretaria Municipal de Cultura, Mulher e Turismo, além da própria Escola de Música Maestro Zé Mitonho.

“É a primeira vez que Vitorino Freire tem a honra de receber um projeto de música, teórico e prático, com direito a dar certificado aos participantes. É muito grandioso para nós, fazedores de cultura, e para nós, vitorinenses, recebermos o projeto que já tem uma visibilidade nacional. Nós temos certeza que em Vitorino Freire há muitos músicos em potencial, que precisam apenas de um empurrão, de um incentivo, como esse que o projeto “Trilhas e tons” está trazendo ao município. Nós ficamos muito gratos”, afirmou o jornalista Salis Chagas, membro do Coletivo Cultural de Vitorino Freire e articulador local do projeto.

Para a Analista de Responsabilidade Social da Equatorial Maranhão, Jeane Pires a música é um importante agente cultural de transformação. “Apoiar atividades como o trilhas e tons, que leva estudos iniciais de música, é uma grande satisfação para a Equatorial Maranhão. Esperamos que as aulas ofertadas pelo projeto contribuam para o fomento da música local, valorizando o potencial dos músicos dos municípios de São Luís e Vitorino Freire”, conclui Jeane Confira a agenda completa do projeto

1a oficina

De 27/09 a 01/10 em Vitorino Freire.

Local: Escola de Música Maestro Zé Mitonho

2a oficina

De 04 a 08/10 em São Luís

Local: Escola Municipal de Música - EMMUS.

EM CLIMA DE FESTAS E CELEBRAÇÕES


O empresário Werher Bandeira, que já está em clima de festas e celebrações de fim de ano, na sua Villa do Vinho Bistrô, na Cohama.
O charmoso Bistrô e loja de vinhos e bebidas Villa do Vinho, sob o comando do empresário Werther Bandeira, já está em clima de festas e celebrações de fim de ano, no Andreazza Center, na Cohama.

Já estão abertas as reservas para eventos empresariais e de grupos de amigos, que quiserem celebrar com almoço ou jantar. Vale lembrar que o espaço da Villa do Vinho tem sido também o preferido dos casais, nas celebrações de noivado, pedido de casamento e bodas em geral.

 

quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Othelino promulga Emenda Constitucional que cria Fundo Estadual da Juventude

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), promulgou, na sessão plenária desta quarta-feira (29), a Emenda Constitucional 091/2021, originária da PEC 014/2019, de autoria da deputada Daniella Tema, que cria o Fundo Estadual da Juventude.

A iniciativa tem como objetivo incentivar ações voltadas à garantia dos direitos e deveres dos jovens com apoio dos recursos previstos por esse dispositivo.

Othelino Neto parabenizou a deputada Daniella Tema pela iniciativa. “Certamente, será um instrumento muito útil no sentido de estimular o desenvolvimento de políticas públicas e ações voltadas para a juventude maranhense”, disse.

O Fundo visa financiar o Sistema Estadual de Juventude e os projetos voltados para esse segmento nos municípios que aderirem e cumprirem as disposições estabelecidas no Plano Estadual da Juventude.

Os recursos do Fundo também serão utilizados para a manutenção do Conselho Estadual de Juventude e a promoção de eventos de fomento às políticas públicas desenvolvidas pela Secretaria Extraordinária da Juventude (Seejuv).

Construção

Daniella Tema afirmou que a proposta foi construída após uma série de diálogos com a juventude maranhense, que contou com a participação efetiva da Seejuv. “Precisamos criar mecanismos que possam garantir direitos para os nossos jovens e gerar oportunidades. E a nossa proposição contribui para que isso aconteça”, enfatizou a parlamentar.

PORTO SÃO LUÍS ARTICULA REATIVAÇÃO DO PROJETO COMUNIDADE ATIVA E OFERTA DE CURSOS PROFISSIONALIZANTES PARA A COMUNIDADE DO CAJUEIRO E MÃE CHICA

.  
Reunidos na sede do Sinduscon-MA, representantes do Porto São Luís Thomaz Bazer e Lívia Cândice com o Pres. Fábio Nahuz e parceiros do Sistema S planejam ações de responsabilidade social empresarial.

PROJETO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL DO SINDUSCON-MA E PARCEIROS VAI OFERECER AÇÕES DE SAÚDE E CIDADANIA, ALÉM DA FORMAÇÃO DE MÃO DE OBRA ESPECIALIZADA

O Porto São Luís segue atuando para ser um indutor de desenvolvimento no Maranhão, começando pela região do seu entorno, a comunidade do Cajueiro e adjacências, que já foram beneficiadas com diversas ações promovidas pelo empreendimento, a exemplo do projeto capitaneado pelo Sinduscon-MA intitulado Comunidade Ativa, que foi realizado antes da pandemia com a oferta de atendimentos oftalmológicos entre outros benefícios ofertados.

Após uma pausa estratégica desse programa devido à pandemia, agora o Gerente de Obras do Porto São Luís Thomaz Baker e a coordenadora Socioambiental Lívia Candice já articulam o retorno do programa, para a oferta de mais benefícios para aquela comunidade. Eles estiveram reunidos com o presidente do Sinduscon-MA Fábio Nahuz para tratar da reativação do Comunidade Ativa, que tem como parceiros a FIEMA, o SESI, o SENAI e o SEBRAE-MA, também presentes nesse encontro.

Diogo Lima (SESI), Sup. da FIEMA César Miranda, Pres. Sinduscon-MA Fábio Nahuz, engenheira Geize Soares (Comunidade Ativa), Raimundo Arruda (SENAI), Thomaz Baker, Ger. Obras do Porto São Luís, Keila Pontes (SEBRAE-MA) e Lívia Cândice, Coord. Socioambiental do Porto São Luís.

"Iremos retomar as ações que foram paralisadas pela pandemia ocasionada pela Covid-19. Estão aqui, de braços dados, os parceiros desse projeto para ratificar o nosso interesse em fazer parte desse processo", destacou o presidente do Sinduscon-MA Fábio Nahuz.

Nessa reunião, foram discutidas as ações educativas, de saúde e de cidadania a serem oferecidas às comunidades do Cajueiro ​e Mãe Chica (Vila Maranhão) de forma mais imediata com o Comunidade Ativa, porém ainda em fase de planejamento. E também foram iniciadas tratativas para projetos de médio prazo junto ao SENAI visando a futura oferta de cursos profissionalizantes em 2022 para a formação de mão de obra qualificada entre jovens e adultos das comunidades do entorno do porto, para atender às demandas de empregos, que serão gerados quando as obras iniciarem.

“A prioridade do Porto São Luís é empregar maranhenses, e preferencialmente pessoas da própria comunidade, nas diversas vagas de empregos que serão gerados quando a obrar iniciar. Mas antes disso, já estamos formalizando uma parceria com o SENAI, e com total apoio do SINDUSCON-MA, para oferecermos gratuitamente cursos profissionalizantes para formar essas pessoas nas áreas que serão demandadas, tais como pedreiros, eletricistas, mecânicos de manutenção entre outras funções. Desenvolver as pessoas da comunidade é também uma missão social do empreendimento, e através dessas parcerias com o Sinduscon-MA e o Sistema S estamos planejando diversas ações” declarou Thomaz Baker, Gerente de Obras do Porto São Luís.

 

Último Dia das Negociações de Dívidas da Equatorial MA


Ainda em comemoração ao dia do cliente e buscando auxiliar o cliente que ainda sofre com os impactos econômicos da pandemia, a Equatorial Maranhão trouxe de volta a campanha de negociação de dívidas. A ação oferece condições especiais de pagamento para consumidores da classe residencial de todo o estado e vai durar somente até hoje, dia 30 de outubro.

A Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão, Mirelly Carvalho, destaca a importância da campanha. “Sabemos que não é um momento fácil, pois desde o início da pandemia, no ano passado, muitas pessoas tiveram sua renda atingida. Por isso, trouxemos de volta esta oportunidade de negociação de débitos aos clientes residenciais. São condições facilitadas de parcelamento para que todos possam ficar em dia e continuar usufruindo de um fornecimento de energia regular”, ressalta Mirelly.

O cliente residencial poderá parcelar seus débitos acumulados conforme a quantidade de faturas em aberto, por meio do site, telefone ou presencialmente.
Acesse o novo site da Equatorial Energia e descubra as facilidades da Agência Web: segunda via, consulta de débitos, informar falta de energia e muito mais.
www.equatorialenergia.com.br
o cliente tem duas opções: “Pagar com cartão” - modalidade que permite parcelar débitos no cartão de crédito, com redução de juros, multas e correção e a opção “Parcelar débitos” - onde o cliente poderá negociar na própria conta de energia, com redução de juros, multas e correção;

Central de Atendimento Exclusivo: o titular da conta pode ligar no 0800 098 2997, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e, aos sábados, das 8h às 14h, e solicitar a negociação com um dos atendentes;

Presencialmente: o titular da conta pode buscar um dos pontos de atendimento presencial da Equatorial Maranhão para realizar a negociação. Basta levar seus documentos pessoais, a conta de energia e o cartão de crédito/débito caso queria utilizar essa modalidade de pagamento.

Além dessas opções, a Equatorial Maranhão também está presente na campanha Dívida Zero do Procon, com atendimento presencial nos Shoppings da Ilha e Pátio Norte, em São Luís, de Segunda a Sexta-feira das 12h às 20h, durante todo o mês de setembro.

Senado aprova projeto de Weverton que garante indenização para agente de saúde que usar transporte próprio



O Senado aprovou nesta terça-feira (28) um projeto de lei (PL 2.012/2019) de autoria do senador Weverton (PDT-MA) que prevê o pagamento de despesas de locomoção a agentes de saúde e combate às endemias que usam veículo próprio para trabalhar. A proposta segue agora para a Câmara dos Deputados.
“Estou muito feliz com esta aprovação. Muitas vezes, estes agentes não têm condições de realizar o seu trabalho. Uma das causas é a falta de transporte. Minha proposta possibilita que a administração pública possa fazer a indenização daquele profissional que precisa utilizar o seu veículo para poder realizar o seu serviço”, afirmou o parlamentar.
De acordo com o projeto, a regra valeria tanto para servidores efetivos quanto comissionados, e o pagamento precisa ser autorizado pela chefia imediata.
“Este PL faz uma justiça enorme a esses agentes comunitários. São eles que estão lá na ponta, que chegam nos lugares mais difíceis e fazem a saúde funcionar”, ressaltou Weverton.
O relator do texto foi o senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO). Ele defendeu a aprovação da matéria.
“Devemos considerar que muitos dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias podem desejar utilizar veículos próprios para exercerem sua atividade e, a eles, deva ser concedida a indenização de transporte”, argumentou.
Os agentes comunitários desempenham um papel muito importante na área da saúde. Eles são os responsáveis pelas visitas domiciliares ou às comunidades, em busca de pessoas com sinais ou sintomas de doenças agudas ou crônicas e de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). Já o agente de combate às endemias trabalha na vigilância, prevenção e controle de doenças. Cabe a ele desenvolver ações educativas, identificar casos suspeitos, divulgar informações e adotar medidas de controle dos transmissores de doenças.

CDL SÃO LUIS PARTICIPOU DO FÓRUM NACIONAL DO COMÉRCIO


A Pres. da FCDL-MA Socorro Noronha e o Pres. da CDL São Luís Fábio Ribeiro, entre líderes varejistas, reunidos no V Fórum Nacional do Comércio em Brasília.
Evento reúne em Brasília Lideranças do varejo nacional e autoridades políticas
O presidente da CDL São Luís Fábio Ribeiro representou a entidade no V Fórum Nacional do Comércio, promovido pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O evento aconteceu essa semana em Brasília, com a participação de lideranças do varejo nacional e autoridades políticas do Executivo e Legislativo.
Devido à pandemia de Covid-19, o Fórum teve formato híbrido, com evento presencial e programação transmitida em tempo real pelas mídias sociais da CNDL.
Nos dois dias de evento (28 e 29.09) foi discutido o tema “Transformações: Política e Comércio no Pós-Pandemia”, com espaços de debates sobre como identificar os melhores caminhos e elaborar soluções que levem à retomada econômica e social do Brasil, considerando especialmente o cenário do varejo.
Na opinião do presidente Fábio Ribeiro é urgente traçar caminhos que impulsionem o desenvolvimento do país. “Estamos vivendo um período crítico causado pela pandemia, que impactou muito no varejo, trouxe mudanças para o mercado e consolidou mudança de hábitos nos consumidores; por isso, temos que propor políticas e ações para recuperar nossa operacionalidade e criar novas oportunidades para os negócios” declarou.
Os debates contaram com grandes especialistas em varejo, tecnologia e inovação, e representantes do governo federal, como os ministros do Trabalho e da Previdência Ônix Lorenzoni; do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho; e da Infraestrutura Tarcísio de Freitas.

CARNAVAL 2022 Turma da Mangueira promove coquetel para de lançar enredo


Após Império Serrano, Flor do Samba, Turma do Quinto e Favela, a Turma da Mangueira confirma que anunciará enredo e lançamento do concurso para escolha do samba enredo nesta sexta-feira, primeiro de outubro. O evento será realizado por volta das 20h, em sua sede localizada na Estrada da Vitória, n°3844/3848, no Calçadão Cultural do João Paulo.

Segundo informações prestadas pelo presidente da escola, o carnavalesco Itamilson Lima, foram realizadas duas reuniões respectivamente com a diretoria da escola e a equipe e harmonia e bateria, quando a diretoria da Turma da Mangueira decidiu retomar suas atividades após esse desastroso intervalo imposto por conta da pandemia da Covid -19.

Assim que a agremiação mais antiga do carnaval maranhense, vem a público estender convite aos associados, simpatizantes e os representantes dos meios de comunicação, para o coquetel de oficialização de seu enredo rumo ao carnaval 2022.

Na ocasião, será entregue o regulamento do concurso de escolha de samba-enredo, cujo o evento deve ser confirmado pela direção da agremiação verde e rosa.

CDL SÃO LUÍS PARTICIPA DO FÓRUM NACIONAL DO COMÉRCIO


O Pres. do Sebrae Nacional Carlos Melles, a Pres. da FCDL-MA Socorro Norinha e o Pres. da CDL São Luís Fábio Ribeiro reunidos no V Fórum Nacional do Comércio em Brasília.
Evento reúne em Brasília Lideranças do varejo nacional e autoridades políticas

O presidente da CDL São Luís Fábio Ribeiro está representando a entidade no V Fórum Nacional do Comércio, promovido pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O evento acontece até essa quarta – feira (29.09), em Brasília, com a participação de lideranças do varejo nacional e autoridades políticas do Executivo e Legislativo.

Devido à pandemia de Covid-19, o Fórum tem um número de participantes restrito, mas o formato é híbrido, com evento presencial e programação transmitida em tempo real pelas mídias sociais da CNDL.

Nos dois dias de debates (28 e 29.09) está sendo discutido o tema “Transformações: Política e Comércio no Pós-Pandemia”, com espaços de debates sobre como identificar os melhores caminhos e elaborar soluções que levem à retomada econômica e social do Brasil, considerando especialmente o cenário do varejo.

Na opinião do presidente Fábio Ribeiro é urgente traçar caminhos que impulsionem o desenvolvimento do país. “Estamos vivendo um período crítico causado pela pandemia, que impactou muito no varejo, trouxe mudanças para o mercado e consolidou mudança de hábitos nos consumidores; por isso, temos que propor políticas e ações para recuperar nossa operacionalidade e criar novas oportunidades para os negócios” declarou.

Os debates contam com grandes especialistas em varejo, tecnologia e inovação, e representantes do governo federal, como os ministros do Trabalho e da Previdência Ônix Lorenzoni; do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho; e da Infraestrutura Tarcísio de Freitas.

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Em Benedito Leite, Othelino vistoria obras realizadas com emenda de sua autoria


Othelino Neto visita obras de pavimentação em Benedito Leite, acompanhado de lideranças políticas do município

Realizadas com recursos de emenda parlamentar do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), e contrapartida do Governo do Estado, as obras de pavimentação asfáltica no município de Benedito Leite começaram a mudar a realidade da cidade, onde o parlamentar esteve, nesta terça-feira (28), para vistoriar o andamento dos serviços.

Para as intervenções de melhorias da infraestrutura urbana no município, Othelino destinou R$ 1,4 milhão com contrapartida de R$ 600 mil do Governo do Estado, totalizando R$ 2 milhões em investimentos na trafegabilidade de ruas do Centro da cidade.

O chefe do Legislativo maranhense destacou que serão seis quilômetros de vias asfaltadas, atendendo a uma solicitação do prefeito Ramon Barros, concretizada agora por meio da parceria entre a Prefeitura Municipal, o Governo do Estado e o seu mandato parlamentar.

“Temos aqui, também, outras obras importantes, como a reforma do Hospital Municipal, a restauração do campo de futebol e a construção da Praça de Eventos. São intervenções que, certamente, vão marcar a história de Benedito Leite”, disse Othelino.

Presidente da Assembleia acompanha o andamento dos serviços de infraestrutura urbana em Benedito Leite

Além das obras de pavimentação asfáltica, o município já foi beneficiado com outras ações viabilizadas pelo parlamentar, a exemplo da Indicação de uma ambulância para melhorar o atendimento à população na área da saúde.

Parceria

O prefeito de Benedito Leite, Ramon Barros, agradeceu a parceria com o deputado Othelino e o Governo do Estado, que tem possibilitado a execução de obras e serviços importantes para a cidade.

“Benedito Leite precisava muito dessas obras estruturantes, pois há bastante tempo as ruas da cidade não recebiam pavimentação asfáltica adequada, principalmente as vias mais antigas, como as do Centro. Com a emenda do deputado Othelino e o apoio do governador Flávio Dino, Benedito Leite realiza agora esse grande sonho”, declarou o gestor.

Os serviços de pavimentação contemplam diversas ruas do Centro da cidade

O ex-prefeito do município e líder político, Walber Barros, também destacou a importância das obras. “Para uma cidade com 103 anos, esse pacote de obras vai promover uma grande revitalização na infraestrutura urbana do município. E nós só temos a agradecer por essa parceria”, disse.

Luiz Henrique Lula elenca problemas enfrentados por moradores de assentamento em Açailândia


Luiz Henrique Lula levou ao plenário problemas reportados em carta por moradores de assentamento em Açailândia

O deputado Luiz Henrique Lula (PT) repercutiu, na sessão plenária desta terça-feira (28), carta que recebeu dos moradores do assentamento Francisco Romão, no município de Açailândia, na qual eles denunciam os impactos ambientais do agronegócio na região. A carta foi assinada por representantes da Casa das Mulheres Sementes da Terra.

De acordo com o parlamentar, os problemas elencados na carta ocorrem, principalmente, devido à falta de políticas públicas na área ambiental, o que prejudica, sobremaneira, os agricultores da região.

“Entendo que o agronegócio é importante para as divisas econômicas do país e para a balança comercial. No entanto, a ganância não pode se sobrepor à vida das pessoas. Daí a preocupação com o uso indiscriminado de agrotóxicos, ou seja, chuva de veneno que mata plantações, animais e pessoas”, destacou Henrique Lula.

Problemas

O parlamentar citou, ainda, outros problemas enfrentados pelos moradores do assentamento e citados na mesma carta. “A estrada principal de acesso ao local está deteriorada. Os moradores da região precisam de energia elétrica, posto de saúde, quadra poliesportiva e de saneamento básico. Falta incentivo para a geração de emprego e renda. Nós, deputados, precisamos atentar para os problemas que atingem a maioria das pessoas que moram naquela região”, finalizou o deputado.

NOTA - São Mateus do Maranhão



Nota 

Sobre matéria publicada em um blog de notícias nesta terça-feira (28), citando a prisão do prefeito de São Mateus, a Famem informa que o caso ocorreu na cidade de São Mateus do Espírito Santo e não na cidade maranhense que tem o mesmo nome, como o título da matéria leva os leitores a pensar. A administração do município de São Mateus tem nosso reconhecimento de exemplo de gestão. 

Erlanio Xavier 
Presidente da Famem

CONSCIENTIZAÇÃO EXTRA SOBRE SEGURANÇA DO PACIENTE NO HSE


Manter todos os colaboradores conscientes e engajados em prol da segurança dos pacientes é missão permanente no Hospital dos Servidores / HSE, com gestão direta do NSP / Núcleo de Segurança do Paciente, coordenado pela enfermeira Isabelle Diniz.

Mas como em setembro tem o Dia Mundial da Segurança do Paciente, celebrado no último dia 17.09, um evento marcou a data e reuniu os staffs de diversas áreas do hospital, para uma ação de conscientização e reforço educativo sobre o tema.

Esse evento foi iniciativa do Núcleo de Educação Permanente / NPE organizado pela enfermeira Rebeca Cutrim em parceria com o NPS, e serviu para destacar as 6 Metas Internacionais entre outros temas ligados à cultura da Segurança do Paciente.

Além da distribuição de panfletos, botons e chocolates para os participantes; a ação contou com mural de fotos dos colaboradores para reconhecer o engajamento; dinâmicas de grupos com jogos e desafios que, de forma lúdica e divertida, serviam para reforçar conceitos, metas e protocolos que devem ser seguidos em prol da máxima segurança do paciente em ambiente hospitalar.


Ministério Público participa da reunião da Rede Amiga de Amparo ao Idoso


Foi realizada nesta terça-feira, 28, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, a primeira reunião da Rede Amiga de Amparo ao Idoso no Município de São Luís, promovida pelo Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI). O objetivo do encontro foi reconhecer a atuação das diversas instituições públicas e privadas que atuam em defesa dos idosos e dar efetividade à rede de proteção.

Durante a solenidade o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e o titular da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Idoso de São Luís, José Augusto Cutrim Gomes, foram homenageados pelo conselho.

Nicolau recebeu uma moção de aplausos e reconhecimento e Cutrim um certificado de reconhecimento, pela contribuição de ambos na garantia dos direitos da pessoa idosa. Eles receberam a condecoração das mãos da vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda, e da presidente do CMDI, Débora Jatahy. Também foram homenageadas outras pessoas que se destacam na luta pela defesa e proteção dos idosos.

A Rede Amiga de Amparo ao Idoso, que foi criada por meio da Lei nº 4.589/06, visa congregar todas as organizações governamentais e não governamentais que tenham entre seus objetivos a garantia dos direitos, a proteção e o amparo ao idoso, incluindo aquelas que trabalham na área de saúde, educação, lazer, trabalho, assistência social e garantia de direito.

Ao agradecer a homenagem, Eduardo Nicolau declarou que o Ministério Público, dentro do seu leque de atribuições, tem a atuação na defesa dos direitos das pessoas idosas como uma de suas prioridades. “É importantíssimo cuidar das pessoas, principalmente daqueles que vieram antes da gente, que cuidaram de nós, transmitiram suas experiências de vida e que agora precisam de cuidados. O Ministério Público estará sempre de portas abertas para todos que se dedicam à causa dos idosos”, informou.

Durante a reunião, o procurador-geral anunciou a doação de três veículos usados para o trabalho das entidades de proteção aos idosos. Serão contemplados o Solar do Outono, Asilo de Mendicidade e o Lar Dom Calábria.

MESA DE ABERTURA

Na abertura dos trabalhos da reunião, além do procurador-geral, da vice-prefeita de São Luís e da presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, estiveram presentes a secretária municipal de Criança e Assistência Social, Rosângela Bertoldo, a subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Regina Leite, o presidente do Conselho Estadual do Idoso, Glécio Leite.

Na reunião, a vice-prefeita anunciou que a coordenação geral da Rede Amiga de Amparo ao Idoso no Município de São Luís ficará a cargo da conselheira do CMDI, Socorro Ramos.

MPMA discute cooperação institucional com a Perícia Oficial do Maranhão


Na manhã desta terça-feira, 28, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, o Ministério Público do Maranhão se reuniu com representantes dos órgãos que formam a Perícia Oficial de Natureza Criminal do Estado do Maranhão para tratar da cooperação técnica e entre as duas instituições.

A reunião foi aberta pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e contou com a presença do perito geral da Perícia Oficial do Maranhão, Miguel Alves da Silva Neto. Coordenou o encontro o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, promotor de justiça José Márcio Maia Alves.

“Essa reunião é muito importante para ajustarmos a cooperação institucional do nosso trabalho visando ao cumprimento dos prazos e à solução precisa das investigações criminais”, ressaltou o chefe do MPMA, Eduardo Nicolau.

Um dos principais temas tratados foi a garantia do acesso pelos promotores de justiça da área criminal aos laudos periciais, por meio dos sistemas Galileu e Sigma, usados pelos peritos. Sobre o assunto, ficou decidida a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica entre o MP e a Perícia Oficial Criminal depois que o sistema Galileu estiver implantado em todos os órgãos que formam a Perícia. A previsão é que o referido sistema esteja em pleno funcionamento até a primeira quinzena do próximo mês de dezembro.

Também foi levantada a necessidade urgente da promoção de concurso público para peritos oficiais de natureza criminal, com áreas de graduação específicas, para possibilitar a expansão da perícia, principalmente no interior do estado. Mas a demanda depende do orçamento estadual.

Sobre o assunto, foi informado que o último concurso para o cargo permanece em vigor, existindo nove aprovados aptos a serem nomeados. Uma Recomendação deverá ser encaminhada ao Governo do Estado para a nomeação dos aprovados e para a abertura de um novo concurso.

A ausência de perícia, especialmente no interior do estado, tem comprometido as audiências de custódia, ocasionando a liberação de presos. O problema atinge igualmente a Casa da Mulher brasileira, em São Luís, e a Casa da Mulher maranhense, em Imperatriz, órgãos sem peritos oficiais no momento.

Durante a reunião, o diretor da Secinst, José Márcio Maia Alves, explicou a importância da soma de esforços para melhorar o resultado do trabalho das instituições, principalmente para proporcionar celeridade e precisão na elucidação de crimes. “Nós todos estamos irmanados em um só objetivo: encontrar soluções para as nossas deficiências que são do nosso estado, que ainda é pobre de recursos. Nesse cenário, a gente tem que se alinhar para resolver os problemas”, disse.

Do Ministério Público do Maranhão, também participaram da reunião os promotores de justiça da área criminal Sandro Lobato (coordenador do Centro de Apoio Operacional do Tribunal do Júri), Marco Aurélio Ramos Fonseca (coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal), Márcia Maia, Sandra Garcia, Ednarg Marques (chefe da Assessoria Técnica), Marco Aurélio Barros e Lena Pauxis.

Pela Perícia Geral, estiveram presentes a assessora especial da direção geral da Perícia, Gislen Pinheiro; a coordenadora da Perícia Oficial da Grande Ilha, Kelly Veiga; a diretora da Central de Custódia de Vestígios Criminais, Érica Brito; a chefe do Serviço de Custódia Interna de Materiais (Cecrim), Patrícia Castro; e o perito criminal Lúcio Cavalcante.

Inca estima 41.010 novos casos de câncer de intestino para cada ano do triênio 2020/2022


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), para o Brasil, estima-se que para cada ano do triênio de 2020/2022 sejam diagnosticados 41.010 novos casos de câncer de intestino, conhecido também como câncer de colorretal, 20.540 casos entre as mulheres e 20.470 entre os homens. Esses valores correspondem a um risco estimado de 19,64 novos caos a cada 100 mil homens e 19,03 para cada 100 mil mulheres.

O câncer de intestino é, atualmente, o segundo tipo de tumor mais comum entre homens e mulheres, segundo o Inca. Diversas são os fatores que podem afetar o risco de uma pessoa desenvolver o câncer de intestino, fatores genéticos associados a maus hábitos alimentares, sedentarismo, tabagismo, e obesidade, por exemplo, são algumas das causas. Alertar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce é o objetivo das ações do Setembro Verde.

O câncer de intestino abrange tumores que se iniciam na parte do intestino grosso denominado de cólon, no reto (final do intestino) e o ânus. Por isso, a doença também poderia ser conhecida como câncer de cólon e reto ou colorretal. A enfermidade é tratável e, na maioria dos casos, é curável, caso for detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos.

Dessa forma, o cirurgião oncológico do Corpo Clínico da Oncoradium São Luís – Rede Onco – Leoberth Silva Araújo, destaca que a partir dos 50 anos, idade considerada como um dos fatores de risco, é necessário buscar exames preventivos para rastrear possíveis tumores na região do intestino.

“A detecção precoce do câncer é uma das principais estratégias para encontrar o tumor numa fase inicial e ter uma maior possibilidade de cura. Por isso, quem tem algum parente do primeiro grau acometido por câncer intestinal, deve iniciar o rastreio logo aos 40 anos e as demais pessoas a partir dos 50”, orientou.

Os principais sintomas deste câncer são: sangue ou mucosa nas fezes; alteração do hábito intestinal (diarreia e prisão de ventre); dor ou desconforto abdominal; fraqueza e anemia; perda de peso (sem causa aparente); fezes escuras e muito finas, entre outros. Além disso, o Inca realça que esses sintomas também estão presentes em problemas como hemorroidas, verminose e úlcera gástricas, por isso é relevante que esses sintomas sejam investigados por um médico, para ter um diagnóstico correto e, assim, ter um tratamento específico.

O médico recomenda, ainda, que bons hábitos alimentares e rico em fibras, manutenção do peso corporal adequado, assim como a prática de exercícios físicos são fundamentais para prevenção do câncer colorretal. “Devemos sempre buscar uma alimentação saudável composta, principalmente, por alimentos naturais como frutas, verduras, legumes, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, grãos e sementes, e evitar processados”, salienta.

Como o câncer de intestino é tratável, após o diagnosticado com a biópsia, o tratamento a ser adotado é imediato e totalmente individualizado, já que será levado em conta a localização, tamanho e presença ou não de lesões à distância, ou seja, em outros órgãos. De acordo com o Leoberth, é possível lançar mão desde a cirurgia até o tratamento com quimioterapia e radioterapia, durante o tratamento.

Sobre a Rede ONCO

Criada em 2010 por médicos oncologistas, a Rede ONCO surgiu para atender a grande demanda de pacientes do sul do Maranhão, sul e sudeste do Pará e norte do Tocantins (o chamado Bico do Papagaio). Desde sua fundação com o complexo de Imperatriz, o centro de prevenção e tratamento do câncer conta com infraestrutura de atendimento completa, tecnologia de ponta, profissionais altamente capacitados e atendimento ao paciente de forma humanizada, com muito respeito, transparência e total acolhimento. Hoje, é uma rede com várias unidades de atendimento nas regiões Norte e Nordeste e que tem planos de crescer ainda mais.

Weverton visita obras do Hospital de Amor em Imperatriz



O senador Weverton (PDT-MA) visitou, nesta segunda-feira (27), as obras do Hospital de Amor do Sul do Maranhão. A unidade de saúde está sendo construída em Imperatriz e vai atender todas as cidades da macrorregional do município, beneficiando um público de cerca de um milhão de mulheres. O empreendimento é uma parceria entre o setor público e privado.
“A obra está bastante avançada e dentro do prazo. É gratificante saber que em breve a população maranhense vai poder contar com esta importante unidade de combate e prevenção do câncer. A implantação do hospital é resultado de uma articulação minha com a diretoria da entidade”, afirmou Weverton.
O Hospital de Amor funcionará na Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Jardim das Oliveiras.
“Está tudo certo! Dia oito de outubro será a inauguração e vocês estão convidados. Será às 19h aqui na unidade, em Imperatriz. Vamos entregar esta importante unidade para a população”, disse o senador.
O senador tem acompanhado de perto o andamento da obra e disse que não vê a hora do local começar o atendimento ao público.
“Este lugar será muito importante para os moradores da região. É fundamental trabalharmos para melhorar a vidas das pessoas. Tenho certeza de que este hospital vai fazer toda a diferença”, ressaltou o parlamentar.

Othelino anuncia expansão da transmissão da TV Assembleia para o interior do estado


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), anunciou, na sessão plenária desta terça-feira (28), a expansão das transmissões da TV Assembleia para mais 33 municípios maranhenses com população acima de 40 mil habitantes. Além das sessões plenárias ao vivo, em TV aberta, com a interiorização, será exibida também parte da programação da emissora de segunda a sexta-feira.

Entre os municípios contemplados estão Imperatriz, Timon, Caxias, Codó, Açailândia, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Barra do Corda, Pinheiro, Chapadinha, Santa Luzia do Tide, Buriticupu, Grajaú, Itapecuru-Mirim, Coroatá, Barreirinhas, Tutóia, Vargem Grande, Viana, Zé Doca, Lago da Pedra, Coelho Neto, Presidente Dutra, Araioses, São Bento, Santa Helena, Estreito, Tuntum, Bom Jardim, São Mateus do Maranhão, Amarante do Maranhão e Colinas.

Othelino afirmou que a interiorização da TV Assembleia é um ganho significativo no sentido de fazer com que chegue ao interior do Estado aquilo que é produzido na Assembleia Legislativa.

“É uma conquista de todos nós, deputados. Realmente, ganhamos muito no aspecto da transparência, pois mais pessoas, mais maranhenses poderão ter acesso, ao vivo, àquilo que é discutido e aprovado nas sessões. A gente já vem há algum tempo trabalhando para que isso aconteça e, agora, será possível”, frisou o chefe do Legislativo maranhense.

Para o diretor de Comunicação da Alema, jornalista Edwin Jinkings, esse é mais um avanço da TV Assembleia e que aproxima, ainda mais, o trabalho do Parlamento aos maranhenses de diferentes municípios. "Bom para os deputados, que terão mais esta ferramenta para divulgar os assuntos importantes que defendem em prol de suas bases políticas e, também, para a população que poderá acompanhar os debates da Casa do Povo”, disse.

Como se cadastrar no Restaurante da Educação e ter direito a refeição no Centro Histórico

Inaugurado no sábado (25), no Centro Histórico de São Luís, o Restaurante da Educação já está em funcionamento. Trata-se de um restaurante popular criado pelo Governo do Maranhão para atender estudantes do ensino médio e universitários, bem como os profissionais ligados à educação pública. Por enquanto, podem se alimentar ali servidores e alunos da educação básica das redes estadual, federal e do ensino superior público, de instituições localizadas nos municípios São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e Alcântara, além da própria capital maranhense.

Contudo, para ter direito ao almoço ou jantar por um valor simbólico (respectivamente R$ 3 e R$ 1) o usuário precisa se cadastrar no site: www.restaurantedaeducacao.ma.gov.br e aguardar a validação do cadastro. Aprovado, basta se dirigir ao restaurante, que fica no cruzamento da Rua do Egito com a Afogado, e funciona das 11h às 14h e das 16h às 19h.

“O Restaurante da Educação é mais uma conquista para a comunidade escolar, no Governo Flávio Dino. Agora, estudantes, servidores e todos aqueles profissionais que atuam na educação pública na Regional de São Luís terão um restaurante com preços populares à disposição. É necessário fazer o cadastro no site do restaurante e aguardar a validação. É importante ressaltar, também, que no mesmo prédio funcionará o IEMA Gastronomia [Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia], com a formação técnica e profissionalizante para chefs de cozinha, cozinheiros industriais, confeiteiros e garçons”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.
Aluna durante inauguração do Restaurante da Educação

Durante a inauguração, inclusive, o governador Flávio Dino afirmou que a fundamentação para criar tanto o IEMA Gastronomia (pisos superiores) quanto mais um restaurante popular (térreo), é a mesma que move as ações do seu governo: combater o problema da desigualdade de oportunidades no Maranhão, que por sua vez é reflexo da desigualdade brasileira.

“Nós acreditamos que a educação figura sempre no centro desse conjunto de ações que marcam essa estratégia de progresso social. Este equipamento, portanto, é a consequência dessa opção que nós fizemos pela educação, por ser uma escola, uma escola que tem um propósito todo especial de também preservar a nossa cultura, a nossa identidade, nossos saberes tradicionais, o conhecimento regional, agregar valor a isso tudo para poder possibilitar, para poder garantir oportunidade de trabalho e de renda para milhares de pessoas como já acontece. Nós queremos que aconteça de modo ainda mais qualificado; esse é o papel, portanto, do IEMA Gastronomia”, explicou o governador durante a inauguração.

Restaurantes populares

Em 2015, o Maranhão contabilizava apenas seis unidades, todas na capital. Com a entrega do Restaurante da Educação, este número chega a 56, espalhados por todas as regiões do estado. Márcio Honaiser, secretário de Estado do Desenvolvimento Social, comentou sobre o Maranhão possuir uma das maiores redes de restaurantes populares do Brasil.

“O Restaurante da Educação é dedicado às pessoas da área da educação, professores, alunos, trabalhadores desta área, exatamente aqui no centro da nossa cidade, perto da praça João Lisboa, que vem atender um público que tinha essa grande demanda. Esse é mais um compromisso do governador Flávio Dino com a segurança alimentar: levar comida para as pessoas, principalmente nesse momento difícil que todos nós estamos atravessando em função da pandemia”, completou.

CONVÊNIO TVN E A FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ

Walkíria Pinto, Ger. Com. da TVN; Ger. Com. da Estácio Rafaela Marchi; o Reitor da Faculdade Estácio de Sá Ismael Lima Leite, o Dir. da TVN Augusto Diniz e Guilbert Macedo, Prof. de Propaganda e Publicidade da Estácio na assinatura do convênio entre a operadora e a faculdade.

A TVN, operadora de Telefonia Fixa e Móvel, TV HD, Internet WIFI e Fibra tem um histórico de bons serviços prestados aos maranhenses, e não para de crescer. Com o atual processo acelerado de digitalização, os serviços da TVN se tornaram ainda mais essenciais para todos. Do entretenimento à conexão de internet, os usuários da operadora contam com atendimento ágil e diversos canais de contato com a operadora.

E para dar aquela força aos estudantes universitários que precisam muito da internet para se desenvolver, a TVN acaba de fechar um convênio de parceria com a Faculdade Estácio de Sá. O convênio possibilita um desconto especial aos alunos e professores da instituição: 10% de desconto nos combos da operadora ou o serviço de 300 Mega de internet pelo valor de apenas R$99,90.

E a parceria com a Faculdade prevê benefícios também para os colaboradores e clientes da TVN: 40% de desconto durante todo o cursona Estácio, para novos ingressantes. Enquanto o colaborador / assinante possuir vínculo com a TVN). Mais informações pelo fone / whatsapp (98) 3197 7171

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

ÚLTIMOS DIAS DA QUINZENA DO SONO POTIGUAR


Nas lojas Potiguar vários itens para dormir bem – do colchão aos travesseiros e acessórios - estão com ofertas até o dia 30.09, na Quinzena do Sono Potiguar.
OFERTAS EM PRODUTOS PARA GARANTIR UM SONO DE MAIOR QUALIDADE

Dormir bem é acima de tudo uma questão de saúde e muita gente nem imagina que o ambiente do quarto também pode influenciar na qualidade final do sono.

Para garantir um sono relaxante é bom investir em um ambiente relaxante. E isso inclui estar com o tipo certo de colchão, optar por uma luz indireta na medida certa, cores suaves nas paredes, além de bons travesseiros e lençóis e cobertores macios.

Entre outras doenças causadas por um mau sono estão dores no corpo e coluna, distúrbio de sono, doenças cardiovasculares e crises de ansiedade, entre outros males.

Mas a boa notícia é que na Quinzena do Sono Potiguar, que vai até o dia 30.09, tem muitas ofertas e todos esses produtos que vão ajudar a ter um sono relaxante e de grande qualidade.

Vale a pena visitar as lojas Potiguar em São Luís e Imperatriz, e garantir mais saúde e qualidade de vida.

Mais de 60% dos municípios brasileiros vacinam adolescentes sem comorbidades e 60% já aplicam dose de reforço

Adolescentes entre 12 e 17 anos sem comorbidades estão sendo vacinados contra a Covid-19 em 63% dos Municípios brasileiros nesta semana. Outros 37% imunizam pessoas entre 18 e 24 anos. E menos de 1% acima dessa faixa etária. Os dados são da 26ª edição da pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). O levantamento, realizado entre os dias 20 e 23 de setembro, ouviu 2.461 gestores municipais.

A pesquisa também mostrou que 75% dos Municípios mantiveram a vacinação de adolescentes mesmo após nota técnica do Ministério da Saúde publicada na semana passada orientando a retirada desse grupo da campanha de imunização. A CNM destaca que, nesta quarta-feira, 22, a pasta voltou a recomendar a vacinação à faixa etária de 12 a 17 anos sem comorbidades. A decisão vai ao encontro do posicionamento técnico da Confederação, que divulgou nota reforçando a imunização de crianças e adolescentes, conforme autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Já a aplicação da dose de reforço em idosos teve início em 60% das cidades. Dos que ainda não iniciaram, 84% afirmaram que já estão organizados para iniciar essa vacinação. Na semana passada, a pesquisa mostrou que essa imunização era uma realidade em 31% dos Municípios.

Suspensão de aulas
Esta edição da pesquisa trouxe uma nova questão para analisar a retomada das aulas pelos Entes locais. Segundo o levantamento, cerca de 78% dos Municípios deram início às aulas presenciais, totalizando 1.921 das cidades ouvidas. Dessas, 23% já precisaram suspender aulas de pelo menos uma turma em função de casos de Covid-19. Outros 77% afirmaram que não tiveram de adotar esse tipo de medida até o momento.

Falta de imunizantes
Um em cada cinco Municípios pesquisados ficaram sem imunizantes nesta semana, totalizando 21% ou 508 localidades. Desses, 45% apontaram que faltou vacina para a primeira dose, especialmente a da Pfizer (80%). Já 70% dos gestores afirmaram que não conseguiram completar o esquema vacinal da população por falta de imunizante. Nesse caso, a vacina que apresentou a maior falta foi a Astrazeneca (96%).

Novos casos e óbitos
Nesta semana, 1.830 (74%) Municípios não registraram óbitos pela doença. Outros 11% apontaram estabilidade; 8% queda; e 5% aumento. Os casos de internações também apresentaram cenário otimista: 59% Municípios não tiveram novas internações; 16% estabilidade; 15% queda; e 7% aumento. Quanto a novos casos confirmados, 25% dos Municípios não registraram; 30% tiveram estabilidade; 24% queda; e 17% aumento.

A variante Delta foi detectada em 13% dos Municípios, percentual próximo ao registrado na semana passada, de 12,1%. Medidas restritivas de circulação ou atividades econômicas ainda ocorrem em 43% dos Municípios nesta semana. E 10% afirmaram que já editaram decreto no sentido de obrigar a vacinação para que se possa frequentar espaços coletivos.

Confira o LEVANTAMENTO COMPLETO: https://bit.ly/3AGrVLF

ENTREGA DE CADEIRAS ESPECIAIS & SEMANA DA INCLUSÃO SOCIAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA


Setembro Verde é o mês oficial da luta pela inclusão social da Pessoa com Deficiência. E de 21 a 24.09 a APAE de São Luís promove diversas ações alusivas à Semana da Inclusão Social da Pessoa com Deficiência.
Na abertura da Semana com o tema "Cidadania se faz com Inclusão e Respeito", o Prefeito Eduardo Braide e o Sec. Mun. de Saúde de São Luís Joel Nunes participaram do evento na sede da entidade, juntamente com o Sec. Mun. Extraordinário da Pessoa com Deficiência, Carlivan Braga.
O Pres. da APAE de São Luís Sebastião Vanderlaan Rolim agradeceu a parceria do Prefeito, que segundo ele sempre foi um forte apoiador da causa da pessoa com deficiência. Na oportunidade, Braide assinou termo aditivo a um convênio já existente com a APAE, para garantir a continuidade da entrega de cadeiras de rodas do tipo tetra para pessoas com deficiência. O equipamento é imprescindível para que tetraplégicos tenham qualidade de vida e mobilidade. Serão doados 33 equipamentos do tipo a crianças e adultos por mês. As cadeiras são encomendadas sob medida para cada pessoa e o custo de produção pode chegar a até R$ 2.500,00 por unidade.

“A APAE é uma instituição referência na assistência a pessoas com deficiência e uma parceira da Prefeitura de São Luís no atendimento à população. Por isso, para garantir a continuidade da entrega de cadeiras de rodas para pessoas com tetraplegia, vamos complementar os recursos necessários para a compra e entrega destas cadeiras de rodas. E em parceria com a APAE também vamos ampliar outros serviços para garantir a todos um direito tão importante que é o de inclusão social”, assegurou o prefeito Eduardo Braide.
O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes reforçou que as políticas da gestão do prefeito Eduardo Braide voltadas para as pessoas com deficiência são vistas como prioritárias. O Centro de Especialidade em Reabilitação da APAE (CER APAE) faz a entrega de até 250 cadeiras de rodas de diversos tipos por mês. Por fazer parte do Sistema Único de Saúde (SUS) o CER atende a pacientes de todo o Estado, de modo que os recursos garantidos pela Prefeitura de São Luís vão beneficiar pessoas da capital e demais municípios maranhenses pactuados junto à Saúde Municipal.